Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

14.12.12

Espiritualismo Ecumênico Universal

 Espiritualismo Ecumênico Universal

Pai Joaquim de Aruanda através do médium Firmino


NÃO ACREDITE QUE O MUNDO VAI ACABAR
http://www.facebook.com/paginadoeeu



21 de dezembro de 2012

http://meeu.com.br/ceu/21-de-dezembro-de-2012-2/


O dia 21 de dezembro de 2012 vem sendo muito aguardado por vocês por conta da lenda que afirma que nesta data o mundo acabará. Apesar de lendas de este tipo ser comum, pois elas já foram criadas e levaram a expectativas quanto à chegada do ano dois mil e mesmo do ano mil e novecentos sem que nada acontecesse, sempre geram expectativas e acabam deixando algumas pessoas agoniadas com a proximidade das datas indicadas em cada uma delas. Por causa disso vou conversar com vocês sobre estas lendas e mais especificamente sobre o que acontecerá nesta data.

Quando falamos sobre este dia especificamente é importante nos lembrarmos que outras – não vou chamar de crendices – profecias já foram criadas a respeito de um possível fim do mundo e nada aconteceu no momento marcado. Para que, então, a lenda a respeito deste dia foi criada? Para nos lembrarmos que nada aconteceu em momentos anteriores e que a agonia e expectativa que alguns viveram foram sem propósito. Só com esta consciência podemos esperar esta data sem expectativa ou agonia.

Na verdade o planeta Terra vai acabar um dia, pois tudo o que começa, um dia acabará, mas isso não acontecerá por acaso ou por ação de algum elemento material. Só acontecerá quando houver motivo para que isso aconteça e este ainda não existe. Portanto, o planeta Terra não irá acabar neste momento.

Apesar de falar assim, posso afirmar que a partir da data de 21 de dezembro de 2012 o fim do planeta se iniciará. Para entender o fim que se iniciará nesta data antes, no entanto, é preciso que se conheçam algumas realidades sobre as coisas universais. Por isso, vamos buscar esta realidade antes de falar do fim que começa daqui a pouco.





Tudo tem uma finalidade

http://meeu.com.br/ceu/tudo-tem-uma-finalidade/

Universalmente falando, o que será o planeta Terra? Quando observamos a realidade material a partir da espiritual o que será este ou qualquer outro planeta? É um campo de provas de espíritos. Saibam que quando se premia a realidade universal a material, não mais se tem a idéia de que existem planetas que orbitam em torno de sois, mas sim a consciência de que existem salas de aula onde determinados níveis de espíritos fazem a provação necessária para que consigam a aproximação com Deus.

O problema é que vocês humanos não querem raciocinar, pensar sobre os assuntos. Por isso compram idéias prontas em livros ou em palestras, espiritualistas ou científicos, e as vivenciam como se elas fossem absolutas. Se parassem para pensar nas coisas, com certeza chegariam a conclusões bem diferentes daquelas que vivenciam hoje.

Será que vocês, que se dizem espiritualistas já pararam para pensar em todos os elementos que existem no cosmo? Acho que não, pois se tivessem as informações de que dispõem não os deixaria acreditar que todos os planetas que existem não servem apenas para criar uma noite estrelada para os namorados ou para regular a maré dos oceanos terrestres. Aplicando o que já conhecem sobre a existência do mundo espiritual descobriria que estas informações humanas não podem ser reais.

Levando-se em conta o processo reencarnatório que obriga a cíclica presença do espírito em uma massa mais densa, o espiritualista deveria compreender que a finalidade da existência dos planetas é diferente daquela que a ciência humana dá a eles. Ela estaria ligada à questão da provação necessária para a evolução espiritual do ser e isso deveria levá-lo a entender rapidamente que cada planeta do Universo serve como espaço para que as encarnações ocorram e que com isso as provações aconteçam. Mas, como preferem comprar definições criadas pelo mundo humano, o espiritualista não consegue vivenciar esta realidade.

Ora, se todos os planetas existem apenas com esta finalidade, é justo se imaginar que a Terra também só existe por este motivo. Sendo assim, é justo se afirmar que o planeta Terra não existe por ele mesmo, mas porque atende a necessidades do mundo espiritual. A necessidade a que atende o planeta Terra é servir a espíritos de determinado nível de elevação para que eles tenham a sua oportunidade de fazer suas provas e com isso aproximarem-se de Deus.

