Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

19.5.08

obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov:

"A ciência da ligação - eis o que é realmente a religião. Não serve de nada os crentes repetirem que a palavra religião vem do latim religare (religar) se nas suas cabeças eles só têm separações.Vós direis: «Mas a ligação subentendida pela palavra religião é a ligação com Deus.» De acordo, mas o que significa uma ligação com Deus que é acompanhada de uma separação de tudo o resto?...Aquilo que liga o Criador às criaturas liga também entre si todas as criaturas e todos os elementos da Criação. A verdadeira religião é a compreensão desta ligação, ela subentende também, pois, a ciência, o conhecimento da Natureza, das suas leis. Por isso, a separação entre ciência e religião de que alguns tanto se orgulham é um disparate. Se se separa religião e ciência, é porque, na verdade, não se compreendeu nem uma nem outra."


obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov: http://www.prosveta.com/

Mensagem do Mês de P´taah - Maio de 2008



Mensagem de P'taah Maio 2008 através de Jani King


"Saudações, amados! Vocês são bem-vindos neste Agora do seu tempo. Assim, hoje falaremos da vitalidade maravilhosa e vibrante e da saúde.

O que vocês pensam desta saúde? É simplesmente mostrar o que seja o conhecimento de sua perfeição; o que seja a harmonia do seu ser com o seu Universo; o que seja a apresentação da idéia que vocês são realmente uma Expressão Perfeita, Eterna da Fonte.

Agora vocês podem dizer que a sua idéia sobre a "saúde" e a "doença" é o que pode ser denominado quase como um paradoxo. Porque vocês vêem que é tudo exatamente a mesma energia, exatamente do mesmo modo que o que é denominado como "riqueza" e "pobreza" é a mesma energia. O "amor" e o "ódio" também são exatamente a mesma. É a sua percepção ou interpretação e julgamento da situação que traz a sua experiência que vocês rotulam de "saúde" ou "doença".

Está certo, então vamos observar isto que é denominado de enfermidade da encarnação. Saibam que devem lembrar que a encarnação, certamente o seu físico, existe primeiro em um reino não físico, de um modo não físico. Vocês são um ser etérico e esta energia do etérico ou do não material, unem-se ao que vocês denominariam como o seu físico. Do mesmo modo, a sua vibração, a sua energia, existem de um modo não físico e então vocês as expressam. Vocês expressam a sua emoção, o seu julgamento do seu ser, do modo físico que trará o bem estar ou não.

Assim vocês podem dizer aquilo que for do físico que não esteja mostrando a perfeita saúde vibrante é uma manifestação de uma enfermidade emocional, de um modo ou de outro. Isto muito freqüentemente é simplesmente a sua encarnação lhes dizendo: "Pare! Pare agora. Há algo aqui para você se interessar. Algo em sua corporificação emocional que não está alinhado."

Quando vocês se dedicarem imediatamente a este alinhamento errôneo, então certamente vocês retornam a este centro no qual vocês podem então manifestar a saúde. Onde vocês não considerarem, a sua enfermidade física se torna mais e mais aguda, até que o pior cenário possível é este que vocês morrerão disto, hum?

Agora vocês podem realmente dizer que a vida é um experimento terminal em seus termos. Seja como for isto é denominado um experimento terminal na plena alegria de cada Agora, até que vocês tenham decidido por outra expressão da realidade. Arrastar-se em seu dia-a-dia sem sentir a saúde maravilhosa e vibrante é uma escolha que lhes dizemos que não é para o seu maior benefício possível. Percebam que dizemos que é uma escolha, sempre uma escolha.

Assim vocês devem dizer: "Eu estou em cada Agora exemplificando isto que é a perfeição da minha expressão neste plano", ou "Eu não estou exemplificando esta perfeição, porque há uma parte minha que está no medo, seja na dor, na dor emocional, que está se apresentando no físico". E então vocês têm uma escolha. Vocês podem continuar na mesma velha atitude ou podem parar e tratar disto que está criando a doença, menor ou maior.

