Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

27.12.11

Pensamentos de Omraam Mikhael Aivanhov,



"Quaisquer que sejam os erros que vós cometestes, nada pode impedir-vos de reencontrar a via da salvação se o desejardes verdadeiramente. Pensai até que o Céu tem mais confiança num ser que cometeu erros e se arrependeu do que naquele que nunca os cometeu. Porquê? Porque aquele que nunca caiu não sabe que deve tomar precauções: não tem experiência, ainda não está sólido, pode ir por onde calha às cegas e, um dia, cai. Ao passo que aquele que passou pelas garras do diabo, que sofreu e que toma a resolução de sair dessa situação para cumprir a vontade de Deus, se ele o conseguir o Céu tomá-lo-á ao seu serviço. O Céu dirá: «Aqui está, finalmente, um com o qual se pode contar!»
Daquilo que eu estou a dizer-vos, deveis reter apenas que, quaisquer que sejam as vossas quedas, podeis sempre reerguer-vos. Não tireis a conclusão de que podeis permitir-vos todos os desvios para melhor vos aperfeiçoardes depois disso! De qualquer modo, já todos cometestes erros suficientes até agora: é tempo de serdes sensatos e de vos pordes ao serviço do Céu."


Para consultar no site das Edições Prosveta o pensamento do dia paginado, assim como as outras obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov:  



"A vida espiritual é semelhante a uma terra na qual vós deveis enterrar-vos para crescer. Até lá, sereis semelhantes à semente que ficou no celeiro. Nesse celeiro, evidentemente, ela estará sossegada, não sofrerá a acção do vento, nem da chuva, nem do granizo, mas ao fim de algum tempo apodrecerá ou será comida pelos ratos, o que é muito pior. Ao passo que a
semente que é posta na terra está sujeita às intempéries, mas desenvolve-se, dá frutos, é útil.
Ao abraçar a vida espiritual, vós não estareis fora de perigo: tereis de enfrentar os ventos e as tempestades, mas também encontrareis condições que vos permitirão crescer e dar frutos à humanidade. Não é preferível estar exposto às intempéries e crescer, em vez de ser consumido pelos ratos ou pela podridão? É verdade que, com a vida espiritual, estareis sujeitos a provações a que uma existência puramente materialista vos teria poupado. Mas que isso não vos perturbe. Continuai a avançar na via que vos conduz ao mundo divino."




 Para consultar no site das Edições Prosveta o pensamento do dia paginado, assim como as outras obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov:  


 "O nascimento de Jesus foi um acontecimento histórico de uma importância capital. Mas, se tivesse sido suficiente Jesus nascer há dois mil anos, por que é que o Reino de Deus ainda não veio à terra? As guerras, as misérias, as doenças, tudo isso deveria ter desaparecido...
O verdadeiro discípulo sabe que, na noite de Natal, o Cristo nasce no mundo sob a forma de luz, de calor e de vida, e prepara as condições favoráveis para que esse Menino Divino nasça também nele. Sim, pois poder-se-á ler e reler a história do nascimento de Jesus tantas vezes quantas se quiser, e cantar «Nasceu o Menino Divino», mas, enquanto o Cristo não tiver nascido em nós, isso de nada servirá. Cabe a cada um ter esse desejo de fazer nascer o Cristo na sua alma e de se tornar como Ele, para que a terra seja povoada por Cristos! Era isso que Jesus pedia ao dizer: «Aquele que crê em mim fará as obras que eu faço e fará até obras maiores.» Pois bem, aonde estão essas obras maiores do que as de Jesus? Mostrai-mas... Para alguns, o Cristo já nasceu e para outros nascerá em breve... Tudo está na preparação das condições."

 Para consultar no site das Edições Prosveta o pensamento do dia paginado, assim como as outras obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov:  


 "Durante nove meses, a criança que vai nascer encontra-se numa espécie de noite e tudo se prepara nessa noite. É na escuridão do ventre materno que se formam os órgãos do seu corpo: os seus pulmões, o seu coração, o seu cérebro... Se esta construção não se efectuar em boas condições, a sua vida à luz do dia estará comprometida, pois o dia, isto é, a existência terrestre, depende dessa noite, a gestação.
Qualquer manifestação pode ser comparada à passagem da noite para o dia... ou, então, ao desenrolar progressivo de um novelo formado por fios diferentes. A manifestação representa o desenrolar dos fios, mas os fios só podem ser aqueles que já foram enrolados. Então, se não vos esforçais por trabalhar com a sabedoria, não espereis tirar, um dia, a sabedoria da vossa cabeça! Tudo o que se quer manifestar deve ter sido preparado antecipadamente durante muito tempo. Não vos enganeis a este respeito: para se produzir algo verdadeiramente acabado no mun dovisível, é preciso ter trabalhado durante muito tempo no mundo
invisível."


 Para consultar no site das Edições Prosveta o pensamento do dia paginado, assim como as outras obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov:  

 "Em tudo aquilo que nós empreendemos, e qualquer que seja o domínio, material ou espiritual, em que o fazemos, o que conta são os nossos esforços. O Céu nunca considera o sucesso, só os esforços. Sobre o sucesso, é Ele que decide, pois tudo o que nós fazemos se inscreve num conjunto e deve, por isso, servir os planos de Deus, estar de acordo com eles; e talvez não esteja previsto que os projectos em que nós estamos a trabalhar se realizem como nós desejamos. Só os esforços nos pertencem, o sucesso não.
Deixai, pois, os seres do Alto decidirem sobre o momento em que os vossos esforços serão coroados de êxito. Aconteça o que acontecer, deveis dizer: «É certo que, por enquanto, o meu trabalho não dá muitos resultados visíveis, tangíveis, mas, na realidade, eu sei que hoje ele já está a dar frutos.» Há sempre resultados no vosso coração e na vossa alma, mesmo que não se vejam. Nada permanece inerte ou estagnado."


 Para consultar no site das Edições Prosveta o pensamento do dia paginado, assim como as outras obras de Omraam Mikhaël Aïvanhov:  

---

Sem comentários:

Enviar um comentário