Apesar disso, como afirmei antes, certamente um dia o planeta Terra acabará, mas isso só acontecerá quando ele não tiver mais utilidade à verdadeira pátria do espírito, como os espíritas chamam o mundo espiritual. Ou seja, o planeta Terra jamais acabará por ações humanas ou de elementos universais enquanto ele for útil a espíritos para que eles realizem o seu processo de reforma íntima que conduz à elevação espiritual.

Para quem a Terra serve? Aos espíritos que se encontram no chamado nível humano. A Terra, portanto, tem como finalidade servir como campo de provação aos espíritos que estão no nível que chamamos humano.

O nível de espírito que classificamos como humano se trata de uma forma de viver a vida e não estar em um corpo humano. O planeta Terra, portanto, é um lugar universal onde espíritos que vivem de determinada forma se juntam para viver de interdependentemente as suas provas. Sendo assim, enquanto houver espíritos que vivam desta forma, o planeta Terra continuará existindo. Quando não mais existirem espíritos neste nível, neste momento este planeta poderá deixar de existir. Antes, não...

Por isso afirmo que nada acontecerá a este planeta por acaso ou por fenômenos naturais: tudo ocorrerá de tal forma que este grupo de espíritos tenha à sua disposição o campo de provas necessário para o seu trabalho de evolução.

A partir desta conclusão, muitas outras compreensões surgem. Por exemplo: pode você, um espírito encarnado aqui, estragar este campo de provas, ou seja, pode você, como acreditam os humanos, acabar com as condições para existência de vida neste planeta? Claro que não... Como você ou qualquer grupo de espíritos poderiam estragar o planeta se ele não foi feito apenas para alguns, mas para todos que vivem no nível humano. Se você ou algum grupo estragasse as condições para existência da vida, o que seria dos outros que dependem deste campo de provas para elevarem-se?

Pense: quem é você ou um pequeno grupo para interferir no destino de mais de setenta bilhões de espíritos? Sim, neste planeta orbitam setenta bilhões de espíritos em nível humano, pois para cada encarnado hoje há pelo menos dez esperando o seu momento de iniciar suas provações. E olha que estou falando apenas de espíritos em provas no mundo humano, fora aqueles que aqui estão para ajudar a estes e que ao mesmo tempo também vivenciam o seu processo elevatório.

Toda esta plêiade espiritual orbita naquilo que se chama orbe terrestre. Sabendo disso, você acha que um cometa ou uma pedra por conta de uma lei de atração física por acaso pode causar este prejuízo ao mundo espiritual? Falo assim porque se algo do cosmo por acaso atingisse a Terra e com isso provocasse a sua destruição, o mundo espiritual teria que arranjar outro planeta para que os seres que aqui orbitam pudessem ter seu campo de provações. Isso não seria um prejuízo imenso para os seres universais?

Como disse antes, o ser humano perdeu a sua grande capacidade de raciocinar. Se não a houvesse perdido, teria chegado à conclusão que chegamos agora sobre a possibilidade do mundo se acabar no próximo dia vinte e um, pois tudo o que dissemos sobre o planeta servir como campo de provações e com respeito à quantidade de seres que dependem dele, é do conhecimento de vocês. Sempre que uma informação chegar até vocês, raciocinem sobre ela a partir daquilo que já conhecem e com certeza acabarão desmitificando muitas das lendas que existem no mundo humano.

Pensando a partir das realidades que conversamos aqui, lhes pergunto: será que o presidente de um país, por conta de não restringir a emissão de gás carbônico de suas indústrias, é capaz de provocar o efeito estufa que vá levar ao fim da serventia do planeta? Será que alguns humanos por sua ação de poluir rios e mares têm a potência necessária para extinguir as condições para que a vida humana possa existir na Terra? São perguntas que se analisadas à luz dos conhecimentos espirituais que vocês têm mudam completamente o entendimento da humanidade sobre este assunto.