Agora, nós não incluímos nisto os bebês que nascem com algum tipo de dano congênito. Isto realmente é a escolha feita antes do nascimento simplesmente por esta experiência. Estes bebês que nascem e então contraem muito rapidamente algum tipo de enfermidade é uma das duas situações: o desejo de ter esta experiência ou o de ser a ligação na consciência da situação familiar e assumir este medo e esta enfermidade emocional.

E vocês vêem que quem vocês sejam desde o seu nascimento está realmente muito ciente do que está nos arredores. Vocês percebem freqüentemente bebês debilitados e desamparados, e sem saber nada sobre o seu ambiente. Isto absolutamente não é correto. E vocês freqüentemente diriam que um bebê é muito desamparado. Bem, nós estamos lhes dizendo que na realidade eles são "velhas almas", enquanto a expressão prossegue, como vocês são, totalmente cientes no primeiro mês da sua vida que eles estão nascendo nesta encarnação, nesta situação familiar, e sabendo absolutamente que eles escolheram este papel, se vocês preferirem.

Questionador: P'taah, se um bebê vem com uma doença, por exemplo, eu tive um eczema desde os dois ou três anos, como eu me liberto disto ou o terei por toda a minha vida?

P'taah: Você não veio com ele, amado.

Questionador: Não?

P'taah: Isto foi devido ao medo sobre o ambiente inseguro. Quando você puder compreender este medo que você ainda mantém com você de que não vive em um universo seguro e que você não está total e absolutamente apoiado pelo universo, então realmente não haverá necessidade para este lembrete a você. Você compreende?

Questionador: Sim.

Questionador: E quanto aos bebês que têm câncer ou leucemia? Eles o adquirem posteriormente. Há um modo de evitar isto? Há um modo de ajudar a curá-los, a não ser a medicina ocidental?

P'taah: Você sabe que desejamos lhe falar sobre a medicina porque não importa se você fala sobre a medicina ocidental ou oriental. Tudo isto é um conceito para lembrar ao corpo o que você deseja para ele - uma causa. Agora a metodologia da medicina não importa, você compreende? É a sua crença que importa.

Questionador: Mas muita medicina ocidental, remédios, remédios sintéticos, não são bons para o corpo, enquanto opostos aos remédios holísticos.

P'taah: Se é isto o que você acredita, esta é a verdade, absolutamente.

Questionador 1: Mas é um fato científico conhecido que a medicina ocidental, que os remédios, têm efeitos colaterais.

P'taah: Oh, realmente?! Esta é também uma grande crença. Você não compreende o seu poder, amado? Se você acreditar que a medicina lhe fará bem, ela o fará, e caso contrário, ela não o fará. Tudo o que a medicina faz é afirmar o desejo pelo bem estar. Mas não é a medicina que lhe faz bem, embora realmente muitos do que são denominados como as suas ervas medicinais naturais e o que seria "estimular os chacras", assim falando, são simplesmente para lembrar ao corpo o que você deseja dele.

Nós lhe dizemos que se você for à fonte da enfermidade e curar a causa desta, seria muito mais eficaz do que qualquer tipo de medicina. Assim não é a medicina ou o curador que cura. É a intenção de curar e trazer do amor do coração isto que deve tocar a luz Divina de outra pessoa, a luz amorosa de outra pessoa, reforçando esta idéia do bem estar. Você compreende?

Assim, meus amados, é o suficiente no momento para este dia. Nós aguardaremos com intensa expectativa para continuarmos esta discussão em nosso próximo Agora! Até então, com o maior amor para cada um de vocês, nós nos despedimos
Namastê."
P'taah

Tradução:Regina Drumond

reginamadrumond@yahoo.com.br

Fonte original em Português: http://www.novasenergias.net/ptaah/mm/maio08.html
Do Site em Português, original com todas as mensagens de P'taah : http://www.novasenergias.net/ptaah/
Site em Inglês de P'taah/Jani King: http://www.ptaah.com/
Direitos Autorais Jani King 2008