Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

1.4.11

RECORDANDO: A FÁBRICA DO APOCALIPSE - Uma mensagem de Lee Carroll

A FÁBRICA DO APOCALIPSE

Uma mensagem de Lee Carroll 
 http://www.kryon.com/


Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009


Será daqui a quatro anos, mas a mídia já está alardeando e deixando todos amedrontados (se é que ainda não notaram). O assunto em voga é o ano de 2012. Ele é tão instigante que é impossível deixá-lo de lado ou para mais perto de quando for acontecer. Afinal existem Viagras, sopas e carros para serem vendidos, e na nossa economia os varejistas se utilizam de tudo para isso.
Nas palestras de alguns meses atrás, eu disse à platéia para se manterem firmes frente à possível enxurrada de filmes e documentários nos cinemas e na TV sobre o 2012, dos quais a maioria seria sensacionalmente baseada no medo. Bem, isso já está acontecendo.
O canal a cabo The History Chanel lançou a “Semana Armageddon”, uma semana cheia de filmes novos, refinados documentários em HD exibindo profetas do fim dos tempos e o que eles têm a dizer sobre o 2012, um ano em que supostamente ocorrerá a destruição do planeta.
Em minha vida pregressa, passei quase 30 anos veiculando anúncios em radio e TV. Produzi cerca de 4 mil jingles para anúncios de radio, várias trilhas sonoras para documentários e alguns filmes – tudo isso antes de Kryon, é claro. Eu sei bem como isso funciona e gostaria de compartilhar com vocês coisas que não são tão óbvias assim.
Existe um grande alinhamento a caminho. Ele se chama de alinhamento Galáctico, e é o fim de ciclo astronômico* de aproximadamente 26 mil anos. De fato, embora astronômico a energia ao seu redor é astrológica. A Astrologia é a ciência mais antiga do planeta. Nostradamus era um astrólogo por natureza, e também um alquimista (prático da medicina), ou um farmacêutico “misterioso” do seu tempo (Ele foi expulso da escola de medicina).
Ao ler o Nostradamus original, verão que ele não foi muito respeitado como profeta ou astrólogo, pelo menos enquanto viveu. Ele praticava astrologia por acaso, e a amiúde fazia a carta de seus clientes totalmente errada. Ele se casou com uma viúva rica, teve vários filhos e a liberdade para escrever vários livros sobre seus “quartetos”. Sua relação com a igreja era boa (era um Católico devoto) e teve até a permissão do bispo para publicar alguns de seus trabalhos. Tinha pavor dos fanáticos religiosos e camuflava seus escritos usando a sintaxe “virgiliana” (sintaxe do poeta romano Publius Vergilius Maro), jogos de palavras e uma mistura de línguas como o Grego, o Italiano, o Latim e o Provençal (uma língua românica falada no Sul da França) no intuito de esconder o real significado.** Isso fez com que seus quartetos fossem muito obscuros e difíceis de decifrar permitindo que qualquer pessoa os interpretasse de acordo com o próprio entendimento, o que ocorreu muitas e muitas vezes.
Hoje em dia, porém, ele está no centro desse apocalipse. Para nossa sorte, o livro de referência é bem pequeno, mas ele é o cara da nossa era assim como o precursor de “tudo de ruim que vai nos acontecer”.
Aqui vai meu ponto de vista sobre isso: O alinhamento Galáctico está chegando, como previsto por nossos ancestrais. Muito antes de Nostradamus, alguns povos antigos escreveram sobre ele. Os egípcios sabiam, pois chegaram alinhar as pirâmides com as estrelas. Outros que também estavam a par eram os povos Hopi, Asteca, Toltecs, Druidas e os Incas. Os Maias desenvolveram um calendário, sem a ajuda de Nostradamus, que finda em 21 de Dezembro de 2012 (um pouco antes de 2013). Assim o alinhamento Galáctico é verdadeiro e a maioria dos povos que escreveram sobre ele premeditou uma grande mudança. Aliás, uma “grande mudança” que está traduzida agora como “o grande fim”.
Estive no lugar onde os Maias trabalharam. Visitei Xochicalco no México em 2007, a 38 km sudoeste de Cuernavaca. Foi lá que conheci Jorge Baez, um estudioso que praticamente reproduziu grande parte do que os Maias estudaram em seus observatórios nesses sítios arqueológicos. Na parede de uma pequena pirâmide, os Maias deixaram glifos sobre suas descobertas que previam a grande mudança e os ciclos de energia. Em nenhum lugar está indicado que a terra vai acabar. Invés disso está glifado o retorno das mais altas vibrações e uma expansão que a terra nunca viu. Isso aconteceria em conjunto com o alinhamento Galáctico em Dezembro de 2012 (segundo seus cálculos). Eu estive lá e tive acesso aos glifos traduzidos. Isso é o que está escrito.
Jorge Baez escreveu um dos primeiros livros sobre o 2012: A Energia Vital do Movimento - O Segredo de 2012 (apenas em espanhol no momento). Suas conclusões são as mesmas que a dos Maias – há uma mudança chegando, que representa a mudança lenta da consciência humana. As demais mudanças previstas por esse povo (de acordo com o livro de Jorge) mostram alguns ciclos que foram identificados como a Era das Trevas e o Renascimento ocorridos no passado. Esse é o assunto do livro. Jorge também leu para mim alguns glifos e algumas previsões sobre a expansão de Gaia, e não sobre seu fim. Minha opinião é que essa mudança já começou.
