Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

28.2.09

ESCOLHAS - Mensagem de Kryon através de Lee Carroll

ESCOLHAS
Mensagem de Kryon através de Lee Carroll

Ao vivo em Seattle, Washington, no dia 17 de Janeiro de 2009

Saudações meus queridos, Eu sou Kryon , do serviço magnético.

Eu disse isso tantas vezes - que eu me acostumo a isso perante seres humanos, alguns acreditando; outros não acreditando, todos os quais eu conheço, todos quem eu conheço. Cada um é um membro da minha Família. Cada um é conhecido por Deus.

Cada energia singular aqui está disponível para ser lida claramente, porque eu vos conheço por tanto tempo. A verdade é esta: que eu sou uma irmã, eu sou um irmão, eu sou um pedaço de Deus. Eu não sou algo para ser adorado mais do que os vossos irmãos e irmãs que sentam aos vosso lado. Eu sou Família. E a única razão para estas comunicações e a única razão pela qual eu estaria aqui em absoluto é para sentar em vossos colos e lavá-los.

E para vos dar informação acerca do que vocês têm feito, dos potenciais nos quais estão e dos que estão prestes a fazer. Sempre tem sido assim! Sempre! Nunca houve um tempo em que tenha sido diferente. Sempre houve muitos que fizeram muito disto. Disseram “foi isso, “foi aquilo”.

Ser humano, você pode não acreditar que isto está acontecendo. Ser humano, isto é só um ser humano a falar. Você diz que é uma farsa, uma trapaça. Deixe-me lhe dizer isto: vai ser difícil convencer aquele que vai sair com a cura no fim do dia. Você que está sentado na beira. Humano, sabes que estou a falar contigo. Você já esteve aqui antes e sabes do que eu estou a falar. Foi por isso que veio, não é verdade?

Já não é tempo que vá até aquele registro akáshico e que mine aquele lugar que agora começas a entender que possuís? Meu Deus! Por que você iria passar por isto? Vida após vida? Por que você iria fazer isto? E as perguntas têm sido feitas repetidamente; “Por que, Kryon, eu tenho que voltar repetidamente a esses tempos de vida?” E a resposta é esta: para que te ponhas num lugar e colhas os resultados das que fizeram mais sentido, daquelas que não tiveram doenças, das que não tiveram batalhas, das que foram cheias de talento, das que foram equilibradas, do que precisas agora, trabalhador da luz, para prosseguir neste planeta e criar o que veio criar. E parte disso é sanar o DNA com que veio. O teu sangue mesmo irá medir diferente! Ser humano, isto é muito 30-d, não é mesmo? Isso é o que você pode fazer!

Nunca houve um tempo mais excitante que este. Parece que foi ontem, mesmo para alguns de vocês. Eu posso ver a mim mesmo falando com o meu parceiro (o canalizador desta mensagem, Lee Carol) nos dias em que ele não podia traduzir muito. Eu estou a fazer isso agora. Tudo isso acontece simultaneamente. Mesmo ele não pode crer no tempo que já passou. Eu sou o amante da humanidade. Eu ainda sou aquele, e daqueles com quem estou. Hoje é um tempo especial e a mensagem não é diferente de muitas outras, exceto que que sentas numa nova energia, uma que somente recentemente foi criada, meus queridos seres humanos.

Agora vocês começam a ver o quebra-cabeça desenrolar. Oh!, ainda há aqueles sentados ali dizendo “é o humano quem está a falar”. Realmente? Está o humano a criar a energia nesta sala? Como isso poderia ser? Alguns de vocês começam a senti-la. Poderia ser verdade? Poderia ser que Deus está a falar através deste homem? Espírito falando através deste homem? Qual é a definição de Deus? Não sabes que é uma palavra criada pelos homens? Deus é a essência do universo embutido no ser humano. E isso é o que Deus é. Eu sinto em frente à entidades de origem biológica e de linhagem universal que são eternas. Vocês sempre foram e vocês sempre serão, ser humanos. E ainda há aqueles que não acreditam que isso é verdade.

“Não pode estar acontecendo!” “Deus não fala aos humanos desta maneira.” Oh, sim! Esta é a maneira através da qual Espírito sempre falou as seres humanos. Sempre! Sempre! Deixe-me por isto na vossa sociedade por um momento. Talvez assim voces possam entender; talvez possa se afinar a isto. Há um homem numa cela. Ele tem aproximadamente 30-35 anos de idade após a morte do seu mestre. E ele é conhecido como “Saulo”, mas ele não é Saulo, mas “Paulo”, porque a epifania que ele teve quando ele viu o que foi escrito e sentiu a energia do Mestre do Amor mudou a sua própria fábrica. Ele entendeu o melhoramento humano e ele escreve aos seus amigos uma carta, em Coríntios. Ele estava na prisão, mas lhes contou sobre a sua alegria, sobre como era impressionante a informação que ele obteve daquele mestre. Ele nunca sequer o encontrou! Este é Paulo, o apóstolo. E as cartas que ele escreveu se tornaram Escritura nesta cultura e esta Escritura é conhecida pelo nome de Palavra de Deus [Kryon ri, por ele ter demonstrado que ele faz com Lee Carol o mesmo que foi feito com Paulo].

Agora eu vos pergunto quem é Deus quando leem Coríntios. É Paulo, o apóstolo., porque está a maneira como isto funciona. E é chamado de canalização. É assim que isto é! Sempre tem sido assim! Então aqui estamos nós de novo com este atributo, no qual alguns irão escutar com os ouvidos daquele que entrega. E isso te põe num estado quântico. Nós quantamizamos a audiência para que possam ser um com a mensagem e a mensagem é esta: é sobre escolha, o que estão a fazer? O que querem fazer? Onde estão vocês? O que vocês tem feito? “Escolha”.

Eu sou Kryon. Eu sou pedaço da família à qual pertencem. E isso significa que eu não estou do outro lado do véu, inalcançável, intocável! Eu caminho com cada um de vocês todos os dias porque Espírito caminha com cada um de vocês todos os dias. Vocês não pensam nisso o suficiente! Que quando saem por aquela porta e já terminaram a meditação, com a canalização e estão no vosso tempo social – talvez irão sair e ter um jantar gostoso – para todas essas coisas nós saímos juntos com vocês, porque nós vos amamos, porque somos parte do processo convosco. E nós sabemos o que estão passando. Ninguém nunca pensa nisto! Chame-nos de guias, anjos, energias, o que quer que queiram, vocês nunca estão sós! Nunca estão sós! Que promessa! Aquele que não acredita hoje recebe o mesmo número de anos que aquele que acredita e os anjos saem através daquela porta com um como com o outro. Não sabiam disso? O que isso vos diz acerca do amor de Deus? O que isto vos diz?

Qual é a vossa escolha? Voces tem algumas escolhas agora mesmo! Podem temer o que vem. Há muitos humanos que dirão que devem temer 2012. Cada coisa que temos dito por 20 anos tem sido sobre esta mudança que vocês têm feito, os potenciais do que podem fazer e o estado iluminado que este planeta tem o potencial de alcançar em breve. Vocês estão se preparando para 2012. “Kryon, por que estás a dizer que estamos a nos preparar para 2012 se o alinhamento galáctico pode ter acontecido antes de 2012?”. Eu vou dizer: Porque o mundo está se preparando para 2012. Eles pensam que se trata de 2012, então vamos olhar isto de um modo 3d. Voce se preparam para o que a maioria dos humanos sentem que será um desafio. Não o será ! Não se os trabalhadores da luz fizerem o seu trabalho.

Agora eu vou falar àqueles que estão a me escutar. Quero falar àqueles que talvez estejam a ler isto. Eu quero vos dizer que 2012 não é o fim do tempo. Aqueles que construíram o calendário estavam corretos. Isto quer dizer que visualizaram um rearranjo cíclico de elevação vibratória para este planeta, afetando consciência e vice-versa. A grade cristalina jamais foi prevista pelos maias. Não estava em seus calendários. Foi criada aproximadamente em 2002 para carregar a consciência humana. Não estava em suas profecias, nem nas de Nostradamus.

O que isso vos diz acerca deste planeta? Estão a mirar um novo arranjo. Onde se colocam no departamento do medo? Qual é a vossa escolha hoje? Você tem medo? Podem, se for a vossa escolha. Ou podes, se quiserem, encontrar a verdade. Olhem com os olhos que temos vistos por 20 anos. Esta ano mágico, 2012, tem agora mesmo o potencial de ser tratado exatamente como o temido ano 2000. Houve muito medo, não havia? Muitas escrituras, não havia? Muitas quadras, não havia? O que aconteceu? Não muito. Eu vos digo que agora mesmo, que eu sinto no ano 2014 (Kryon relembra a sua habilidade de viver fora do tempo, portando tudo, tudo o que provavelmente irá acontecer de acordo com a escolha dos humanos hoje - se passa diante dele na eternidade absoluta), eu estou a vos dar uma mensagem, não é interessante? Onde você senta nesta assunto, ser humano? Vai temer? Ou não ter medo? O que fazes hoje vai para a malha e permanecer lá. É um coletivo, sabes? Com a vossa participação e escolha no que tange a economia!

Nós já vos dissemos antes em dezembro.”quantos de vocês têm a coragem de celebrar a vossa recessão. Nós vamos dizer isso de novo: querido ser humano, neste país, chamado América, congratulações, pelo que vocês acabaram de fazer. Nunca na História da humanidade o assunto da ganância foi atacado antes numa grande força, como nesta economia; a mais significativa do planeta, a mais ponderosa. Vocês escolheram limpá-la. Se seguem a vossa mídia é uma história de horror. A vossa mídia está a vos dizer que se não saírem logo deste buraco, não estão certos de que jamais sairão dele.

Felicitações, por ter assustado todo o mundo! Este é o poder do trabalhador da luz neste planeta. Eles vêem isso de um jeito; mas é de outro. Você superarão isso, assim como superaram outras crises. E no processo irão sair mais fortes. Isso é o que chacoalhada é. Quando as árvores estão feias vocês cortam todos os ramos. Sabem o que acontece quando o sol aparece? O inverno da espiritualidade vai passar. A primavera está sobre vocês. E voces verão. Não entendem que tem que afetar mais do que coisas espirituais? Se vão ter uma cambio no planeta, tem que afetar o que é considerado normal. Onde esta normalidade é mais forte? Nas finanças! Vocês estão a mudar tudo com a vossa luz. As coisas prioritárias primeiramente, eu diria. E talvez ao mesmo tempo a vossa política. Têm um bom começo! Vai ter medo disso? É um daqueles que temem isso? Qual é a vossa escolha?

Ouvinte! Leitor! O que vais fazer irá afetar a grade cristalina do planeta. Um trabalhador da luz que decide não temer vale tanto como um estádio cheio daqueles que temem. Sabiam disso? A razão é porque vocês têm luz (e isso afeta a grade cristalina do planeta). Isso quer dizer que eles verão no escuro por causa do que vocês fazem. Eu uso metáforas tantas vezes! É a verdade! quanticamente, qual é a vossa escolha acerca da terra?

Agora vamos falar de algo estranho. Pensavam que canalização seria estranha o suficiente para começo de conversa? Isto (o que Kryon vai falar) é estranho! Por que estão aqui? Qual é a vossa escolha? Vocês escolheram? Qual é o vosso sentimento sobre aquilo? Escolheram vir ao planeta? Se estão sentados aqui, estão lendo ou escutando, as chances são de que sabe que escolheram, porque já falamos sobre isso várias vezes. Ainda assim é estranho.”Quer dizer que eu escolhi estar aqui agora”? Oh, sim! Vocês escolheram! Qual é a vossa linhagem? O que escolherem ser, queridos seres humanos? Ë a vossa escolha carregar luz? Tudo são escolhas, mas a escolha quântica é a que quero ensinar agora; aquela que tem o seu nome sobre ela na “caverna da criação”, parte do ensinamento de hoje.

Entendam que as vossas escolhas hoje mudarão a própria essência da rede cristalina e afetarão quem serão na próxima encarnação? Já pensaram nisso? Escolheram vir até aqui., neste planeta, neste tempo, e isso é significante, lemurianos. Muito significativo! Vou repetir isso! Há tantos de vós a dizer: ”eu sou tão ordinário, eu vou ao trabalho. Eu cuido da minha família. Cuido de mim. Ë tudo o que eu posso fazer. Estou em modo de sobrevivência quase o tempo todo. “ Realmente? Por que estão aqui? É a vossa escolha ser um sobrevivente? Por que estão aqui? Estão lendo isso. Por que estão lendo isso? Ou escutando isso? Sobrevivente, o que vos impele a fazer isso?