Para poder compreender o que estou dizendo, pensem: quantas existências espirituais seriam afetadas pela ganância de um só ou pelo desleixo de alguns? Será que o Senhor, que é Onipresente, Onisciente e Onipotente não pode fazer nada, mas apenas assistir ao humano causando prejuízo a Ele e aos seus filhos? Se o que vocês acreditam fosse possível, pergunto: onde estaria Deus? Será que Ele estaria sentado num trono de ouro sem nada poder fazer? Que poder é este que os mestres dizem que o Pai possui, se Ele não pode agir sobre um ou alguns humanos para defender toda uma plêiade espiritual?

Compreendam isso de uma vez por todas para vocês não viverem as lendas sobre o final do mundo que rotineiramente são criadas no planeta. Saibam que estas lendas são cíclicas e continuarão existindo criando informações sobre um possível fim do planeta. Isso porque o apego à continuidade da vida humana faz parte da provação que os espíritos no mundo chamado humano vivem.

As lendas, portanto, fazem parte da finalidade do próprio planeta, já que são provações para os seres que aqui buscam sua elevação, e por isso elas continuarão existindo, mas aquele que compreende o Universo de cima para baixo não acredita nelas.





A interação universal

http://meeu.com.br/ceu/a-interacao-universal/

Há mais um motivo para que a vida humana não acabe: a interação universal ou interdependência das coisas que Buda nos ensinou.

Como dissemos, neste orbe planetário são mais de sete bilhões de espíritos orbitando. Existem milhares de planetas no Universo e muitos possuem mais seres que ali habitam do que aqui. Deste simples raciocínio verifique que não há como se imaginar o número de espíritos que existem no Universo.

Cada um destes seres vive a sua existência. O que é a existência de um espírito? Já falamos disso ao longo de nossas conversas: presentes que se sucedem sem que isso se consista numa contagem de tempo. Sendo assim, posso dizer que no Universo existem inúmeros presentes acontecendo, um para cada ser universal.

Todos estes presentes são criados por Deus de acordo com o grau de evolução de cada ser e o trabalho que este precisa executar para aproximar-se do Pai. Para criá-los, o Senhor leva em conta o carma ou merecimento de cada um e faz com que estes seres se interajam para que exista o trabalho que precisa ser feito por cada um.

Sei que vocês imaginam que o que acontece aqui na Terra não afeta os demais planetas, pois se julgam afastados dos habitantes deles, mas isso não é real. Como já provamos anteriormente, toda ação no planeta interage com todo cosmo.

Este é mais um motivo pelo qual o planeta não pode acabar e com isso extinguir a existência humana. Se isso acontecesse, todo equilíbrio universal seria afetado e a repercussão disso influenciaria o processo de elevação de todos os seres do Universo.





A Causa Primária

http://meeu.com.br/ceu/a-causa-primaria/

Durante nossas conversas falamos que Deus é a Causa Primária de todas as coisas que acontecem. Isso é real, mas vocês não conseguem abranger a totalidade do que isso quer dizer.

Deus não é a Causa Primária da sua existência apenas ou somente dos espíritos que vivem no orbe terrestre. Ele causa tudo o que acontece no Universo, causa todos os presentes que servem de provação ao número imenso de seres que acabamos de dizer que existe.

O que Ele usa para causar presentes a espíritos? O merecimento de cada um, a justa medida ao que foi plantado anteriormente. Deus dá a cada um segundo a intenção com que cada um participa do presente que Ele mesmo gerou como oportunidade de trabalho com o fim de aproximar-se Dele.

Além deste, há mais um fator que é utilizado por Deus na hora de gerar os presentes de cada ser: o seu grau de elevação. Ele dá o carma a cada ser, mas quando gera este, o que é criado está relacionado com o mundo onde cada um orbita. Ou seja, o presente que Ele gera para os seres está ligado à finalidade de existência do planeta.

Este é mais um dos motivos pelos quais afirmo que o planeta Terra só se extinguirá se a finalidade para que ele exista não mais seja alcançada. Se o Pai extinguisse este planeta, haveria espíritos que não mais teriam um campo de provas compatível com seu grau de elevação e com isso o seu processo evolucionário – e o de todo Universo por conta da interdependência das coisas – estaria afetado.

Portanto, a existência de uma Causa Primária Universal como afirmado pelo Espírito da Verdade na pergunta 01 de O Livro dos Espíritos, também deve lhe fazer duvidar de qualquer informação que afirme que o planeta vai acabar.





