Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

16.9.10

Jesus Por Alexandra Solnado

ASAS

Alça asas, para poderes voar. Cuida das tuas asas com carinho, rigor e determinação. Com carinho, para que elas possam crescer livres, sem comprometimentos pueris. Com rigor, para que o céu se apresente a ti, sempre, como um grande e respeitoso criador de estrelas. E determinação, para que nunca desistas, mesmo quando as tuas asas estiverem longe de voar, longe dos céus, longe da luz.

«Como devo cuidar das minhas asas?», perguntas tu. É simples, meu amigo. Simples como tudo aqui de cima. Eleva-te. Eleva a tua vibração. Cuida para que todos os teus pensamentos, todas as tuas acções, todas as tuas preocupações espelhem sempre e em qualquer ocasião o mais alto padrão energético que tu possas conceber.

Cuida para que o ego, o julgamento, a culpa e a resistência estejam sempre a anos-luz da tua energia. Cuida para que os teus sonhos sejam acarinhados por ti, mesmo quando não os consigas realizar. Um sonho não realizado permanece um sonho. Ou pode transformar-se numa frustração. A escolha é tua.

E, principalmente, cuida para que, quando vieres cá acima, consigas alçar as tuas asas o mais alto e o mais largo que a tua energia consiga alcançar. E sobrevoa os céus, com a força da minha protecção. E quando voltares à terra, quando voltares à tua vidinha quotidiana, vais sentir no teu corpo estas paragens, e se fechares os olhos e respirares, ainda poderás sentir nas tuas costas o movimento dos pássaros.

E ninguém vai saber o que aconteceu. E ninguém vai saber que sabes voar, e que tens umas asas enormes. E ninguém vai perceber o quanto és feliz. É um segredo. Teu e meu. Teu, meu e do Universo inteiro. E quando alguém te tentar cortar as asas, vais também saber que há concessões que nunca, jamais se fazem. E esta é uma delas.

O LIVRO DA LUZ – Pergunte, O Céu Responde,
de Alexandra Solnado
http://www.alexandrasolnado.com/

Sem comentários:

Enviar um comentário