Oh, há mais! Sabem que há mais. Os vossos pensamentos mesmos carregam luz. A idéia mesma de que podem elevar as vossas vibrações deste planeta carrega luz da terra. Vai resultar, em duas gerações, num planeta muito, muito diferente. É o que vemos! É o que sempre temos visto! 20 anos antes nós teríamos dito três gerações. O tempo passa depressa enquanto nos divertimos, não é verdade (Humor de Kryon).

Trabalhador da luz, estás a fazer diferença neste planeta e estás no teu esquema. Há aqueles que diriam: Bem, a escolha de vir a este planeta agora é estranha, metafísico. Escolheste um tempo difícil para estar aqui. Veja o que se passa no planeta e vão atingir 2012 e naturalmente vão todos morrer. Que escolha engraçada. E é risível. E merece uma boa gargalhada., porque é o oposto disso. O amor de Deus não vos traz a este lugar para morrer debaixo de uma pilha de sujeira! Não voz traz até aqui parar sofrer uma morte horrível quando a terra vira de cabeça para baixo a ser atingida por Mydia (um meteoro matador, que teria nos matado em 2000, caso não o tivéssemos mudado o nosso destino em 1987). O amor de Deus não faz isso! Não é porque vieram até aqui. Vocês vieram por escolha própria. Foi uma escolha! A escolha foi feita no outro lado do véu. Agora estão aqui com a mente do ser humano; não com a mente de Deus.

Que vão escolher agora? Querem segurar a luz que vieram segurar? Não foi acidente que sentam nas vossas cadeiras, que tenham vindo a este lugar para escutar a um canalizador. Não! Alguns de vocês começam a perceber que isto é real. Há uma voz vindo do outro lado do véu e esta voz é apaixonada, porque vos ama. Ela quer honrar vocês. Quer lavar os vossos pés. Estão a me escutar? Detrator, está ame escutar? Descrente, está a me escutar? Eu estou a vos dizer que os vossos pés estão a ser lavados. mesmo que não o queira, mesmo que não acredite, sóis amados sem medida e sempre serão amados sem medida e não há julgamento algum por saírem daqui rindo.

Não há julgamento algum porque eu sei quem são, irmão, irmã. Quando tudo isso termina e tomas o teu último suspiro, nós estaremos juntos mais uma vez. Iremos rir sobre este dia, no qual saíste dizendo: ”nãaaaaao, isso não é para mim!” Criadores da terra vocês são. Estiveram lá quando ela foi moldada. Almas velhas! Qual é a vossa escolha hoje? Há muitas. Qual é a vossa escolha de coração? Querem-na ou não? Não a terão num modo 3d. Terão que se tornar interdimensionais. Os instrumentos chegaram. Não é fácil! Que escolhem fazer? Escolhem ir até lá ? Ou é muito duro? Ë um pouco tão for a da realidade que não queiras saber disso? Ou a tua mente não pode entrar no programa porque não pode imaginar como isso funciona?

Aqui estão as instruções. Sentem-se diante de Deus e sejam amados! Digam “eu estou pronto para me tornar interdimensional, para atravessar completamente o véu, sem saber o por quê nem como. Para sentir a mão do outro lado que sai para segurar a minha.” Ousas? Faria isso? Conexão com o Ser Superior? Aquele que está contigo durante todos os teus tempos de vida; é umas das chaves para minar o Akashico. Aí é quando pegas a cura. É quando pensas que não há esperança alguma, que descobres quem realmente és. Qual é a tua escolha? Muito duro? Muito incomum? Muito fantasmagórico? Oh, se soubessem o quão fantasmagórico cada um de vocês são! (a platéia ri e Kryon se regozija com ela). Definição de fantasmagórico: coisas que não se encaixam em 3D. {Kryon e a platéia riem outra vez}. Lindo! Lindo é o sistema! Lindo o é! Alma velha, eu te vejo completamente; eu não te vejo neste tempo de vida, com gênero que está posto na tua face. Eu vejo o precioso ser humano como um pedaço de Deus. Eu sou teu irmão! Eu sou tua irmã! Tu és exatamente como eu sou!

Escolhas! Sabia que se minas o Akashico , o mudas completamente? Sabias que - escute-me – se fores até o akashico e mudas qualquer coisa, isso afeta o que acontecerá no teu próximo tempo de vida? Sabia disso? Crias uma energia curada, que permanece curada, sabia disso? Assim como a jarra espiritual, que continua a ser enchida, se fores capaz de criar saúde e uma vida longa para ti mesmo neste tempo de vida – eu vou te dizer – aquilo é costurado ao teu DNA. E quando voltares, não importa que alma escolha ser, aquele é o atributo que estará em teu DNA. Pense no que isso significa para a humanidade.

Estamos quase terminados. Quantos de vocês querem tocar a face de Deus? Qual é a vossa escolha sobre mudança hoje? Estão relacionadas, sabias? Estão bastante relacionadas, sabias? Uma mudança está em mãos. Tem acontecido por algum tempo agora. Deviam sabê-la, quando o mundo geopolítico parece mudar tanto, e estão no meio dela. Qual é a vossa escolha? Farão parte dela? Vão fortalecê-la? Vão temê-la? Estas coisas motivam o próximo estágio. Uma das coisas que vai motivar é o quão rápido sairão desta recessão. Se prestarem atenção nos especialistas irão dar todas as maneiras de olhá-la, mas nenhum deles tem a resposta. Nenhum deles a previu. Não desta maneira! O que vai impulsionar uma recuperação rápida é escolha. Vossa escolha. Intuitivo, ou não? Temor, ou não? Participando, ou não? Ë grande, não é? Agora precisam ver o microcosmo. É parte do macrocosmo do planeta mesmo. Que vão fazer? O que farão neste tempo impulsiona o quão rápida a vossa recuperação será.

Queres tocar a face do Criador? Não é aquele difícil, porque é você. Sabes, há paz lá. Querido ser humano, há aqueles nesta sala que adorariam fazer tudo isso. “Kryon, eu adoraria fazer todas essas coisas, mas é tão duro para mim. Eu simplesmente não sei o que se passa.” E há aqueles que sempre dizem: ”Kryon, não sabes a barra que tenho carregado, ou não diria essas coisas.” Amado ser humano, nós sabemos tudo o que tem passado e estas coisas são ditas em integridade e elas colam. São para você. Nós sabemos o que tem passado. No momento em que paras de temer encontrarás a manifestação. Toque a face do Ser Superior. Nosso convite é que encontres o teu próprio ser. Encontre a tua parte divina. Encontre a tua parte spiritual. Sabia quem sabia isto? Os indígenas que caminharam neste lugar em que estás agora, tinham cerimônias para celebrar exatamente o que te pedimos para fazer. Chamaram-no de outras coisas. Alguns celebraram as quarto direções do planeta. Isso é magnetismo {Kryon ri}! Nós queremos que encontrem a parte na natureza que eles sabiam que está em equilíbrio com você: é o eu superior/ser superior. Eles o sabiam. Não é informação nova., mas há uma nova energia de fortalecimento. Toque a face do Eu Superior hoje. Eu sei quem está aqui. O que vai acontecer amanhã. Até mesmos algumas questões. É um belo sistema! Ë executado por você, planejado por você, e aqui estás. Não estás sem ajuda dentro dele! Tu os controla! E quando perceberes isso, e tomas aquele controle, é quando paz começa a ser tua para sempre. Sem drama. Oh, você terá situações. Haverá desafios. Ë a humanidade, não é mesmo? Mas nunca terá que te afetar da mesma maneira? Nunca!

E assim é que esta entidade aparece diante de vós neste dia, desta maneira. Com as palavras que tu tenho falado neste dia sobre escolha, sobre o amor de Espírito pela humanidade, saiba isto: tú não és diferente de mim! Eu falo para ti do outro lado do véu, eu e o faço. Alguns de vocês sabem que eu o faço. E assim mesmo é o teu lugar. Isto (este tempo na terra) é temporário. Considere isto uma voz de Casa se o quiseres. Um dia chegará – eu prometo, eu prometo – quando nos encontraremos outra vez, naquele salão de honra, e nós discutiremos este dia contigo, quando tivemos um breve tempo juntos, quando me deixaste lavar os teus pés, irmã, irmão.
E assim é!
Kryon.


Tradução: Marcus V. Pinheiro de Castro - marcus.brazilianlawy18@gmail.com

A informação acima é gratuita e disponível para impressão, cópia e distribuição como quiser.
Entretanto, os seus Direitos Autorais proíbem a venda de qualquer forma, exceto pelo editor.

Fonte em Inglês: https://www.kryon.com/cartprodimages/download_seattle_09.html

---

27.2.09

FÁBRICA DO APOCALIPSE - Uma mensagem de Lee Carroll

A FÁBRICA DO APOCALIPSE

Uma mensagem de Lee Carroll
Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009


Será daqui a quatro anos, mas a mídia já está alardeando e deixando todos amedrontados (se é que ainda não notaram). O assunto em voga é o ano de 2012. Ele é tão instigante que é impossível deixá-lo de lado ou para mais perto de quando for acontecer. Afinal existem Viagras, sopas e carros para serem vendidos, e na nossa economia os varejistas se utilizam de tudo para isso.

Nas palestras de alguns meses atrás, eu disse à platéia para se manterem firmes frente à possível enxurrada de filmes e documentários nos cinemas e na TV sobre o 2012, dos quais a maioria seria sensacionalmente baseada no medo. Bem, isso já está acontecendo.

O canal a cabo The History Chanel lançou a “Semana Armageddon”, uma semana cheia de filmes novos, refinados documentários em HD exibindo profetas do fim dos tempos e o que eles têm a dizer sobre o 2012, um ano em que supostamente ocorrerá a destruição do planeta.

Em minha vida pregressa, passei quase 30 anos veiculando anúncios em radio e TV. Produzi cerca de 4 mil jingles para anúncios de radio, várias trilhas sonoras para documentários e alguns filmes – tudo isso antes de Kryon, é claro. Eu sei bem como isso funciona e gostaria de compartilhar com vocês coisas que não são tão óbvias assim.

Existe um grande alinhamento a caminho. Ele se chama de alinhamento Galáctico, e é o fim de ciclo astronômico* de aproximadamente 26 mil anos. De fato, embora astronômico a energia ao seu redor é astrológica. A Astrologia é a ciência mais antiga do planeta. Nostradamus era um astrólogo por natureza, e também um alquimista (prático da medicina), ou um farmacêutico “misterioso” do seu tempo (Ele foi expulso da escola de medicina).

Ao ler o Nostradamus original, verão que ele não foi muito respeitado como profeta ou astrólogo, pelo menos enquanto viveu. Ele praticava astrologia por acaso, e a amiúde fazia a carta de seus clientes totalmente errada. Ele se casou com uma viúva rica, teve vários filhos e a liberdade para escrever vários livros sobre seus “quartetos”. Sua relação com a igreja era boa (era um Católico devoto) e teve até a permissão do bispo para publicar alguns de seus trabalhos. Tinha pavor dos fanáticos religiosos e camuflava seus escritos usando a sintaxe “virgiliana” (sintaxe do poeta romano Publius Vergilius Maro), jogos de palavras e uma mistura de línguas como o Grego, o Italiano, o Latim e o Provençal (uma língua românica falada no Sul da França) no intuito de esconder o real significado.** Isso fez com que seus quartetos fossem muito obscuros e difíceis de decifrar permitindo que qualquer pessoa os interpretasse de acordo com o próprio entendimento, o que ocorreu muitas e muitas vezes.

Hoje em dia, porém, ele está no centro desse apocalipse. Para nossa sorte, o livro de referência é bem pequeno, mas ele é o cara da nossa era assim como o precursor de “tudo de ruim que vai nos acontecer”.

Aqui vai meu ponto de vista sobre isso: O alinhamento Galáctico está chegando, como previsto por nossos ancestrais. Muito antes de Nostradamus, alguns povos antigos escreveram sobre ele. Os egípcios sabiam, pois chegaram alinhar as pirâmides com as estrelas. Outros que também estavam a par eram os povos Hopi, Asteca, Toltecs, Druidas e os Incas. Os Maias desenvolveram um calendário, sem a ajuda de Nostradamus, que finda em 21 de Dezembro de 2012 (um pouco antes de 2013). Assim o alinhamento Galáctico é verdadeiro e a maioria dos povos que escreveram sobre ele premeditou uma grande mudança. Aliás, uma “grande mudança” que está traduzida agora como “o grande fim”.