O carma

http://meeu.com.br/ceu/o-carma-2/

Como já dissemos ao longo dos nossos estudos, o carma é o motor do Universo. É a partir da justa colheita que cada ser recebe como instrumento para seu trabalho de elevação que o Universo se faz.

Agora, imagine se de repente não houvesse mais no Universo um elemento que atendesse à necessidade do carma daqueles que estão no nível de elevação que chamamos de humano. O que aconteceria? O motor do Universo deixaria de mover as existências de cada espírito e com isso acabaria todo o equilíbrio necessário para que a máquina espiritual deixasse de existir.

Havendo, portanto, a necessidade de existir o carma de cada um, o planeta Terra não pode deixar de existir.





O fim do mundo

http://meeu.com.br/ceu/o-fim-do-mundo/

Depois de tudo o que falamos e que vocês afirmam crer, será que ainda acreditam que uma pedra qualquer do cosmo pode acidentalmente entrar em rota de colisão com o planeta Terra? Será que ainda acreditam que o presidente de um país ou alguns seres humanizados pode provocar poluição e com isso acabar com a camada de ozônio que sustenta a forma humana de vida? Será que depois de analisar toda a realidade a partir destas verdades que vocês acreditam, ainda imaginam que pode acontecer uma guerra atômica, que acabará com as condições para a existência humana no planeta, por causa do interesse individual de um grupo de seres humanos?

Todos os conhecimentos que falamos aqui e que comentamos ao longo dos últimos quatorze anos é importante quando se fala em fim do planeta ou mesmo em tragédias que ceifam a existência de grupos de seres encarnados. Quando entendemos que todos os acontecimentos de cada planeta são apenas uma engrenagem que precisam de outras para poder fazer funcionar a máquina que gera as realidades universais. Mais: este conhecimento é importante para qualquer momento de uma existência.

Quando se vivencia a existência do carma, quando se entende que todas as coisas são interdependentes e quando se compreende que não existe nada que aconteça por acaso ou por motivação pessoal, mas que tudo que acontece se prende sempre a uma finalidade maior, os meros acontecimentos de uma existência mudam de valor. Quando uma pessoa, por exemplo, fala algo que lhe desagrada, pode ter certeza que ali não existe uma agressão a você. O que está acontecendo é uma ação universal que possui uma finalidade espiritual, que está ligada ao seu carma e ao de quem está servindo como protagonista do acontecimento.

Não importa o que lhe está acontecendo em cada momento de sua existência: o que está ocorrendo é a rotação das engrenagens de uma máquina e nada que queira lhe ferir ou magoar. Mas, para ver isso é preciso exercitar a fé em Deus ou, como ensina Salomão, viver a seguinte idéia: se Deus é por você, quem pode ser contra?

Se isso vale para a sua existência, que é individual, imagine para o planeta, que hospeda sete bilhões de espíritos encarnados e mais sessenta e três bilhões esperando para encarnar. Quando você consegue compreender o funcionamento do Universo, vê, então, claramente que nada pode acontecer, a não ser que esta seja a movimentação das engrenagens da máquina universal.

Apesar de tudo o que disse até agora, afirmo: o mundo que vocês conhecem vai acabar. Não fisicamente, mas tudo vai se modificar e a mudança começa no próximo dia 21 de dezembro de 2012. Esta mudança ainda ocorrerá durante a existência de muitos que estão aqui hoje e por isso vocês precisam se preparar para os acontecimentos futuros.

Sei que a perspectiva de mudança no mundo que vocês conhecem gera sempre expectativa e medo, mas afirmo que vocês são como a mulher que engravida. Quando uma mulher engravida, no início tudo são flores, tudo é maravilhoso, inclusive o mal estar que muitas sentem. Só que com o passar do tempo o êxtase inicial diminui e no final da gravidez vem a expectativa e o medo da vivência do momento do parto. Mas, este medo em nada influenciará o que vai acontecer a esta mulher, pois todas que engravidam terão que dar a luz...

Da mesma forma vocês: a partir do momento que estão encarnados e o planeta vai viver este momento, vocês não podem deixar de passar por eles.

--- 

Sem comentários:

Enviar um comentário