Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

9.11.11

A REBELIÃO E A FALSA PAZ - Diálogos entre Jesus e Neferis



Cristo é a Fonte, a Consciência Cósmica Universal. Ela refulge em raios como um sol a toda parte. Esse é o rei verdadeiro de um único reino estabelecido à éons. Antes que o mundo existisse, ele sempre foi Governador de toda Orbe Celeste. Somos as pontas de seu raio. Uma das expressões desse seu amor. Quando algumas formas de vida quiseram concorrer em destituir-se da Fonte daquilo que chamam “Rebelião”, o que fizeram foi apenas deixaram de olhar para a Luz que tudo É. Como um sol em constante doação o Cristo é um brilho a iluminar até a mais profunda escuridão. Esse governo reside dentro de cada homem. Rege nossa própria consciência. Seus raios são seus pensamentos luminosos que vivem constantemente a nos impregnar de virtudes. Isso é do que “Ele” é feito. Puro Amor!

-- Neferis, pregai ao mundo minha vontade.
--- Sim, querido Mestre, tenho feito conforme aquilo que recebo. Existe muita densidade por essa terra, mas tento levar tua palavra segundo aquilo que sinto em meu coração. Devo dizer que o retorno de Cristo é fazer o homem voltar a sua origem. O primevo de cada ser. Cristo é o cristalino perfeito cuja imagem não concorre para nenhuma imperfeição. Esse amor que se faz presente, incapaz de julgar e sempre perdoar é aquele que veio para levar consigo todos os pecados do mundo. Dor e sofrimento é o maior pecado dessa Terra e sei que ela é resultante da falta de ti em cada coração.
-- Preencheis mais de mim em cada um. Já não vos revelei sobre as coisas de meu mundo, o governo a qual pertenço? Qual lição o homem tira ao ser esbofeteado e virar a outra face? Não aprendem que o mal esgota sua existência quando o viram para mim? Sabem todos para que vim a esse mundo? Vosso planeta? Para que desse dia em diante o tempo da dor se findasse.
-- Senhor, a dualidade criou o anticristo.
-- Será ela quem o aniquilará.
-- Que o Senhor quer dizer com isso?
-- Que vós entendeis como o Dia do Senhor? Luz ou Trevas? É o dia em que a escuridão possibilita a consumação de todo o mal em si mesmo para que a Luz finalmente triunfe.
-- Compreendo. Em Cristo não há julgamento já que seu juízo é perfeito.
-- Porque causa julgam os atos de Deus como sendo algo mal? A dualidade que há em cada um de vós é que os faz ver assim. Não resistais ao mal porque ele cessará quando for todo entregue nas mãos do PAI para que seja extinto. O Cristo o absorverá nesse mistério assombroso para que tudo se transforme. Negar o Deus é renegar a própria redenção e cura de toda criação. Mas digo-vos que antes desse dia, virá aquele que renderá louvores as criaturas iludindo-as como senhoras do mundo. Sem freios ou controle, donas de toda criação para fazer segundo suas vontades toda sutileza das mazelas de seus corações. Nele não me vereis, antes vereis coisas estranhas que vossos corações de amor não aprovam. Já está a enganar muitos.
-- Maldizem hoje os atos de Deus questionando-o quanto tudo de ruim que acontece em nossas vidas.
-- Sim. Todos dessa geração são benevolentes com seus egos. Sabeis agraciá-los pelo perdão, mas vosso Deus hoje é condenável. Como Cristo também o foi. Que diferença há entre essa geração e a anterior a vossos pais? Tudo já vos foi dito para vossa regeneração. O mundo não precisa mais de nenhum profeta. Elegeram segundo suas escolhas “aquele” em que acreditar.
-- Sei que nosso Senhor, o Cristo amado já enviou por muitas gerações seus profetas em toda história do tempo, mas uma grande maioria permanece como no tempo de Roma, duros e cada vez mais distantes. Já nem sei mais o que dizer.
-- Recolha-te e ore.
-- Senhor, sei que nos ama, pois nos provaste com teu sacrifício na cruz, sei que continuas nos velando na mansão de Deus, mas muito me entristeço por muitos que não acreditam em tua voz. Querem ouvir seus Egos.
-- Se o Pai enviou outrora seus profetas foi para que voltassem a realidade daquilo que sou, o Amor, mas sei que os condenam como a mim condenaram. Não sou eu quem divide o mundo em opiniões é o mal que há em cada um que assim o faz. Não foi minha atitude que condenaram, mas minha PALAVRA que em nada lhes revela porque revela o que verdadeiramente são.
-- Mestre, acerca do bem e do mal, que tem a nos dizer?
-- Em mim só existe o Amor e nele tudo é paz. O mal só há para quem se nega a reconhecê-lo.
-- Vieste ao mundo e se foste para que vivesses para sempre em nossa memória. Para que o Consolador, tuas palavras em nós permanecesse. Querem levar a extinção todo vosso reino , sua PALAVRA para que nunca mais ela aqui habite.
-- Cada um fez sua escolha. Vem a hora “daquele” que de mim nada tem. Elegeram-no como fizeram a mim no tempo de Pilatos. Trocaram-me por Barrabás. O falso pelo verdadeiro. A farsa da atualidade como a nova era de Paz.
-- Então estarei a espera da consumação do último ato de Deus.
-- Os 144 mil são todos aqueles que entregaram suas armas, o mal que havia em cada um para o Cristo e receberam de volta o bem que nele há. Tens idéia que dimensão é esse bem? Esse bem é a própria “Jerusalém Celestial” descendo a vossos pés.
-- Mestre, suas palavras “são” o que são. Ponho minha vida em risco delas.
-- Essa geração que sabe tudo perdoar não pode te condenar ou será que se dividem porque meu reino não está neles? Muita mentira já foi dita por ela. Mas vem a hora de acolherem aquilo que vem de seus corações. Lembrar-se-ão que nunca os enganei. Muitos venderão suas almas para a colheita da noite. Retira-te do meio deles. A raiz mais profunda que jaz no mal será daqui arrancada para que o fruto do paraíso possa finalmente aqui estabelecer.
-- Seja feito segundo vosso cetro. Todo poder e glória nele estará. Somos os filhos do amor, aguardando apenas vossa hora cujo guardião é certo, não tardará a aqui chegar. 


 Diálogos entre Jesus e Neferis

http://portalparajesus.blogspot.com/

 ---

Sem comentários:

Enviar um comentário