Estive no lugar onde os Maias trabalharam. Visitei Xochicalco no México em 2007, a 38 km sudoeste de Cuernavaca. Foi lá que conheci Jorge Baez, um estudioso que praticamente reproduziu grande parte do que os Maias estudaram em seus observatórios nesses sítios arqueológicos. Na parede de uma pequena pirâmide, os Maias deixaram glifos sobre suas descobertas que previam a grande mudança e os ciclos de energia. Em nenhum lugar está indicado que a terra vai acabar. Invés disso está glifado o retorno das mais altas vibrações e uma expansão que a terra nunca viu. Isso aconteceria em conjunto com o alinhamento Galáctico em Dezembro de 2012 (segundo seus cálculos). Eu estive lá e tive acesso aos glifos traduzidos. Isso é o que está escrito.

Jorge Baez escreveu um dos primeiros livros sobre o 2012: A Energia Vital do Movimento - O Segredo de 2012 (apenas em espanhol no momento). Suas conclusões são as mesmas que a dos Maias – há uma mudança chegando, que representa a mudança lenta da consciência humana. As demais mudanças previstas por esse povo (de acordo com o livro de Jorge) mostram alguns ciclos que foram identificados como a Era das Trevas e o Renascimento ocorridos no passado. Esse é o assunto do livro. Jorge também leu para mim alguns glifos e algumas previsões sobre a expansão de Gaia, e não sobre seu fim. Minha opinião é que essa mudança já começou.

O calendário Maia termina em 2012 e algumas pessoas alardeiam sobre isso. E se esse fim não fosse intencional? Para informação, os Maias fizeram outras pequenas profecias sobre datas que vão além de 2012 (datas escritas no estilo de seu calendário). Há dúvidas de que eles tenham terminado o calendário ou então não teriam ido além de 2012. Os motivos da interrupção são desconhecidos até hoje, mas aconteceu rápido. Talvez seja uma obra inacabada, ou talvez o que quer que tenha destruído essa civilização também interrompeu o calendário. O que quer que seja é fácil atribuir ao fim do mundo a interrupção do calendário bem no alinhamento Galáctico. Entretanto, acredito que não seja o fim dos tempos e sim o começo de uma nova consciência para o planeta... informação Maia.

Outra informação que não é dada é que o alinhamento de 2012 não se dá exatamente a 5.5 graus. Recentemente, os cálculos foram refeitos por computadores e telescópios modernos e (estão sentados?), ele já aconteceu! Essa discrepância é devida a um erro nos cálculos Maias, pois eles acreditavam que esse alinhamento acontecia a cada 25.627 anos. E na verdade ele se dá a cada 25.800 anos – nada mal para quem não tinha telescópios não é? Significa dizer que o ano de 2012 não é verdadeiramente um ano do alinhamento completo. O alinhamento correto do ponto de solstício (o centro exato do corpo solar visto da terra) com o equador galáctico foi calculado para acontecer em 1998 (Mathematical Astronomy Morsels de Jean Meeus, 1997). O que significativo ocorreu na época? Eu diria.... a queda da União Soviética.

Teremos uma mudança? Sim! Já a estamos vivendo. Extinção? Não, de acordo com as previsões Maias. Com efeito, as demais civilizações que construíram Xochicalco, os Toltecs e os Astecas, também fizeram observações e também sabiam sobre as conjunções estelares. Eles contribuíram para o que foi conclusivamente atribuída aos Maias – uma mensagem edificante e sublime a respeito de 2012.

Bem, vocês não viram essa mensagem no History ou no Discovery Chanel, não é? As boas notícias não impulsionam as vendas. Que pena!

Gostaria de alertá-los sobre alguns métodos usados por escritores nesses documentários. Existe sempre uma música de suspense e terror ao fundo e a maioria das imagens é de tempestade, fome, coisas da Grande Depressão e outras catástrofes. Esse é só o começo; eles são muito seletivos sobre o que comunicar e o que não comunicar.

No especial sobre Nostradamus exibido no History Chanel, meus amigos Gregg Braden e John Petersen (do Instituto Arlington) foram entrevistados. De acordo com John, algumas coisas que ele disse não foram apresentadas – apenas cortadas. Ambos são cientistas/historiadores sérios e falaram sobre a proximidade de uma mudança, pautados na boa ciência. Nenhum deles afirmou que haveria um fim do mundo. Exibi-los na tela serviu para credenciar todo o documentário, e é assim que a coisa funciona.

Em 1999, esses mesmos canais televisivos exibiram Nostradamus veiculando previsões assustadoras sobre o próximo milênio. Na época havia a Bíblia em que se basear e partes de todo tipo de Revelações sobre o fim do mundo. Um dos quartetos de Nostradamus (3.2) prevê o seguinte: “Com o calor do sol sobre o oceano, os peixes ao redor de Negropont estarão meio cozidos”. Isso, claro, foi interpretado como um ataque nuclear.

Para aqueles que estiveram hibernando durante esses oito anos, saibam que nada aconteceu. Ao contrário, aconteceram coisas que não estavam previstas em nenhum quarteto – o fim do império Soviético, a queda do muro de Berlim e o começo do capitalismo na Rússia. Não houve nenhum Armageddon. Ontem à noite, não acreditei ao ver que eles estavam usando o mesmo quarteto do calor do sol sobre o oceano. Mas agora, referindo-se ao aquecimento global. Será que eles pensam que ninguém analisa?

Abaixo estão alguns itens que não são encontrados nos documentários, coisas que alteraram completamente a ordem de como tudo deveria estar:

1. Onde está o quarteto de Nostradamus sobre o fim da União Soviética?

(2) O quarteto sobre a queda do muro de Berlim?

(3) O quarteto sobre o 11 de Setembro? Não seria algo importante?

(4) E sobre a eleição de um afro-descendente à Casa Branca? Vocês não acham que isso sim seria muito significativo?

Todos esses acontecimentos impossíveis de imaginar não foram mencionados por Nostradamus ou pela Bíblia. E cada um deles afeta ou afetará todos nós por um bom tempo.

Os futuristas alegam que esses acontecimentos são os coringas do baralho. Algo que não deveria estar lá ou que se apareceram à revelia. A mais de 20 anos, Kryon nos disse que esses coringas formaram a Convergência Harmônica de 1987 - o momento em que começamos a mudar o modo de pensar e por conseqüência nossa consciência, alterando as profecias do lugar onde deveriam estar.

Um dos eventos que os documentários anunciam é a escassez que ocorrerá em 2012, falam até de canibalismo em grande escala. Alardeiam a terra tórrida, supostamente causada pelo aquecimento global. Gravam depoimentos de meteorologistas alegando que todo verão é mais quente que o anterior, aliás, com sempre foi. Ninguém pergunta sobre o inverno (ou se fizeram, apenas ignoraram)! Vocês sabiam que todo inverno é mais frio que o do ano anterior? Sabiam que os números apresentados de partes do Oceano Pacífico mostram que ele está mais frio que nunca? E não de forma sutil, ele está trazendo de volta uma grande parte da vida microbiana necessária a recuperação dos peixes.

Kryon falou muitas e muitas vezes que estamos prestes a entrar numa mini era do gelo. Isso também ocorreu por volta de 1400, mas não há muitos relatos a respeito. O registro de dados naquela época não era feito de forma consistente, e não havia como registrar informações globalmente como hoje. Apesar desse resfriamento, sobrevivemos. Kryon diz que aceleramos a vibração do planeta e que em conseqüência temos as mudanças climáticas. Faz parte do ciclo da água que existe e sempre existiu, não é algo inusitado ou precursor do fim do mundo. Em 1989, ele nos alertou claramente sobre uma mudança climática. Mas para a semana do Armageddon isso é uma surpresa, tudo é culpa do aquecimento global e do fim do planeta (de acordo com os documentários que estamos assistindo). Querem saber o que alguns cientistas russos têm a dizer? ***

Outra coisa que ninguém fala muito: E se os quartetos de Nostradamus estivessem certos, mas que de alguma forma conseguimos anular as profecias do ano 2000 (o que certamente fizemos). Se ainda não fosse, teríamos tido uma explosão nuclear segundo Nostradamus e também no que foi decifrado nas Revelações (de acordo com Hal Lindsey). Pense nisso. Onde então estaríamos em 2008? Muito provavelmente em maus lençóis! Depois de 7 ou 8 anos da grande catástrofe ainda estaríamos morrendo de radiação e de fome. Só de imaginar é pavoroso. Porém, e se?

Se as profecias estivessem certas, algumas das previsões teriam se realizado. Descreveram uma terra antiga atravessando uma guerra nuclear. Juntamente com a mudança climática e outros abalos terrestres, haveria escassez em grande escala... provavelmente uma guerra, e algo que poderia até varrer toda a humanidade da terra. Mas NÃO estamos nessa posição. O que mudou então? Nós mudamos, e obviamente as profecias de 2000 não se concretizaram. Este é um coringa do baralho.

Entendem o que estou tentando dizer? Os boatos de medo e do drama permeiam o grande circo do apocalipse. Fazem uso da velha energia das profecias para reinterpretar catástrofes que não aconteceram, mas agora há o gancho do alinhamento Galáctico que faz tudo parecer ainda mais real. Lançam mão até de bons autores que são historiadores e cientistas para apoiar essas previsões, que não é exatamente no que muitos desses autores acreditam.

Falando nisso, o alinhamento Galáctico é um episódio relativo. É algo “observado da Terra”. É muito relativo como vemos as coisas. Deixe me esclarecer isso para aqueles que não acompanham astronomia e pensam que o centro da galáxia está se alterando ou mudando. Pois não está. É apenas uma observação do ponto de vista de onde estamos situados.

Bem, ainda não terminei e gostaria de falar sobre algo que Kryon nos disse e que agora foi provado. Apocalipse e trevas, morte e destruição têm uma energia muito intensa. Geralmente cria uma mudança planetária através da dor e/ou da compaixão. Isso nós sabemos. Mas Kryon nos revelou algo que não entendemos muito bem. Ele disse que há sempre um resíduo do potencial que permanece, mesmo que tenhamos alterado o curso que estávamos. Esse resíduo é tão potente que um vidente qualquer pode “vê-lo” como real. É tão potente que pôde ser medido por alguns aparelhos da Universidade de Princeton no escopo do Projeto Global da Consciência, que mede a alteração da consciência Humana frente a um evento.

Em Outubro do ano passado, os “sinos” começaram a soar. Tínhamos previsões de algumas fontes (incluindo Kryon) para agüentar firme e não temer o mês de Outubro. Grupos engajados em pesquisas físicas nos disseram que algo estava para acontecer. Aí os botões começaram a aflorar – os de Princeton. Uau! Estávamos realmente aguardando algo grande. Várias fontes de diversas áreas não correlatas diziam a mesma coisa. Talvez alguns de vocês até ouviram falar de uma aterrissagem galáctica. Quem sabe não seríamos finalmente visitados por ETs e assim por diante. Havia algo no ar!

Bem, os dias 13/14 de Outubro chegaram e nada aconteceu, nada mesmo. Parecia que nada havia acontecido, como na Convergência Harmônica em 1987, mas agora sabemos que sim. Será que estávamos pressentindo algo que não ocorreu? Ou será que passamos por um tipo de mudança sem nenhuma catástrofe na terra? Kryon diz que ambos.

Não há como negar que havia algo no ar, mas seja lá o que era não aconteceu. Foi mundial e aqueles como nós que lidamos com a metafísica ouvimos isso de diversas fontes – algumas até verdadeiras. Entretanto, nada ocorreu.

Eu sempre digo que há mais coisas a nossa volta que os olhos podem ver, ou que podem ser explicadas por algum documentário da TV cheio de exploração e propositadamente com intuído de criar um drama. Não se deixem levar por essas coisas. Respeite os fatos, mas não se deixem levar pela óbvia manipulação televisiva.

A grande novidade é que estamos vagarosamente mudando a fato gerador que eu e vocês achávamos imutável. Estamos podando a ganância da nossa economia para fazer algo melhor. Elegemos um homem que seria inelegível na época de nossos pais. Esses são os sinais verdadeiros de um novo tempo. Estamos vivenciando uma carta coringa.

Semana do Armageddon? Ora, por favor. O que virá a seguir? A semana da colisão meteórica? Ou talvez semana da escassez seguida da semana do canibalismo?

