Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

23.2.09

O PODER DA SUA PRÓPRIA CONSCIÊNCIA - Jesus/Yeshua canalizada por Pamela Kribbe

Uma mensagem de Jesus/Yeshua canalizada por Pamela Kribbe
Fonte: www.jeshua.net
/por



Queridos amigos, hoje eu vim para falar com todos vocês. Vocês são tão bem conhecidos por mim! Vocês não sabem o quanto eu os conheço bem. Estou freqüentemente com vocês, porque o meu coração está conectado com vocês. Eu vejo a sua dor; testemunho a sua alegria, suas preocupações e seu sofrimento. E eu gostaria muito de lhes falar sobre o poder que reside em vocês. O poder da sua própria consciência. O poder do seu próprio ser. O poder da sua própria alma.


Vocês estão freqüentemente buscando. Vocês estão continuamente procurando soluções fora de si mesmos. Mas, quando levam estas soluções para dentro de si, elas logo começam a se desvanecer. Percebam que vocês são o centro do seu ser, o sol do seu próprio universo. O foco da sua consciência e aquilo com que ela está sintonizada definem como vocês se sentem, como vocês pensam, como vocês agem. Vocês dirigem estas coisas a partir das profundezas do seu próprio ser, como um sol dirige seus raios para fora. Se vocês acreditarem que existem aspectos de si mesmos que este sol não deveria iluminar, que existem lugares onde ele não deveria brilhar, que existem coisas que ele não deveria aquecer com seus raios, então todos e tudo que vocês encontrarem à sua volta confirmarão estas crenças.

Da mesma forma, a ajuda ou conselho de outra pessoa só pode ser recebido se vocês permitirem que o seu sol ilumine esse aspecto para o qual vocês precisam de ajuda. São sempre vocês que decidem colocar esse aspecto na luz e abrir a porta. Não existe ninguém que possa forçá-los a fazer isso. É por isso que ninguém pode ajudá-los, se vocês não se permitirem ser ajudados (isto vale para ajuda terrena, bem como para ajuda do nosso lado).

Vocês abrigam, em seu interior, certas convicções que fazem com que pensem que não têm força para encontrar seu próprio caminho, para sentir o seu próprio destino outra vez. Estas convicções estão ligadas a um passado no qual vocês estiveram perdidos durante muito tempo. Estou falando particularmente de um passado aqui na Terra, um passado de muitas vidas terrenas, no qual vocês experienciaram muita escuridão.

Essa história não foi sem sentido. É uma história na qual vocês enfrentaram muito medo e na qual o medo obscureceu o seu sol interior. Mas agora todos vocês estão despertando lentamente. Partes de vocês já estão na luz outra vez, mas ainda existem muitos aspectos que continuam na escuridão, obscurecidos pelo medo e pela insegurança em relação a si mesmos.

Vocês podem comparar esta escuridão interna com uma criança que se perde. Uma parte da sua alma é uma criança perdida. Ela perdeu seu caminho num passado de dor. Mas o passado não é uma coisa estática. De uma certa forma, o tempo é uma ilusão. Nada está irrevogavelmente perdido no tempo. Não existem portas fechadas. A sua criança interior perdida, que se fragmentou no passado, pode ser trazida de volta. Vocês são os pais dela, vocês são aqueles que devem cuidar dessa criança, que podem acalentá-la e trazê-la de volta à vida.

E quando eu digo vida, quero dizer viver verdadeiramente. Vocês se esqueceram como se vive. Vocês são muito bons em sobreviver, mas viver verdadeiramente é algo muito mais fascinante, inspirador e feliz.

E justamente a parte de vocês que é capaz de fazer isso – a criança interior – é a que se perdeu. Ela se perdeu nas sombras do passado, num acúmulo de eventos que foram traumatizantes para a sua consciência. Durante todo este tempo em que vocês vêm encarnando aqui na Terra, no nível da alma vocês têm se desenvolvido como crianças entrando na idade adulta. Neste sentido, vocês vieram para a Terra como crianças, passaram por várias experiências próprias, muitas das quais vocês não compreenderam totalmente. Agora nós estamos chegando ao final de uma certa etapa da sua história, de um certo ciclo do seu desenvolvimento, e está na hora de se elevarem acima das experiências que não foram compreendidas: é tempo de crescerem e se transformarem em pais. Agora é o momento de serem o pai e a mãe da sua própria criança. E é para isto que eu quero chamar a sua atenção ao falar-lhes sobre o poder da sua própria consciência: o poder que vocês têm de se elevar acima da sua criança interior ferida.