O calendário Maia termina em 2012 e algumas pessoas alardeiam sobre isso. E se esse fim não fosse intencional? Para informação, os Maias fizeram outras pequenas profecias sobre datas que vão além de 2012 (datas escritas no estilo de seu calendário). Há dúvidas de que eles tenham terminado o calendário ou então não teriam ido além de 2012. Os motivos da interrupção são desconhecidos até hoje, mas aconteceu rápido. Talvez seja uma obra inacabada, ou talvez o que quer que tenha destruído essa civilização também interrompeu o calendário. O que quer que seja é fácil atribuir ao fim do mundo a interrupção do calendário bem no alinhamento Galáctico. Entretanto, acredito que não seja o fim dos tempos e sim o começo de uma nova consciência para o planeta... informação Maia.
Outra informação que não é dada é que o alinhamento de 2012 não se dá exatamente a 5.5 graus. Recentemente, os cálculos foram refeitos por computadores e telescópios modernos e (estão sentados?), ele já aconteceu! Essa discrepância é devida a um erro nos cálculos Maias, pois eles acreditavam que esse alinhamento acontecia a cada 25.627 anos. E na verdade ele se dá a cada 25.800 anos – nada mal para quem não tinha telescópios não é? Significa dizer que o ano de 2012 não é verdadeiramente um ano do alinhamento completo. O alinhamento correto do ponto de solstício (o centro exato do corpo solar visto da terra) com o equador galáctico foi calculado para acontecer em 1998 (Mathematical Astronomy Morsels de Jean Meeus, 1997). O que significativo ocorreu na época? Eu diria.... a queda da União Soviética.
Teremos uma mudança? Sim! Já a estamos vivendo. Extinção? Não, de acordo com as previsões Maias. Com efeito, as demais civilizações que construíram Xochicalco, os Toltecs e os Astecas, também fizeram observações e também sabiam sobre as conjunções estelares. Eles contribuíram para o que foi conclusivamente atribuída aos Maias – uma mensagem edificante e sublime a respeito de 2012.
Bem, vocês não viram essa mensagem no History ou no Discovery Chanel, não é? As boas notícias não impulsionam as vendas. Que pena!
Gostaria de alertá-los sobre alguns métodos usados por escritores nesses documentários. Existe sempre uma música de suspense e terror ao fundo e a maioria das imagens é de tempestade, fome, coisas da Grande Depressão e outras catástrofes. Esse é só o começo; eles são muito seletivos sobre o que comunicar e o que não comunicar.
No especial sobre Nostradamus exibido no History Chanel, meus amigos Gregg Braden e John Petersen (do Instituto Arlington) foram entrevistados. De acordo com John, algumas coisas que ele disse não foram apresentadas – apenas cortadas. Ambos são cientistas/historiadores sérios e falaram sobre a proximidade de uma mudança, pautados na boa ciência. Nenhum deles afirmou que haveria um fim do mundo. Exibi-los na tela serviu para credenciar todo o documentário, e é assim que a coisa funciona.
Em 1999, esses mesmos canais televisivos exibiram Nostradamus veiculando previsões assustadoras sobre o próximo milênio. Na época havia a Bíblia em que se basear e partes de todo tipo de Revelações sobre o fim do mundo. Um dos quartetos de Nostradamus (3.2) prevê o seguinte: “Com o calor do sol sobre o oceano, os peixes ao redor de Negropont estarão meio cozidos”. Isso, claro, foi interpretado como um ataque nuclear.
Para aqueles que estiveram hibernando durante esses oito anos, saibam que nada aconteceu. Ao contrário, aconteceram coisas que não estavam previstas em nenhum quarteto – o fim do império Soviético, a queda do muro de Berlim e o começo do capitalismo na Rússia. Não houve nenhum Armageddon. Ontem à noite, não acreditei ao ver que eles estavam usando o mesmo quarteto do calor do sol sobre o oceano. Mas agora, referindo-se ao aquecimento global. Será que eles pensam que ninguém analisa?
Abaixo estão alguns itens que não são encontrados nos documentários, coisas que alteraram completamente a ordem de como tudo deveria estar:
1. Onde está o quarteto de Nostradamus sobre o fim da União Soviética?
(2) O quarteto sobre a queda do muro de Berlim?
(3) O quarteto sobre o 11 de Setembro? Não seria algo importante?
(4) E sobre a eleição de um afro-descendente à Casa Branca? Vocês não acham que isso sim seria muito significativo?
Todos esses acontecimentos impossíveis de imaginar não foram mencionados por Nostradamus ou pela Bíblia. E cada um deles afeta ou afetará todos nós por um bom tempo.
Os futuristas alegam que esses acontecimentos são os coringas do baralho. Algo que não deveria estar lá ou que se apareceram à revelia. A mais de 20 anos, Kryon nos disse que esses coringas formaram a Convergência Harmônica de 1987 - o momento em que começamos a mudar o modo de pensar e por conseqüência nossa consciência, alterando as profecias do lugar onde deveriam estar.
Um dos eventos que os documentários anunciam é a escassez que ocorrerá em 2012, falam até de canibalismo em grande escala. Alardeiam a terra tórrida, supostamente causada pelo aquecimento global. Gravam depoimentos de meteorologistas alegando que todo verão é mais quente que o anterior, aliás, com sempre foi. Ninguém pergunta sobre o inverno (ou se fizeram, apenas ignoraram)! Vocês sabiam que todo inverno é mais frio que o do ano anterior? Sabiam que os números apresentados de partes do Oceano Pacífico mostram que ele está mais frio que nunca? E não de forma sutil, ele está trazendo de volta uma grande parte da vida microbiana necessária a recuperação dos peixes.
Kryon falou muitas e muitas vezes que estamos prestes a entrar numa mini era do gelo. Isso também ocorreu por volta de 1400, mas não há muitos relatos a respeito. O registro de dados naquela época não era feito de forma consistente, e não havia como registrar informações globalmente como hoje. Apesar desse resfriamento, sobrevivemos. Kryon diz que aceleramos a vibração do planeta e que em conseqüência temos as mudanças climáticas. Faz parte do ciclo da água que existe e sempre existiu, não é algo inusitado ou precursor do fim do mundo. Em 1989, ele nos alertou claramente sobre uma mudança climática. Mas para a semana do Armageddon isso é uma surpresa, tudo é culpa do aquecimento global e do fim do planeta (de acordo com os documentários que estamos assistindo). Querem saber o que alguns cientistas russos têm a dizer? ***