Percebam a Fábrica do Apocalipse e apenas divirtam-se com ela. Haverá mais catástrofes sendo anunciadas. Esperem até ver o próximo seriado! Haverá uma porção de efeitos especiais sobre a destruição da Terra – provavelmente muita água e fogo. Bruce Willis e Tom Cruise deverão estar incluídos em alguma parte! (risos)

Pessoal, é igual ao que aconteceu no novo Milênio. Quando 2012 chegar e passar, entenderemos que deturpamos tudo embora algumas mudanças tenham realmente ocorrido. Ainda estaremos aqui, transmutando a consciência do planeta e constando que as eventuais profecias apocalípticas de alguns profetas estavam mais para a capa sensacionalista dos jornais do que para algo crível de fato.

Lee Carroll

“Trabalhadores da Luz, o Espírito não pode elevar-lhes para uma vibração mais alta se não remexer a terra suja. Vocês estão ativamente envolvidos na criação de uma energia que trará cura e paz nunca vista antes nesse planeta. Daqui a duas gerações não reconhecerão esse lugar, pois haverá mais intenção de “construir juntos” do que separar. A velha energia de liderança dará lugar a uma nova geração de pensadores conceituais”


- Kryon

---------------------------------------------------------------------------
* O Alinhamento Galáctico é o alinhamento do solstício solar de Dezembro com o equador Galáctico. Esse alinhamento ocorre como resultado da precessão dos equinócios.

A precessão é causada pela rotação vagarosa da terra em seu próprio eixo que altera as posições dos equinócios e dos solstícios um grau a cada 71,5 anos. Como o Sol está a meio grau, significa que a Terra levará 36 solstícios solares de Dezembro para seu alinhamento com o equador Galáctico.

O ciclo precessional, que dura cerca de 26.000 anos, altera a posição do sol a cada solstício de Dezembro, em sentido contrário ao dos signos do zodíaco. Isso nos leva a uma observação (vista da Terra) que a cada solstício solar de Dezembro estamos nos aproximando do Centro Galáctico, que chega a alinhar-se a cada 26.000 anos. Este é o chamado alinhamento galáctico. É um nome dado a observação relativa das estrelas vista da terra.

**

http://en.wikipedia.org/wiki/Nostradamus

***

http://english.pravda.ru/science/earth/106922-0 "Earth on the brink of an ice age."


Lee Carroll Fonte:

http://spiritlibrary.com/kryon/the-doom-factory

A mensagem acima é gratuita e está autorizada a ser copiada, impressa e distribuída.

Sua venda é proibida exceto se realizada pelo próprio autor.

23.2.09

O PODER DA SUA PRÓPRIA CONSCIÊNCIA - Jesus/Yeshua canalizada por Pamela Kribbe

Uma mensagem de Jesus/Yeshua canalizada por Pamela Kribbe
Fonte: www.jeshua.net
/por



Queridos amigos, hoje eu vim para falar com todos vocês. Vocês são tão bem conhecidos por mim! Vocês não sabem o quanto eu os conheço bem. Estou freqüentemente com vocês, porque o meu coração está conectado com vocês. Eu vejo a sua dor; testemunho a sua alegria, suas preocupações e seu sofrimento. E eu gostaria muito de lhes falar sobre o poder que reside em vocês. O poder da sua própria consciência. O poder do seu próprio ser. O poder da sua própria alma.


Vocês estão freqüentemente buscando. Vocês estão continuamente procurando soluções fora de si mesmos. Mas, quando levam estas soluções para dentro de si, elas logo começam a se desvanecer. Percebam que vocês são o centro do seu ser, o sol do seu próprio universo. O foco da sua consciência e aquilo com que ela está sintonizada definem como vocês se sentem, como vocês pensam, como vocês agem. Vocês dirigem estas coisas a partir das profundezas do seu próprio ser, como um sol dirige seus raios para fora. Se vocês acreditarem que existem aspectos de si mesmos que este sol não deveria iluminar, que existem lugares onde ele não deveria brilhar, que existem coisas que ele não deveria aquecer com seus raios, então todos e tudo que vocês encontrarem à sua volta confirmarão estas crenças.

Da mesma forma, a ajuda ou conselho de outra pessoa só pode ser recebido se vocês permitirem que o seu sol ilumine esse aspecto para o qual vocês precisam de ajuda. São sempre vocês que decidem colocar esse aspecto na luz e abrir a porta. Não existe ninguém que possa forçá-los a fazer isso. É por isso que ninguém pode ajudá-los, se vocês não se permitirem ser ajudados (isto vale para ajuda terrena, bem como para ajuda do nosso lado).

Vocês abrigam, em seu interior, certas convicções que fazem com que pensem que não têm força para encontrar seu próprio caminho, para sentir o seu próprio destino outra vez. Estas convicções estão ligadas a um passado no qual vocês estiveram perdidos durante muito tempo. Estou falando particularmente de um passado aqui na Terra, um passado de muitas vidas terrenas, no qual vocês experienciaram muita escuridão.

Essa história não foi sem sentido. É uma história na qual vocês enfrentaram muito medo e na qual o medo obscureceu o seu sol interior. Mas agora todos vocês estão despertando lentamente. Partes de vocês já estão na luz outra vez, mas ainda existem muitos aspectos que continuam na escuridão, obscurecidos pelo medo e pela insegurança em relação a si mesmos.

Vocês podem comparar esta escuridão interna com uma criança que se perde. Uma parte da sua alma é uma criança perdida. Ela perdeu seu caminho num passado de dor. Mas o passado não é uma coisa estática. De uma certa forma, o tempo é uma ilusão. Nada está irrevogavelmente perdido no tempo. Não existem portas fechadas. A sua criança interior perdida, que se fragmentou no passado, pode ser trazida de volta. Vocês são os pais dela, vocês são aqueles que devem cuidar dessa criança, que podem acalentá-la e trazê-la de volta à vida.

E quando eu digo vida, quero dizer viver verdadeiramente. Vocês se esqueceram como se vive. Vocês são muito bons em sobreviver, mas viver verdadeiramente é algo muito mais fascinante, inspirador e feliz.

E justamente a parte de vocês que é capaz de fazer isso – a criança interior – é a que se perdeu. Ela se perdeu nas sombras do passado, num acúmulo de eventos que foram traumatizantes para a sua consciência. Durante todo este tempo em que vocês vêm encarnando aqui na Terra, no nível da alma vocês têm se desenvolvido como crianças entrando na idade adulta. Neste sentido, vocês vieram para a Terra como crianças, passaram por várias experiências próprias, muitas das quais vocês não compreenderam totalmente. Agora nós estamos chegando ao final de uma certa etapa da sua história, de um certo ciclo do seu desenvolvimento, e está na hora de se elevarem acima das experiências que não foram compreendidas: é tempo de crescerem e se transformarem em pais. Agora é o momento de serem o pai e a mãe da sua própria criança. E é para isto que eu quero chamar a sua atenção ao falar-lhes sobre o poder da sua própria consciência: o poder que vocês têm de se elevar acima da sua criança interior ferida.

A criança dentro de vocês é a vítima de muitas experiências que não foram compreendidas. Estou lhes dizendo que a sua ferida interior mais profunda pode ser comparada ao estado emocional de uma criança abandonada. É uma criança que, de alguma forma, foi separada da segurança e dos braços amorosos do Lar e não sabe por que nem para quê. Existe uma criança em vocês que se sente abandonada e assustada e não possui um sistema de referências que lhe permita entender isso. Essa dor está relacionada com um momento, num passado muito distante, no qual vocês partiram de um estado Divino de unidade e começaram suas jornadas como almas individuais (Isto será elucidado na próxima canalização: "A dor do nascimento cósmico")


Em algum momento vocês vão compreender que essa jornada foi sua própria escolha, um ato de criação que foi verdadeiramente divino. A imensa dor que vocês sentiram quando começaram suas jornadas sozinhos – suas jornadas de experiência – essa dor profunda foi, ao mesmo tempo, um grande ato de criação. Porque ao se desprenderem, como almas, do grande todo – do Deus-Pai-Mãe – vocês se permitiram fazer grandes descobertas, experimentar e sentir muitas coisas. No atual estágio da sua jornada, onde ainda existe muita dor interna, é difícil enxergar o significado mais profundo desta longa jornada de volta para casa. Mas eu quero lhes assegurar que vocês são seres de luz maravilhosos, com muita coragem e uma grande confiança no Criador, senão jamais teriam começado esta viagem. O que eu quero é recordar-lhes desta centelha de coragem, criatividade e luz que existe dentro de vocês. Sintam novamente essa centelha em seus corações, voltem a se conectar com ela. Saibam que vocês têm o poder de deixar sua criança interior retornar à vida e permitir que ela cante e brinque outra vez. Ao olhar para a sua criança interior como o chamado de uma criança perdida, estou lhes oferecendo uma perspectiva que os convida a cuidar de si mesmos com carinho e amor, como os pais que vocês verdadeiramente são.

No começo da sua jornada como almas, lhes foi confiada uma criança abandonada, deixada a sós no escuro. Era o seu desafio para lidar com a parte emocional de si mesmos. Esta parte de vocês representa o seu aspecto mais vital e mais "cru" – a confiança da própria vida. No final de suas jornadas, no fim do ciclo de encarnações, vocês segurarão a mão da sua criança interior e verão que ela irradia luz, prazer e consciência inspirada para vocês. Ela se sentirá segura outra vez e assim lhes mostrará o seu verdadeiro tesouro: sua capacidade de viver e sentir a vida intensa e plenamente. O que ela precisa para chegar lá é de um adulto que a leve pela mão, cuide dela com carinho e lhe inspire confiança. E esta é a sua missão: ser o guardião da sua criança interior. Esta criança lhes causou dor, carregou seus traumas emocionais, mas, ao mesmo tempo, ela guarda a maior das promessas: a de ser a sua fonte mais profunda de amor, alegria e criatividade.

O momento chegou. Neste ponto da sua história, está na hora de juntarem e integrarem as partes perdidas de vocês mesmos. É hora de serem o sol central que vocês são. Ao reivindicarem o poder da sua própria consciência, vocês não estão simplesmente voltando a "como as coisas eram antes de começarem a sua jornada". Vocês estão criando uma realidade ou nível de consciência totalmente novo. O reconhecimento da sua própria divindade lhes dá a sensação de estar voltando para casa; desperta em vocês antigas lembranças da unidade e harmonia abençoadas, que vocês uma vez conheceram. Mas agora, pela primeira vez, vocês vão dar à luz aquele sentimento de unidade puramente a partir da sua própria consciência, enquanto estão na realidade material. Vocês encarnarão Deus na Terra. Vocês estão retornando para a sua essência divina, sem desistir da sua individualidade e da sua forma material. Este é o milagre da Nova Era: ser um e como Um; ser uma consciência única e individual e, ao mesmo tempo, ser um com o todo e estar conectado com ele.

---

KRYON NA AUSTRÁLIA - Kryon através de Lee Carroll

KRYON NA AUSTRÁLIA
Kryon através de Lee Carroll Kryon
na Austrália, segunda noite, fevereiro 2009



Saudações meus queridos, Eu sou...eu sou Kryon, do serviço magnético.

Mais uma vez, o ser humano se senta num lugar e expande a imaginação daqueles que pensam em três dimensões. Então começa uma grossura de amor, que transborda do outro lado do véu de uma realidade interdimensional para uma que é em dígitos únicos. E o processo da canalização, descrito anteriormente, é abrir a porta.

Isso é tudo! Isso é a coisa mais difícil para um ser humano fazer: é abrir a porta. Este é o assunto do nosso breve tempo juntos nesta noite. E se abrem a porta e pedem por este acontecimento neste país haverá uma mensagem de conforto e de amor e uma que diz "seja paciente e continue firme".

Em 1987 nós falamos das mudanças climáticas e aqui elas estão. E se olham bem nós também falamos desta coisa que acontece até mesmo aqui enquanto falamos. Nós falamos que haveria terras que são férteis, mas que não seriam mais. E nós falamos que haveria lugares em que não podias fazer crescer nada e que iriam se tornar um paraíso cultivável.

Um tempo de bastante água e um tempo de escassez. E aqueles que sentam neste lugar estão a colher tudo isso. E vós não estais sós, pois, falamos àqueles aos quais chamais América e nós falamos de um tempo nos quais os ventos viriam em base regular, mais fortes do que eram antes, e nós lhes demos um conselho, um bom conselho.