A criança dentro de vocês é a vítima de muitas experiências que não foram compreendidas. Estou lhes dizendo que a sua ferida interior mais profunda pode ser comparada ao estado emocional de uma criança abandonada. É uma criança que, de alguma forma, foi separada da segurança e dos braços amorosos do Lar e não sabe por que nem para quê. Existe uma criança em vocês que se sente abandonada e assustada e não possui um sistema de referências que lhe permita entender isso. Essa dor está relacionada com um momento, num passado muito distante, no qual vocês partiram de um estado Divino de unidade e começaram suas jornadas como almas individuais (Isto será elucidado na próxima canalização: "A dor do nascimento cósmico")


Em algum momento vocês vão compreender que essa jornada foi sua própria escolha, um ato de criação que foi verdadeiramente divino. A imensa dor que vocês sentiram quando começaram suas jornadas sozinhos – suas jornadas de experiência – essa dor profunda foi, ao mesmo tempo, um grande ato de criação. Porque ao se desprenderem, como almas, do grande todo – do Deus-Pai-Mãe – vocês se permitiram fazer grandes descobertas, experimentar e sentir muitas coisas. No atual estágio da sua jornada, onde ainda existe muita dor interna, é difícil enxergar o significado mais profundo desta longa jornada de volta para casa. Mas eu quero lhes assegurar que vocês são seres de luz maravilhosos, com muita coragem e uma grande confiança no Criador, senão jamais teriam começado esta viagem. O que eu quero é recordar-lhes desta centelha de coragem, criatividade e luz que existe dentro de vocês. Sintam novamente essa centelha em seus corações, voltem a se conectar com ela. Saibam que vocês têm o poder de deixar sua criança interior retornar à vida e permitir que ela cante e brinque outra vez. Ao olhar para a sua criança interior como o chamado de uma criança perdida, estou lhes oferecendo uma perspectiva que os convida a cuidar de si mesmos com carinho e amor, como os pais que vocês verdadeiramente são.

No começo da sua jornada como almas, lhes foi confiada uma criança abandonada, deixada a sós no escuro. Era o seu desafio para lidar com a parte emocional de si mesmos. Esta parte de vocês representa o seu aspecto mais vital e mais "cru" – a confiança da própria vida. No final de suas jornadas, no fim do ciclo de encarnações, vocês segurarão a mão da sua criança interior e verão que ela irradia luz, prazer e consciência inspirada para vocês. Ela se sentirá segura outra vez e assim lhes mostrará o seu verdadeiro tesouro: sua capacidade de viver e sentir a vida intensa e plenamente. O que ela precisa para chegar lá é de um adulto que a leve pela mão, cuide dela com carinho e lhe inspire confiança. E esta é a sua missão: ser o guardião da sua criança interior. Esta criança lhes causou dor, carregou seus traumas emocionais, mas, ao mesmo tempo, ela guarda a maior das promessas: a de ser a sua fonte mais profunda de amor, alegria e criatividade.

O momento chegou. Neste ponto da sua história, está na hora de juntarem e integrarem as partes perdidas de vocês mesmos. É hora de serem o sol central que vocês são. Ao reivindicarem o poder da sua própria consciência, vocês não estão simplesmente voltando a "como as coisas eram antes de começarem a sua jornada". Vocês estão criando uma realidade ou nível de consciência totalmente novo. O reconhecimento da sua própria divindade lhes dá a sensação de estar voltando para casa; desperta em vocês antigas lembranças da unidade e harmonia abençoadas, que vocês uma vez conheceram. Mas agora, pela primeira vez, vocês vão dar à luz aquele sentimento de unidade puramente a partir da sua própria consciência, enquanto estão na realidade material. Vocês encarnarão Deus na Terra. Vocês estão retornando para a sua essência divina, sem desistir da sua individualidade e da sua forma material. Este é o milagre da Nova Era: ser um e como Um; ser uma consciência única e individual e, ao mesmo tempo, ser um com o todo e estar conectado com ele.

---

Sem comentários:

Enviar um comentário