Outra coisa que ninguém fala muito: E se os quartetos de Nostradamus estivessem certos, mas que de alguma forma conseguimos anular as profecias do ano 2000 (o que certamente fizemos). Se ainda não fosse, teríamos tido uma explosão nuclear segundo Nostradamus e também no que foi decifrado nas Revelações (de acordo com Hal Lindsey). Pense nisso. Onde então estaríamos em 2008? Muito provavelmente em maus lençóis! Depois de 7 ou 8 anos da grande catástrofe ainda estaríamos morrendo de radiação e de fome. Só de imaginar é pavoroso. Porém, e se?
Se as profecias estivessem certas, algumas das previsões teriam se realizado. Descreveram uma terra antiga atravessando uma guerra nuclear. Juntamente com a mudança climática e outros abalos terrestres, haveria escassez em grande escala... provavelmente uma guerra, e algo que poderia até varrer toda a humanidade da terra. Mas NÃO estamos nessa posição. O que mudou então? Nós mudamos, e obviamente as profecias de 2000 não se concretizaram. Este é um coringa do baralho.
Entendem o que estou tentando dizer? Os boatos de medo e do drama permeiam o grande circo do apocalipse. Fazem uso da velha energia das profecias para reinterpretar catástrofes que não aconteceram, mas agora há o gancho do alinhamento Galáctico que faz tudo parecer ainda mais real. Lançam mão até de bons autores que são historiadores e cientistas para apoiar essas previsões, que não é exatamente no que muitos desses autores acreditam.
Falando nisso, o alinhamento Galáctico é um episódio relativo. É algo “observado da Terra”. É muito relativo como vemos as coisas. Deixe me esclarecer isso para aqueles que não acompanham astronomia e pensam que o centro da galáxia está se alterando ou mudando. Pois não está. É apenas uma observação do ponto de vista de onde estamos situados.
Bem, ainda não terminei e gostaria de falar sobre algo que Kryon nos disse e que agora foi provado. Apocalipse e trevas, morte e destruição têm uma energia muito intensa. Geralmente cria uma mudança planetária através da dor e/ou da compaixão. Isso nós sabemos. Mas Kryon nos revelou algo que não entendemos muito bem. Ele disse que há sempre um resíduo do potencial que permanece, mesmo que tenhamos alterado o curso que estávamos. Esse resíduo é tão potente que um vidente qualquer pode “vê-lo” como real. É tão potente que pôde ser medido por alguns aparelhos da Universidade de Princeton no escopo do Projeto Global da Consciência, que mede a alteração da consciência Humana frente a um evento.
Em Outubro do ano passado, os “sinos” começaram a soar. Tínhamos previsões de algumas fontes (incluindo Kryon) para agüentar firme e não temer o mês de Outubro. Grupos engajados em pesquisas físicas nos disseram que algo estava para acontecer. Aí os botões começaram a aflorar – os de Princeton. Uau! Estávamos realmente aguardando algo grande. Várias fontes de diversas áreas não correlatas diziam a mesma coisa. Talvez alguns de vocês até ouviram falar de uma aterrissagem galáctica. Quem sabe não seríamos finalmente visitados por ETs e assim por diante. Havia algo no ar!
Bem, os dias 13/14 de Outubro chegaram e nada aconteceu, nada mesmo. Parecia que nada havia acontecido, como na Convergência Harmônica em 1987, mas agora sabemos que sim. Será que estávamos pressentindo algo que não ocorreu? Ou será que passamos por um tipo de mudança sem nenhuma catástrofe na terra? Kryon diz que ambos.
Não há como negar que havia algo no ar, mas seja lá o que era não aconteceu. Foi mundial e aqueles como nós que lidamos com a metafísica ouvimos isso de diversas fontes – algumas até verdadeiras. Entretanto, nada ocorreu.
Eu sempre digo que há mais coisas a nossa volta que os olhos podem ver, ou que podem ser explicadas por algum documentário da TV cheio de exploração e propositadamente com intuído de criar um drama. Não se deixem levar por essas coisas. Respeite os fatos, mas não se deixem levar pela óbvia manipulação televisiva.
A grande novidade é que estamos vagarosamente mudando a fato gerador que eu e vocês achávamos imutável. Estamos podando a ganância da nossa economia para fazer algo melhor. Elegemos um homem que seria inelegível na época de nossos pais. Esses são os sinais verdadeiros de um novo tempo. Estamos vivenciando uma carta coringa.
Semana do Armageddon? Ora, por favor. O que virá a seguir? A semana da colisão meteórica? Ou talvez semana da escassez seguida da semana do canibalismo?
Percebam a Fábrica do Apocalipse e apenas divirtam-se com ela. Haverá mais catástrofes sendo anunciadas. Esperem até ver o próximo seriado! Haverá uma porção de efeitos especiais sobre a destruição da Terra – provavelmente muita água e fogo. Bruce Willis e Tom Cruise deverão estar incluídos em alguma parte! (risos)
Pessoal, é igual ao que aconteceu no novo Milênio. Quando 2012 chegar e passar, entenderemos que deturpamos tudo embora algumas mudanças tenham realmente ocorrido. Ainda estaremos aqui, transmutando a consciência do planeta e constando que as eventuais profecias apocalípticas de alguns profetas estavam mais para a capa sensacionalista dos jornais do que para algo crível de fato.
Lee Carroll