Quando observais estas coisas acontecendo e o ciclo das águas começar a cambiar, cuidais de vós mesmos. Sabeis que está aqui para uma viagem e que vai durar algum tempo. Dissemos àqueles em América para saíram das costas, mas não o fizeram.

Nós lhe dissemos para construírem suas casas sobre áreas elevadas, mas não o fizeram.Humanos são assim, não sabeis? Orgulhosos! O que acontece neste país agora mesmo vai estar aqui por algum tempo.

Então nós lhe dizemos que durante este processo de mudança planetária, cuidais de vós mesmos, porque estas coisas que acontecem neste país irão se repetir num ritmo cíclico por algum tempo. Podem voltar e reconstruir da mesma maneira, e o podem, ou podem decidir procurar e descobrir o que podem fazer de diferente que aguente o vento, o calor e sim, até mesmo o fogo e há maneiras.

E há AQUELES QUE não mais desejam voltar a viver na mesma área. "Oh Kryon, por que não podes simplesmente dizer que vão acabar"? É assim! São aqueles nesta sala que aceleraram o tempo geológico. Estes ciclos acontecerão mais rapidamente do que pensavam. Não há nada de errado com o planeta! Não há nada errado com o planeta!
Deixem-me lhes dar algum conselho. Podem não entendê-lo. Vão observar o desaparecimento de algumas coisas que consideram preciosas,mas que para o Espírito são simplesmente cíclicas. Vão observar vida selvagem, agricultura, algumas árvores e outras cosias desaparecerem da face da terra.

Vão a perguntar "por que isso tem que ser desta maneira"? Vão chorar por isso tudo e nós lhes dizemos – escutem isso – que muito antes de os humanos aparecerem neste planeta, há certas plantas, há certos animais, há certas razões pelas quais eles viriam, existiriam e segurariam energia e então iriam embora. É parte do ciclo da vida, é parte do ciclo da água, é parte de segurar energia para o planeta, é parte de sair do caminho para a natureza e a consciência humana preencherem o vazio e o espaço que estiveram segurando para vocês e agora já terminaram a sua tarefa.

Foi quando os humanos chegaram, que decidiram salvar tudo com uma face fofa [humor de Kryon] e chorar quando forem. Algumas das faces que querem salvar estão aqui apenas por algum tempo para preparar o cenário para vós. Celebrai-os.

Não chorem quando forem embora, porque cumpriram o seu papel, assim como as terras cumpriram os seus papéis. Há uma purificação acontecendo neste país e vocês sabem disso, não é verdade? Não é um acidente, mas uma purificação.

Eu sei onde eu estou. Eu sento num lugar que é puro. Talvez nunca tenham pensado nisso. Há um despertar acontecendo na Austrália. Eu disse ao meu parceiro (Lee Carol, o canalizador desta mensagem) para voltar. Uma década se passou desde quando esteve aqui. Eu disse a ele "volte", porque há algo acontecendo aqui.

Os atributos do país no qual vivem são únicos para o planeta, porque este lugar é puro. Esta pureza é causada pelo fato de que muitos poucos humanos têm estado aqui. Podem voltar na História e ver que muitas poucas guerras foram travadas aqui, que a terra é pura. Não há drama humana posto sobre esta terra assim com em outros lugares da terra. Nunca houve dramas gigantes. Nunca houve mortes em massa como em tantos outros lugares. Nunca houve governos inapropriados que escravizaram o seu povo. Nunca houve guerras gigantes travadas por ditadores arrasando a terra. Nunca houve civilizações enterradas com ódio, violência e batalha. Esta terra é pura e está despertando.

Há uma purificação ocorrendo neste país. E é difícil. E nós dizemos a vocês, trabalhadores da luz: estão no lugar certo, no tempo certo. Como Gaia começa a cambiar e a mudar e a vibração começa a se elevar, não é uma coincidência que escolheram esta vida para observá-la, e começá-la e segurar a vossa luz. Já pensaram alguma vez nisso? O que farão acerca disso? Irão temer estas coisas ou irão construir e se mudar de acordo com elas? E entenderão que estas coisas estarão aqui por algum tempo? Esta é a maturidade do trabalhador da luz. Não escutarão do Espírito que estas coisas se passaram logo, ou não é assim? E esta é a vossa escolha, porque esta é a Mudança e está acontecendo em todo o mundo.

Vocês estão entre tantos que observarão estas coisas e talvez chorarão pelos animais e pelas folhagem. Não o façam! Eles tomaram o seu devido lugar e seguraram a energia que deveriam e agora são parte da mudança convosco. Pensem nisso desta maneira: eles partem para que a consciência humana possa, com amor, substituí-los. Eu estou a vos dizer que este país está a despertar. Trabalhadores da luz, mais do que nunca, irão fazer diferença em várias áreas. Já é tempo! Já é tempo!

Quero falar genericamente sobre este "se conectar", com o esotérico que são. É tão difícil descrever estas coisas que a mente humana não pode conceber. Os humanos gostam de pensar que podem pensar em qualquer coisa. Pensam que porque são o topo da ladeira evolutiva em pensamento, que o seu intelecto não conhece barreiras.

Se perguntarem a muitos humanos se há algo que não podem conceber, responderão "oh, nós podemos conceber qualquer coisa. Tente-nos!" MAS VOCÊS NÃO PODEM CONCEBER COISAS INTERDIMENSIONAIS. Não podem conceber o Lar. Não podem conceber a sua própria divindade, porque está alem do vosso processo de pensamento, da vossa habilidade de ir até lá.

Portanto, estas coisas não podem ser apresentadas logicamente a vós. Nós vamos vos dar alguma informação. Nós vamos pintar um quadro acerca do "se conectar". Aqui está a premissa: alguns poucos trabalhadores da luz neste país. Conectando-se com a sua divindade, criam uma luz. Aquela luz literalmente modifica a malha do planeta. Ela acelera as mudanças da terra e até mesmo acelera a transição do ciclo das águas.
Isto significa que o quanto mais de vocês entram em contato e despertam, mudam a consciência de muitos. "Kryon, como isso funciona" Kryon, você nos disse que há um despertar. Quantos precisam despertar?" Não muitos! Não absolutamente! "Como isso funciona? Como podem somente alguns fazer tamanha gigantesca mudança neste continente? "Eu vou explicar algo a voces que precisam entender, precisam escutar . O vosso trabalho, conectando-vos com a divindade em vós, com as vossas partes interdimensionais, realmente modifica a realidade."Kryon, isto é difícil de entender! "Tudo bem, eu vou dar uma metáfora.

Um homem, com luz na escuridão, vê ao seu redor aqueles que estão vagando e tendo dificuldades em seus caminhos. Com a sua luz ele literalmente constrói um caminho no mato. Quando termina, há uma caminho: um caminho fácil. Ele o construiu porque tinha luz. Então ele se afasta. Não se passa muito tempo até que aqueles que vagam no escuro encontram o caminho e eles o atravessam. Então um homem com luz criou um caminho que outros encontraram e agora este caminho é fácil para muitos, porque aquele fez o trabalho. Passa-se o mesmo com o farol de luz, não é mesmo? Ele permanece ali e joga a sua luz, guiando os navios para a segurança do porto. Um farol de luz, muitos navios. Eles não têm luz; o farol de luz a tem. E este é o jeito disso. Simplicidade é o jeito disso. Um ajuda a muitos.

"Kryon, onde estão os exemplos disso? Eu os vou contar a vocês. Como eu disse antes, um indivíduo vai para casa com a sua luz.Vamos dizer que as vossas famílias não acreditam em nada disso. Vamos dizer que vocês nem mesmo contaram que viriam a este encontro. Eu sei quem está aqui [humor de Kryon]. Quando vão para casa, vamos dizer que foram tocados. Há alegria, há uma mudança celular, vocês brilham um pouco, e quando chegam às vossas casas não podem contar uma palavra sequer. Não podem dizer uma só palavra. E podem dizer: "eu quero tanto contar como eu me sinto, o que eu descobri, mas eles não iriam acreditar nisso. Eles não se importam. Eu gostaria que se importassem. Eles se tornariam trabalhadores da luz maravilhosos, mas eles não se importam e provavelmente jamais se importarão" E vocês lamentam isso, não é verdade? E dizem: "Oh, se se importassem!" Deixem-me dizer a vocês, trabalhadores da luz, o vosso testemunho se dá na vossa personalidade. O que vão fazer a seguir? Tornar-se-ão mais tolerantes e mais pacientes? Sabem que quem irão perceber as mudanças primeiro serão as crianças. Sejam elas as vossas crianças, os vossos netos ou os filhos dos vossos amigos. Irão olhar para voce e ira dizer: não sei o que aconteceu contigo, mas eu gosto disso. Uma criança sempre falará primeiro: "mãe, pai, eu sei que vão a estas reuniões. Continuem a ir, porque o que quer que se passe lá é bom! Nós podemos ver o amor na maneira com que nos trata, na vossa paciência, na maneira pela qual trata o papai, na maneira pela qual trata a mamãe.

Paciência!"E mesmo se a família nunca reconhece esta crença, irão ver a vossa luz. Podem pensar que irão temê-la, mas é o oposto disso. Mesmo que nunca venham a uma reunião como esta, gostarão do que se tornaram. Podem até mesmo se apaixonarem por vocês novamente. O amor de Deus faz isso! Ele faz isso! Esotérico é isto.

Eu vos darei alguma informação sobre "se conectar".E agora isto se torna fantasmagórico [humor de Kryon]. Coisas que não acreditariam: a maneira pelas quais as coisas funcionam fora de 3D. Eu vou mostrar algumas coisas para "se conectarem" que jamais esperaram. Elas são obscuras. É tempo para informação avançada! Alguns irão balançar a cabeça dizendo"eu não entendo esta parte". Aqueles que sentam aqui podem dizer"estou tentando entrar em contato com o meu eu divino. Kryon diz, outros dizem, muitos dizem que eu posso fazer isso. Eu vou espalhar luz. Eu vou fortalecer a vibração de Gaia." Estão certos. E porque os seres humanos são extremamente "singulares", vão tentar entrar em contato com "uma coisa." Errado [humor de Kryon]!

Deixem-nos explicar a complexidade. Eu amo vos contar estórias. No outro lado do véu é onde começam. Vocês todos entendem que são eternos, que são um pedaço de Deus" Esta é uma jornada temporária que fazem muitas vezes. Virá um dia, quiçá daqui a milhares de anos terrestres, quando o teste terá terminado. E perguntam: "o que acontecerá depois? "Eu vos digo que o farão novamente em "algum outro lugar".[Kryon ri] É o que fazem. E naquele "outro lugar" estará Kryon, e outros como eu, que vos servirão com amor. Iremos chegar para segurar as vossas mãos e explicar mudanças vibratórias e ajudaremos a melhorar o que quer que aquele "outro lugar"seja.

É tudo parte de um teste; não de vós, mas de energia. Acontece incessantemente. Este não é o primeiro planeta nos qual estiveram e não será o último. Irão continuar, e o quanto mais rápido entenderem que há um plano que faz sentido e é cheio de amor e de propósito, o mais rápido poderão relaxar com isto.Talvez possa fazê-lo correr mais depressa.

Este planeta de livre arbítrio poderia muito bem estar pronto para graduação, mas a habilidade para fazer isso é vossa. Sabem o que uma população desperta irá fazer? Este país (Austrália) está maduro para isto. Está puro. Está limpo! E quanto têm o sujo da terra em que nunca houve guerra de magnitudes nem camadas de batalha, têm uma conexão com Gaia que é fácil. Aqueles que vieram primeiro a este país sabem muito acerca disso. Pergunte a eles. Ë assim com muitos do que chamam de "primeiras nações de povos": para se alinhar com a terra e saber como se sentem, saber como reage a vossa consciência. Oh, é puro aqui! É muito puro aqui! No outro lado do véu...deixem- me vos levar a uma outra jornada mais uma vez. Estão lá, prontos para voltarem para a terra, e um processo se inicia.

Vocês não esperavam isto, mas quando eu o contar, irão entendê-lo. Já o escutaram antes, mas precisam escutá-lo mais uma vez, trabalhador da luz. Não podem vir para o planeta com o núcleo de vossas almas. Ë muito grande. Iriam se queimar. Então quando voltam, em qualquer modo em que queiram dizer, ou melhor dizendo quando entram nesta realidade chamada terra como vocês, parte de vocês permanece no outro lado do véu. Vocês se dividem! Vocês se dividem! E não é que haja duas partes, porque não há partes contáveis numa sopa interdimensional que é energia. As únicas partes que podem contar são aquelas que estão aqui. Isto são vocês: aparentemente um corpo, uma consciência, cheios de DNA interdimensional. Há uma parte de vocês, uma grande parte, que fica atrás. Pense nisso: quase sete bilhões de seres humanos têm uma parte deles no outro lado do véu. E podem dizer: "O que estão a fazer lá?" Eu vou dizer. Para trabalhadores da luz, ajudam a arrumar acontecimentos.

Não entendem que deve haver uma outra parte de vós no outro lado do véu para criar sincronicidade? Tem que ser dessa maneira. Muitos acreditam que é somente Deus fazendo coisas para vós, não entendendo que são vocês fazendo coisas com vocês. E se você não é um trabalhador da luz? O que estão a fazer? [Kryon rí}Eu vou contar o que estão a fazer. Eu contar o que estão a fazer {Kryon se emociona}.

Eles andam próximos às suas contrapartes neste planeta, tendo esperança que irão despertar. O que alguns de vocês têm sentido é um bando de anjos ao redor de vocês; é você com você. E aqueles que estão na depressão e na amargura, no medo e no drama, e mesmo aquele que odeia está cercado por um grupo central dele mesmo que está apenas a esperar para lhe servir; para lhe dar paz e balanço para se conectar, para estar em contato, mas somente com permissão. O que estão a fazer? Alguns deles choram, porque eles vêem tanto potencial, mas nenhum despertar.

Oh, se houve apenas um pouquinho mais de luz, esta pessoa poderia ver melhor. E é aí que você entra, trabalhador da luz, construindo caminhos, indo a lugares escuros e mantendo a tua luz, indo ao teu trabalho, onde não há ninguém que se importa com coisas espirituais, a não ser você e você se pergunta o que está a fazer lá.Você está a segurar a luz, é o que está a fazer lá e é difícil, não é mesmo? É difícil! Pensas que nós não o sabemos?! Não sabes que a outra parte de você sabe disso? Você não está sozinho! E isso é apenas um aspecto! Oh, há mais!

E sobre o Eu Superior? O que é isso? Esta não é a outra parte de você. Está é a parte difícil, meu parceiro (FALANDO ao seu canalizador, Lee CAROL); então vá devagar! O Eu Superior é o núcleo de você, que está aqui em cada vez, não importando quem seja. Você pensa que tem vidas passadas. Deixe-me te dizer algo: não se trata de algo distante, que nunca descobres. O teu Eu Superior sempre esteve lá para cada uma delas. Isto significa que este teu ser espiritual nuclear sabe tudo sobre você e quem tem sido. Isto começa a modificar a pintura um pouco, não é mesmo? Porque aquelas energias a quem chama de "vidas passadas" estão vivas, presentes e disponíveis para o teu Eu Superior. O teu Eu Superior é você mesmo; não o dividido de você, a parte divina e nuclear de você. Um Eu Superior, representando muitos.. muitos tempos de vida. Veja o quanto poderoso você é., o quão sábio tu deves ser após ter estado aqui tantas vezes e tendo um único Eu Superior responsável por tantos tempos de vida. Tudo o que aprendeste está lá. Todas as cosias espirituais que você tem feito estão lá. Como não ter aquela conexão? Está disponível.

Oh, há duas conexões! Está bem, vamos complicar ainda mais. E a grade cristalina? Está é uma conexão, é a conexão com Gaia. É uma conexão que precisas ter. É a conexão sobre a qual nós falamos, que vocês devem se conectar a ela. Oh, há uma terceira. E o ser humano agora começa perguntar questões esotérico-intelectuais: "Bem, qual é a primeira? E então o quê? E por quanto tempo? E o quão frequentemente? E qual duração? "Tu o fazes, tu sabes que o fazes. E a resposta é sempre "sim"{a audiência australiana rí bem alto, respondendo ao humor de Kryon].

Aquelas são questões bobas., porque não há um "quanto" nem há "primeiro", nem "segundo", nem " terceiro". Estão num círculo. Todas sempre existem juntas na sopa de energia que é você. E você pode dizer"com tanta complexidade, o que eu devo fazer?" Eu vou te dizer. Você confia no Espírito e no Sistema para ir até lá e selecionar o que precisas quando precisas. O que achas disso? Tu não entregas nada a nada nem a ninguém. Tu estás a usar a tua intuição e te tornando interdimensional e deixando os instrumentos trabalharem para ti, sem que precises te perguntar como. Oh, são somente três. Há outros, naturalmente. E o Akashico mesmo? "O que queres dizer, Kryon?" Há uma energia não somente contigo, mas também no que é chamado de "caverna da criação", o registro akashico que se manifesta através de uma energia kármica com vários outros seres humanos. E tens que estar em contato com ela. Ela te ajuda a te guiar na tua vida, a permaneceres no caminho, e a sair do caminho.

Todas estas conexões, todas esta coisas para com as quais se conectarem."Kryon, a minha cabeça está a nadar agora. Eu tenho que estar em contato com tantas partes e pedaços que eu não sei o que devo fazer." Vamos dizer que você vai até lá fora. A reunião acabou e tu entras no teu automóvel. E lá há alguém que diz: "Desculpe-me. Você não pode dirigir esta máquina." E você diz: "Por que não." - Você não tem a menor idéia do que as partes estão a fazer. Aqui está o manual, é melhor começar a lê-lo." A transmissão automática é especialmente interessante."[a audiência australiana ri alto]. "Há duração, há fluídos mecânicos, há física". "Quanto tempo", "o quanto"? Quando? Onde está a primeira marcha? A segunda marcha? "E você iria rir, não iria? Você iria fechar a porta e iria simplesmente ir para o seu jantar – Kryon ri- usando milhares de pecas e partes. Você iria, não iria? É para onde você vai. Você está acostumado a isso. E isto é um fator de confiança, está situado em 3-D e funciona sempre. Se você pode aplicar aqueles tipos de conceitos para permanecer em contato e se conectar, vai ser mais fácil.

"Oh Kryon, você deve nos dar algum conselho. Deve haver alguma lista [a audiência ri]. Por favor, dê-me uma lista. Isso é o que 3-D faz com você, não é verdade? Eu vou lhe dar conceitos; não é uma lista, mas está num círculo. Apesar de que em 3 dimensões, no quadro de tempo no qual estás – apesar de que eu vos lhes ar 1, 2, 3, 4, 5, e 6 – não preste atenção à ordem que são dados; estão num círculo. Um círculo não tem princípio nem fim. Então por alguns momentos vamos sair de 3-D.Vamos falar sobre entrar em contato; não um lista, mas um círculo de conceitos que não tem começo nem fim. Não há nenhuma prioridade. Não há um que seja mais importante do que o outro. Eles existem juntos e podem ser usados todos numa só vez. Isto é o melhor que podemos fazer, por uma lista. E aqui estão eles:

• Número um: permita o conceito de fé. "Kryon, eu sou um crente. " Realmente? Realmente não! Tudo que o que aprendeste em toda a tua vida verdadeiramente te aparta da verdade. A pura fé é uma que diz: "eu estou pronto, gradualmente, para abrir a porta, para permitir que coisas jamais vistas sejam verdadeiras.

• Uma outra: no círculo, permita, permita emoções. Há aqueles que dizem: "emoções atrapalham o meu pensamento." Não o deixe. Sabes o que passa integralmente puro através do véu? Sabes qual é a energia interdimensional que passa pura pelo véu" Eu vou te dar algumas: Uma é amor, outra é alegria, outra é riso. Sabes que Deus ri? Sabes que anjos riem? Sabes que eles amam? Naturalmente o sabes. Então o sinta. E quando o amor de Deus vem e senta no teu colo neste dia, podes então chorar um pouco por ser tão bonito? Ou te afastas e dizes: 'não vou fazer isso, porque isso é emoção." Veja só! Emoção limpa a alma. Algumas vezes deves chorar, sentir alegria e amor para saber que és real e existes. Não é tristeza; é alegria. Tu choras no nascimento de tuas crianças,. Tu choras de alegria perante o processo da vida. Estás triste sobre isso? Há um lugar para isso. É um conceito.

• Permita o conceito da intuição. "Bem, eu o permito,. Kryon."Se tu realmente o permitisse, então por que quando algo acontece dizes: eu sabia que iria acontecer. Deveria ter escutado. {a audiência ri}. Não estás permitindo a intuição e sabes disso. Estás a combatê-la! Um pensamento te ocorre e dizes automaticamente"Bem, isso vem de mim. Oh, desconte-o." E se dissesse a ti mesmo: "isto vem de mim. Isso significa que vem de Deus. Eu vou prestar atenção a isso." Permita que energia intuitiva para te ajudar a te guiar. Isso faz parte da sopa. Isso é um conceito. Permita fé, permita intuição. Permita emoção. É um conceito num círculo; todas estas coisas para entrar em contato. Não precisas saber quantas partes, meu querido. Realmente não precisas saber.

• Aqui vem um conceito num círculo. Imagine a ti mesmo maior do que és. Eu quero dizer espiritualmente; não fisicamente. Não duvide. O fato de que conheces o merkaba. Alguns de vocês dizem o merkaba. Chame-o de que quiseres. A energia espiritual nuclear do ser humano é imensa. É imensa! Alcança realmente muitos metros! Realmente! Podes ser tão grande? Pode a tua luz ser tão grande. Podes imaginar a ti mesmo maior do que podes alcançar? Porque tú o és! Agora isso é difícil, porque isso exige pensamento interdimensional, fé e intuição; talvez até mesmo emoção. Pense em ti mesmo como um pedaço de Deus, influente no plano terrestre. É um conceito, não o é?

• Deixe-me te dar outro conceito. Visualize a ti mesmo sem problemas. Nenhum drama. Nenhum problema. Nenhum medo. Nenhuma fobia. Nenhum problema de saúde. Tudo está resolvido. Tudo é puro. E podes dizer: "Kryon, não é assim que as coisas são. Isso não é negação? Se eu estou tendo problemas, como posso me imaginar não tendo problemas."Oh, o quanto 3-D de ti! Tu realmente acreditas que vai ser sempre assim a tua vida toda, não é verdade? Num círculo, em que não há tempo, tudo está resolvido! Foi-se! Esta resolvido! Está curado! E aí estás. Podes ir até lá? Podes ter o conceito de problemas resolvidos? Se não o podes, então não podes ir muito longe, porque o medo e o drama vão se sentar lá e a conexão jamais irá acontecer. Realmente não! Não como eu a peço. Tu tens então uma pequena luz, mas não terás a coisa inteira.

Estamos quase terminados. Vou dar outro conceito para se por num círculo. É belo! Não é mais importante do que os outros, mas dever ser feito ao mesmo tempo. Aqui está: imagine você abrindo a porta do Lar. Imagine você realmente empurrando a porta. No outro lado daquela porta há uma mão que se estende até você. Se a mão pudesse falar, e falará, e fala, ela iria dizer "bem vindo, meu querido. Nós estávamos esperando por você por um longuíssimo tempo" (Kryon fala com a sua voz embargada).

Você está tentando se conectar a um Criador que quer ser conectado. Você sabia disso? Não se trata de uma via única. Não é! Nesta nova energia, meu queridíssimo ser humano, a divindade a qual tentas te conectar está tentar entrar em contato contigo. Você não está sozinho. Encontre o caminho.

Estes são os conceitos - os conceitos iniciais, nunca apresentados desta maneira antes, apesar de que tantos foram apresentados separadamente – para um grupo de trabalhadores da luz despertando e que vivem num país que está a despertar, andando sobre solo puro, que tem a energia de Gaia e nada mais. Nunca foi diferente. Você entende a significância deste lugar? Porque o que fazes aqui, afeta todo o mundo. Oh, vocês não são os únicos. Há tantos, em outros lugares, que têm a sua tarefa, que têm o seu despertar, mas eu sento em Austrália e eu quero te contar o quão pura a tua terra é. Eu quero explicar a tua conexão com Gaia. Eu quero explicar a purificação que está a ocorrer aqui e todas as coisas que não fazem muito sentido para você, mas que têm a ver com o amor de Deus. Há uma mudança acontecendo e por isso você veio. E por isso você veio {Kryon enfatiza isso]. Já pensou alguma vez nisso?

Que podes fazer acerca disso? Aqui sentas, nestes momentos, e sabes que a reunião terminará em momentos. Em três dimensões podes dizer: "agora é quando Kryon parte." O quanto 3-d de você. Não há nenhuma partida; não há nenhuma chegada numa dimensão que chamas o Lar; há somente ser, um lindo ser, uma existência fora do tempo.