“Trabalhadores da Luz, o Espírito não pode elevar-lhes para uma vibração mais alta se não remexer a terra suja. Vocês estão ativamente envolvidos na criação de uma energia que trará cura e paz nunca vista antes nesse planeta. Daqui a duas gerações não reconhecerão esse lugar, pois haverá mais intenção de “construir juntos” do que separar. A velha energia de liderança dará lugar a uma nova geração de pensadores conceituais”

- Kryon


---------------------------------------------------------------------------
* O Alinhamento Galáctico é o alinhamento do solstício solar de Dezembro com o equador Galáctico. Esse alinhamento ocorre como resultado da precessão dos equinócios.
A precessão é causada pela rotação vagarosa da terra em seu próprio eixo que altera as posições dos equinócios e dos solstícios um grau a cada 71,5 anos. Como o Sol está a meio grau, significa que a Terra levará 36 solstícios solares de Dezembro para seu alinhamento com o equador Galáctico.
O ciclo precessional, que dura cerca de 26.000 anos, altera a posição do sol a cada solstício de Dezembro, em sentido contrário ao dos signos do zodíaco. Isso nos leva a uma observação (vista da Terra) que a cada solstício solar de Dezembro estamos nos aproximando do Centro Galáctico, que chega a alinhar-se a cada 26.000 anos. Este é o chamado alinhamento galáctico. É um nome dado a observação relativa das estrelas vista da terra.
**
***
http://english.pravda.ru/science/earth/106922-0 "Earth on the brink of an ice age."

Lee Carroll Fonte:
A mensagem acima é gratuita e está autorizada a ser copiada, impressa e distribuída.
Sua venda é proibida exceto se realizada pelo próprio autor.

ºººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººººº

Kryon por Lee Carroll em Português:


Textos:

----

Sem comentários:

Enviar um comentário