"Oh Kryon, eu gostaria de entender o plano da terra." Eu gostaria de te dizer algo: quando não estás aqui, tu o sabes completamente! Tu vens com o compromisso de ter uma nuvem sobre o teu intelecto acerca de coisas espirituais, para que não possa ver as razões; e isso é parte da prova. Desperte! Toque a divindade que está dentro; encontre-a lá dentro e todas as coisas começam a se balancear e a fazer sentido, porque dentro de você há perfeição; um pedaço e uma parte que quer ser encontrado; um pedaço e uma parte que querem ter união, que concordou em existir, uma rede simétrica dentro de você., que quando ativada começa a balancear o núcleo mesmo do teu ser, quer te ajudar a alcançar a porta e tocar o Criador que és.

Isso é o que ensinamos. Alguns irão entender isso; outros não. Alguns irão amar fazer isso, mas eles não o podem, porque eles não entendem os conceitos que temos dado,porque não vão se permitir ter fé, nem intuição, e talvez até mesmo emoção. Esta é a razão porque te damos essas coisas, para que saibas como. Antes de eu partir, deixe-me te dizer algo: eu não estou partindo. Estou na porta de cada um de vocês, no meu próprio jeito; no meu próprio jeito { Kryon enfatiza isso]. Há uma presença divina que caminha com cada ser humano; caso escolhesse vê-la, senti-la, imaginá-la, conhecê-la ! Nós fingimos que aparecemos aqui, que canalizamos e que partimos. Não é assim! Isso é somente em 3-D. Isso é somente para você. Eu já estava no prédio antes de chegares aqui. Eu esperava a tua face aqui. Eu sabia que virias, que tomastes providências, eu sabia que viria, então a comitiva sabia que virias, então podemos sentar ao teu lado e lavar os teus pés, segurar a tua mão, tocar a tua cabeça, os teus ombros e os teus joelhos, Nós fazemos os nossos melhor para te alertar que isto é real. Não é algo que esotericamente imaginado somente para alguns indivíduos que quer alimentar as suas cabeças com espiritualidade, sabes? Sabes? Há muito mais! Muito mais do que isso!

E assim é!
Kryon.
Tradução: Marcus V. Pinheiro de Castro

Para ouvir esta canalização em Inglês Clique Aqui


Fonte em Inglês: http://www.kryon.com/

----

22.2.09

A MORTE E O ALÉM - Jeshua canalizada por Pamela Kribbe

A MORTE E O ALÉM

Uma mensagem de Jeshua canalizada por Pamela Kribbe em janeiro de 2009
Fonte: http://www.jeshua.net/


Queridos amigos, amados anjos de Luz, eu saúdo todos vocês.

E é do coração da energia Crística que eu, Jeshua, estendo minha mão e dirijo minha saudação a cada um de vocês.

Amado anjo, saiba que você é querido. Saiba que é amado incondicionalmente, mesmo agora que você mora num corpo de carne e osso, um corpo mortal. Mesmo enquanto vive dentro dos limites desse lar temporário, você ainda é incondicionalmente uma parte de Deus, o Lar pelo qual tanto anseia. Na verdade, você nunca deixou o Lar, entretanto você não reconhece a chama eterna que permanece acesa para sempre no seu ser. Entre em contato com essa luz neste momento e ame a si mesmo, saiba quem você é. Uma luz tão bonita e pura arde no seu interior. Como você pode duvidar disto?

Hoje vamos falar sobre morrer. Existe muito medo em relação à morte. Medo de aniquilação, medo de esquecimento, medo de ser engolido pelo imenso buraco negro associado à morte. Como acontece com freqüência na dimensão terrena, o ser humano tende a virar as coisas de pernas para o ar e apresentá-las do modo exatamente oposto ao que são realmente. Na verdade, a morte é liberação, é a volta ao lar, a lembrança de quem você realmente é.

Quando a morte chega, você volta sem esforço ao seu estado natural de ser. Sua consciência funde-se com a chama de luz que é a sua verdadeira identidade. As cargas terrenas são retiradas dos seus ombros. A vida dentro de um corpo físico lhe impõe limitações. É verdade que você escolheu mergulhar neste estado de limitação devido à possibilidade de experiência que ele tinha a lhe oferecer. Apesar disso, a retomada do seu estado angélico natural é uma sensação de bem-aventurança! O anjo que vive em você adora voar e ser livre para investigar livremente os inúmeros mundos que constituem o universo. Há tantas coisas para se explorar e experienciar! Ao nascer num corpo terreno, você perde parcialmente o contato com essa liberdade angélica e com a sensação de não ter limites.

Por favor, junte-se a mim agora, enquanto voltamos ao instante imediatamente anterior ao seu mergulho na sua encarnação atual. Em um nível interno, você se permitiu iniciar esta vida terrena. Foi uma escolha consciente. Talvez tenha se esquecido disto e de vez em quando fique em dúvida se realmente quer estar aqui. Entretanto houve um momento em que você disse "sim". Esta foi uma escolha corajosa. É um ato de grande bravura trocar temporariamente a sua liberdade angélica e seu sentido de não-limitação pela aventura de se tornar um ser humano, de se tornar mortal. Essa aventura guarda uma promessa que faz com que tudo isso valha a pena. Sinta o "sim" que naquele momento se elevou da sua alma. Lembre-se também de ter sido atraído para a Terra. Sinta como se conectou com a realidade da Terra e sinta o momento em que entrou no embrião que estava dentro do útero da sua mãe. Você pode notar que há um certo peso envolvendo o planeta Terra, algo meio cinzento ou denso.

Existe muito sofrimento na Terra. Dor, perda, medo e pensamentos negativos fazem parte da atmosfera coletiva da Terra. E foi isto que você, como alma recém-encarnada, atravessou. A sua luz encontrou o caminho através da escuridão e, ao fazer isto, um inevitável véu de ignorância caiu sobre a sua consciência angélica original. Sinta a tristeza deste acontecimento e, por trás dela, a sua coragem e bravura. Você estava determinado: "Vou fazer isto! Mais uma vez, vou enraizar-me na realidade da Terra para encontrar a minha própria luz, para reconhecê-la, para redescobri-la e para transmiti-la para este mundo, que está precisando tanto dela."


Sim, foi um salto para dentro da ignorância. Esquecer-se temporariamente de quem você é, não se lembrar do seu estado livre de ser, fazem parte de ser um humano. Você se esquece que está seguro e livre independentemente de onde esteja. Ao se tornar um ser humano, você começa a se preparar para recuperar aquela sensação natural de liberdade e segurança. Na sua busca, você pode ser enlaçado por poderes que parecem lhe oferecer o que está procurando, mas que na verdade estão tornando-o dependente de algo fora de você. Pode curvar-se a julgamentos vindos de fora de si mesmo, que lhe dizem como deve se comportar para ser amado. Estas falsas imagens do Lar, estes substitutos, tendem a entristecê-lo e deprimi-lo. Realmente a descida do Céu para a Terra foi uma viagem dura! Entretanto a morte transporta-o de volta ao plano do amor eterno e da segurança. É na morte que você se entrega a quem você sempre foi. Quando se morre conscientemente, quando se aceita a morte e se entrega a ela, a morte se torna um acontecimento feliz.

O que acontece quando você morre? Antes de morrer, você passa por um estágio de partir e se desapegar. É uma fase em que você diz adeus à vida terrena e aos seus entes queridos. Isto pode ser difícil, mas, ao mesmo tempo, lhe oferece a possibilidade de refletir profundamente sobre quem você é, e o que aprendeu e realizou na Terra durante a sua encarnação. Na dor que você pode sentir ao deixar seus entes queridos, torna-se muito mais claro o que o conecta a eles. É um laço de amor que é imortal. Essa ligação é tão poderosa que passa sem esforço pela fronteira da morte. O amor é uma fonte inexaurível, eternamente dando origem a nova vida. Pois uma coisa é certa: quando você parte em amor, vocês se encontram outra vez. Vocês vão encontrar um ao outro de novo, sem esforço, porque o caminho mais curto para o outro é sempre o caminho do coração.

Se você tem entes queridos que já se foram, pode estar certo que eles estão perto de você, no nível do coração. Sinta a presença deles, pois estão aqui entre nós, saudando-o. Eles se sentem privilegiados e livres. Estão livres da dúvida que atormenta tantas pessoas na Terra, e anseiam por compartilhar com você o amor e a bondade que estão à sua disposição o tempo todo.

Aqueles que ficam para trás geralmente associam a fase anterior à morte dos seus entes queridos com sentimentos de tristeza e perda. É natural chorar a partida de um ser amado; é natural sentir sua falta e desejar sua presença física. Entretanto, nós o encorajamos a tentar sentir que, com a partida deles, abre-se um portal para uma nova dimensão, uma dimensão onde a comunicação é de natureza tão pura, clara e direta, que se eleva acima dos métodos de comunicação usados comumente na Terra. Você pode ter uma comunicação direta com seu ser amado depois da morte, de coração para coração. Deste modo, os mal-entendidos que costumavam separar vocês podem ser facilmente esclarecidos, já que vocês passam a se comunicar honesta e abertamente um com o outro. Sua mensagem será sempre recebida.

Quando você mesmo tiver morrido, verá as pessoas que estão vivendo na Terra de uma perspectiva diferente. Será mais tolerante e doce, e perceberá que tem um sentido mais ampliado de sabedoria. Você não ficará totalmente equilibrado de uma hora para outra, porque existem emoções e sentimentos que você leva consigo e que precisam ser trabalhados. Você não será perfeito nem onisciente logo que deixar a vida física. E isto realmente não é tão ruim, pois existe muita coisa a ser experienciada e descoberta deste lado! Entretanto, na maioria dos seres humanos há uma nova perspectiva. A dimensão da eternidade é tangível e isto suaviza respeitosamente a sua visão do que o ocupava e ocupava as pessoas diretamente ao seu redor, durante a sua estadia na Terra.

Agora, o que acontece com VOCÊ, ao atravessar as fronteiras da morte?

Depois de passar pelo estágio de lamentação, o estágio de despedida, você começa a sentir a morte chegando mais perto. O foco da sua consciência muda. Tendo liberado o mundo exterior, as pessoas e o seu corpo, sua consciência se volta para o seu interior, cada vez mais profundamente. Sua percepção do mundo externo diminui e isto lhe permite preparar-se para a jornada interior na qual está prestes a embarcar. Se aceitar conscientemente a morte, experienciará um "estar pronto", uma prontidão para realmente se desapegar. Para os seus entes queridos, este é o momento de deixá-lo partir, pois você precisa de todas as suas forças para voltar-se para dentro de si mesmo e se preparar.

Morrer não precisa ser um processo doloroso. O que realmente acontece é de natureza grandiosa e sublime! Morrer é um acontecimento sagrado, no qual a alma se conecta consigo mesma, de uma forma muito íntima. Durante a fase final, a pessoa que está morrendo sente a dimensão terrena – o corpo, os sentidos, as cores e outras sensações físicas – de uma forma neutra. Uma outra dimensão está entrando na sua consciência, com um brilho tão promissor e convidativo, que não é mais tão difícil se entregar e deixar todas as coisas terrenas para trás. Nem mesmo a presença dos seus entes queridos vai impedi-lo de ir embora. A energia do Lar – Deus, Céu, ou como quer que queira chamá-lo – é tão irresistivelmente bondosa, confortadora e segura, que fica fácil deixar ir e devolver seu corpo cansado e desgastado para a Terra.

Uma vez que libere tudo em paz, sua alma se elevará do seu corpo de forma suave e fluida. Você será amparado pelas forças universais de sabedoria e amor. Se morrer sem resistência, o ambiente ao seu redor será preenchido por uma energia calorosa e amorosa. Você experimentará uma sensação indefinível de alívio. Neste ponto, você está livre, e tudo se esclarece. Você se lembra da onipresença do Amor, não como um conceito abstrato, mas como uma realidade palpável. Enquanto estava na Terra, você chamava esse tipo de amor de "Deus", e mantinha uma imagem humana, distorcida, do que Deus "queria de você". Estava convencido de que existiam algumas exigências desse Deus, exigências que você geralmente não cumpria. Mas aqui nesta dimensão, você se lembra qual é a verdadeira vontade de Deus: incorporar-se em você, inspirá-lo, experienciar a criação através de você e finalmente reconhecer-Se na sua face. Deus queria tornar-se humano através de você. O objetivo da evolução do universo é VOCÊ: Deus feito homem!

Deus é a fonte da criação, e você é a Sua realização. Você, que deu forma à luz de Deus, nunca é julgado por ser um humano. Pelo contrário, você é honrado. A idéia de um Deus vingativo é mais uma distorção, o reverso da verdade alimentado pelo medo. Deus Se reconhece em você, independente do que você faz ou deixa de fazer. Quando volta a este lado, você se conscientiza disto outra vez, e uma carga imensa de autojulgamento e sentimentos de inferioridade escorregam dos seus ombros. Você sente a alegria original de viver de novo, seguro nas mãos de Deus.

Logo depois da sua chegada aqui, você começará a perceber seres de luz ao seu redor. Haverá guias para ajudá-lo e pessoas que você conheceu e que fizeram a passagem antes de você. Algumas vezes você se surpreenderá com aqueles que encontrará aqui: pessoas que você encontrou apenas rapidamente, mas que tocaram seu coração profundamente, poderão estar ao lado de seus amigos de longa data e parentes seus. Todos aqueles com quem você teve uma conexão baseada no amor virão cumprimentá-lo em algum momento. Mais uma vez, ficará muito claro para você que dizer adeus não passa de uma ilusão, que a conexão pelo coração é eterna. Experienciará uma sensação de gratidão e respeito, ao entrar neste plano de amor incondicional e sabedoria.

Depois que chegar neste lado, haverá uma fase de adaptação, para que se acostume com seu novo ambiente e lentamente libere a sua ligação com a vida terrena. Precisará se ambientar. Haverá guias para ampará-lo, que são especializados nisso. Você ainda terá um corpo, mas ele será mais fluido do que o corpo físico com o qual estava acostumado. É bem provável que tenha a aparência do seu corpo físico mais recente. Embora haja liberdade para assumir qualquer aparência que se desejar, a maioria das pessoas gosta de dar uma certa continuidade por algum tempo. Você também fica livre para criar suas próprias condições de moradia, como por exemplo, uma bela casa com um lindo jardim, num ambiente natural do qual você gostava enquanto estava na Terra. Está tudo bem, se quiser viver suas fantasias terrenas neste plano, que eu chamo de plano astral. Esta é uma dimensão do reino do ser, que permite muita liberdade criativa, embora ainda lembre e esteja intimamente ligada à dimensão da Terra física.

Algumas pessoas tiveram dificuldade para aceitar a morte na Terra, e sua transição para este lado pode ter sido menos pacífica. Geralmente elas precisam de mais tempo para se adaptar às novas circunstâncias de sua vida. Às vezes demora um pouco até que percebam realmente que morreram. Alguns estiveram doentes durante muito tempo e acham difícil se libertar da idéia de estar doente. Não conseguem acreditar completamente que estão saudáveis de novo, e muitas vezes é preciso o amparo paciente e gentil de um guia espiritual para ajudá-los a liberar seus velhos corpos. O corpo antigo pode se prender à alma, simplesmente como uma idéia, uma forma-pensamento. E o mesmo se dá com os hábitos emocionais e padrões de comportamento. Eles podem se repetir no plano astral, até que a alma descubra sua liberdade, seu poder para se libertar e se abrir para algo novo.

Outra possibilidade é que a alma fique presa ao plano da Terra, principalmente aos entes queridos, por ter morrido repentinamente e muito jovem. Isto pode acontecer no caso de acidentes, desastres, ou quando a pessoa estava na flor da juventude. Estas são situações em que a alma não se sentia pronta nem preparada para a partida. A morte, nesses casos, é mais ou menos traumática. Há um apoio amoroso neste lado para essas almas traumatizadas, como sempre há. Mais cedo ou mais tarde a alma chegará a um estado de aceitação e entendimento da situação. Sempre existe um motivo viável para o que parece ser uma partida prematura do plano da Terra. Morrer nunca é uma coincidência.

À medida que a sua estadia do outro lado se estende, seu espírito se expande para níveis de consciência mais amplos e profundos. Você se desapega cada vez mais dos modos de pensar e sentir com os quais estava acostumado na Terra. Basicamente, você volta gradualmente à essência de quem é, à sua alma, à centelha divina interior. Quanto mais você entra – ou volta – a esse estado de consciência, mais se desliga da sua personalidade terrena e da dimensão da Terra. Passa a sentir um fluxo de ser que se estende para além desse aspecto seu. Conscientiza-se do espaço sem fronteiras que é a sua alma e as inúmeras experiências que você juntou na sua jornada através do universo.

A partir desse estágio, quando as pessoas da Terra se conectam com você, elas sentem uma pessoa que adquiriu sabedoria e amor espiritual. Na verdade, ao seu aproximar mais do âmago da sua alma, você deixa o plano astral e entra naquilo que chamo de plano essencial, o reino da Essência. A maioria das pessoas permanece um bom tempo no plano astral, depois de morrer. Elas fazem uma revisão de suas vidas na Terra e refletem sobre todas as experiências pelas quais passaram. No planto astral, você pode experienciar tanto alegria quanto depressão, tanto as emoções positivas quanto as negativas. O ambiente ao seu redor espelha sua realidade psicológica interna. As emoções que você tem que trabalhar tomam a forma de cores, paisagens e encontros. Você visita os reinos astrais com freqüência nos seus sonhos, por isto já está familiarizado com este campo de percepção. Quando seus livros esotéricos falam de muitas camadas ou esferas na vida após a morte, que se estendem da escuridão até a luz, estão se referindo ao plano astral.

No plano astral, você tem a oportunidade de trabalhar a bagagem emocional que você trouxe da sua vida mais recente na Terra. Para isto, recebe ajuda de vários guias amorosos. Num certo ponto, você libera todos os seus laços terrenos e toda sua dor emocional, e então fica pronto para se mover para além de todo plano astral. É aí que você passa para o plano da essência. Quando isto acontece, é como uma segunda morte. Você deixa para trás tudo o que não lhe pertence verdadeiramente, e se dá permissão para fundir-se com o seu Eu maior, sua Essência Divina. No momento em que passa para o plano essencial, você se conscientiza do poder imenso que o move. Você experiencia sua unidade com Deus.

O plano da essência, o plano do Eu eterno, é a sede da consciência divina, da qual toda a criação se origina. Peço-lhe que tome um instante para se conectar com esse plano, aqui e agora. Ele não está lá longe. Ele permeia tudo, tanto o plano astral quanto o plano terreno; ele permeia todo o cosmos. A presença que você sente aqui é a presença de Deus, pura e imaculada. Ela pode ser percebida como um silêncio profundo, completamente pacífico e, ao mesmo tempo, pleno de vida e criatividade. Desta fonte origina-se toda a criação e para esta fonte ela deverá voltar.

Quando alcança o plano essencial depois da morte, você é capaz de fazer escolhas conscientes em relação ao seu objetivo futuro. Neste plano você pode programar, com a ajuda de professores e guias, uma outra encarnação na Terra, ou planejar uma jornada diferente, dependendo das suas metas. No plano essencial, você pode ouvir claramente a voz da sua alma. Foi neste plano que você disse "sim" para a vida na qual se encontra agora.

Tome um instante para se lembrar de como era estar nesse plano. Quanto mais você se conscientizar desta dimensão durante sua vida na Terra, mais fácil e tranqüila será a sua morte e mais fácil será mover-se do plano astral para o plano essencial depois.

A morte não é nada mais que uma transição, uma das muitas transições pelas quais você passa na vida. A vida na Terra conhece tantos momentos de transição, de passar por algo e deixar ir. Pense nisto. Houve um tempo em que o corpo no qual você vive hoje era muito pequeno, um bebezinho vulnerável. Entretanto sua alma, a Essência Divina no seu interior, já estava trabalhando através dele naquele tempo. Ao chegar à maturidade, você foi engolido pelas exigências da vida terrena e se confrontou com medos e dúvidas. A percepção da sua Essência Divina, da sua alma, foi empurrada para os fundos. Entretanto, houve momentos na sua vida em que a dimensão da consciência divina se abriu novamente. Isto aconteceu geralmente em momentos nos quais você teve que deixar ir, quando você teve que dizer adeus.

Talvez tenha tido que se despedir de um ser amado, talvez tenha tido que abandonar um emprego, ou alguma outra situação semelhante. Tais acontecimentos são transições que se assemelham à morte, não no sentido literal, mas em um nível psicológico. Nessas ocasiões lhe foi pedida uma liberação em um nível profundo, e é justamente nesses momentos de deixar ir que você pode começar a sentir a realidade do seu Eu eterno, a luz divina que brilha no seu interior. Esta realidade permanece consigo incondicionalmente, mesmo quando tudo ao seu redor desaba. E assim acontece também, quando se trata da morte física. Se nesse momento você tem a coragem suficiente para se desapegar, o plano da eternidade o acolhe e você experiencia uma percepção muito forte de quem realmente é.

Morrer em entrega consciente é um acontecimento sagrado, pleno de vida e beleza. A grandiosidade do que está se desenrolando torna-se tangível para todos os presentes. Quanto mais as pessoas presentes tiverem vivenciado "a morte em vida", mais serão tomadas de admiração e reverência pela transição que estão testemunhando.

Em todas as transições disponíveis na criação, desde nascimento físico e morte até momentos de intenso desligamento emocional na sua vida, a questão mais importante não é se você vai sobreviver, mas se vai conseguir manter a conexão com a sua Essência Divina. Você consegue ficar em contato com o plano da Essência, com suas origens, com o pulsar da Criação? Conectar-se freqüentemente com o plano essencial durante sua vida é a melhor forma de se preparar para a morte e para o que vem depois. Ao se conscientizar agora – antes da morte física – que a Essência de quem você é não depende do seu corpo físico atual, nem da identidade que você assume neste mundo, você se torna livre para fazer a transição suavemente, quando o momento chegar.

Conectar-se com o plano essencial é uma escolha que você faz. A morte por si só não vai levá-lo mais próximo dele. Depois de morrer, você será praticamente a mesma pessoa que é agora, apesar de que lhe serão oferecidas possibilidades diferentes e uma perspectiva mais ampla. Entretanto a pergunta crucial continua sendo a mesma: você se lembra quem você é? Consegue se conectar conscientemente com a dimensão da atemporalidade que flui através de você e que o inspira verdadeiramente?

Você é imperecível, querido e amado anjo de Luz. Tenha fé nisto! Permita-se ser confortado e amparado por este conhecimento quando a hora da sua morte chegar; e agora também, enquanto luta com as questões da sua vida.

Para morrer em paz é preciso que se desapegue, no nível interno, de tudo que o prende à existência terrena. Pratique constantemente o desapego enquanto vive, e você estará preparado para morrer.

Você poderá perguntar: "Não é trágico se desapegar da vida, enquanto se está bem no meio dela?" A resposta é: "Não, pelo contrário – isso é a prova de um espírito verdadeiramente poderoso."

O que significa desapegar-se? Significa prestar atenção na essência, não se deixar pegar por questões não essenciais. Significa não criar dramas desnecessários; significa experienciar alegria nas coisas simples da vida. Praticar o desapego e ficar sintonizado com o plano da essência implica em estar consciente de uma dimensão oculta, que se encontra diretamente sob e por trás de tudo o que é observável. Significa renunciar ao julgamento apressado em termos de bom e ruim, e confiar na Inteligência Cósmica, que ultrapassa de longe a mente humana.

Muitas pessoas caem na armadilha da febre do pensamento. Encaram a vida febrilmente – como resolver os problemas, como conseguir todas as coisas que elas pensam que precisam fazer. Estão excessivamente concentradas em organizar a vida através da vontade e da mente. Desapegar-se significa não levar tão a sério este seu aspecto pensador. Isto é uma coisa trágica de se fazer? Não. Em vez disso, traz luz e leveza à sua vida.

A sua necessidade excessiva de controle é que faz com que a vida se torne um esforço, pesada e cansativa. O desapego traz paz à mente, humor e atenção. A consciência de que a vida é finita inspira o desejo natural de cultivá-la e cuidar dela. E é aí que a sua Essência Divina pode fluir sem esforço através de você, do plano essencial para a sua realidade terrena. Uma vez que isto aconteça, você terá vencido a morte antes de ter morrido.

© 2009 Pamela Kribbe, http://www.jeshua.net/


Esta mensagem foi traduzida do holandês para o inglês por Joep Boink e traduzida do inglês para o português por Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Revisão de Luiz Corrêa.

Fonte em português: www.jeshua.net/por
-