Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

20.5.17

ausente




Observem a actividade Solar.

-----------------------------------------------------------------------


fiquem de olho na Ressonância Schumann
http://sosrff.tsu.ru/?page_id=12

----------------------------------------------------------------------------


E na energia da Terra


Os aumentos tomam dimensões, que trazem a muitas pessoas mal-estar, dor nas articulações, palpitações cardíacas, tonturas, etc., estes são agora os tempos inevitáveis ​​"temas" que se deve imaginar!

-----------------------------------------------------------------------------------------


Aqui nesta mensagem está uma das chaves:



Fiquem fora do medo e arregacem os cantos da boca. Se eles sabem fazer isso nós também podemos fazer, uai!









*** VORTICE 11 *** 
> EM DEMANDA PELA VERDADE > PESQUISAR > 
ANALISAR > DISCERNIR > DECIDIR > AGIR


Fraternal abraço
Vortice11


MARIA - A TEOFANIA SOLAR - 18 de maio de 2017


MARIA - A TEOFANIA SOLAR - 18 de maio de 2017

Eu sou Maria, Rainha dos céus e da Terra. Eu saúdo cada um de meus filhos, quer seu coração esteja voltado para mim ou desviado de mim com a mesma intensidade, a mesma Verdade e o mesmo Amor.

...Silêncio...

Eu peço a cada um de vocês de me acolher em seu coração, nesta manhã que precede uma semana do dia da Ascensão sobre o vosso calendário da terra.

Eu venho em nome também da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres a fim de vos ordenar a ser o que vocês são. Trata-se nesse tempo, nesse dia de uma oração que está dirigida ao seu coração, além de todo personagem, de toda forma.

Muitos de vocês responderam ao meu apelo e estão presentes nesse dia, a fim de se instalar em sua eternidade e de acolher a beatitude e a Paz. Mas eu me dirijo também a cada um de meus filhos que está desviado de minha face e do meu coração, para seguir outra coisa que não a verdade inefável do Amor. A cada um de vocês eu digo também que o momento chegou de se encontrar, não nos jogos que vocês jogam sobre esta terra, quaisquer que sejam esses jogos.

Eu venho aliviá-los de todo fardo a fim de que vocês possam passar o buraco da agulha sem dificuldade e sem resistência, com elegância, com graça, com majestade.

...Silêncio...

Os tempos da Terra atuais, vocês sabem, e eu lhes anunciei a mais de dois meses, mostram que a Liberação da Terra e a sua Ascensão em sua dimensão nova de vida começou e se intensifica desde agora a cada dia. Isso que se desenrola em vocês, como sobre a superfície desse mundo, definitivamente, é apenas o resultado de seu lugar, de sua localização no coração ou em outras partes, não há outra alternativa. É isso que eu venho fazer ressoar em vocês, é isso que eu venho depositar aos seus pés a fim de que, sempre mais numerosos de vocês reencontrem o que vocês são, este Amor que nenhuma palavra pode descrever, que nenhum conceito pode elucidar.  Então meu coração se enternece em direção a cada um de vocês para lhes devolver à sua liberdade, para lhes devolver a sua autonomia e, sobretudo, a sua graça.

Os tempos se cumpriram, nós lhes temos dito, e agora os tempos chegaram de viver essa passagem no buraco, através do buraco da agulha, o coração leve, o coração repleto, não retornando atrás, sobre isso que foi o mundo, suas privações, seus sofrimentos, como também suas alegrias, a fim de que jamais a morte esteja presente em sua Presença.

Eu lhes convido então hoje, para uma última graça antes que meu Apelo se torne coletivo - e que ninguém poderá ignorar -, eu venho lhes pedir com todo Amor de uma Mãe, de não ter medo, de estar em seu coração, aí onde nada pode ser alterado e onde nada do que é efêmero, que isso seja em sua vida, em seu corpo, possa lhes tocar nesta Eternidade, e essa joia.

Então eu lhes peço de realizar comigo, onde quer que vocês estejam esta Teofania com meu coração, a fim de que eu possa me dirigir nesse dia a um número sempre maior de meus filhos, de meus irmãos e irmãs em eternidade.

...Silêncio...

A organização da vida que eu assumi nesse mundo há muito tempo, traz nela os germes de sua Ressurreição no seio mesmo desta matéria e desta Ilusão. Hoje, a Luz adamantina vai tocá-los cada vez mais profundamente, de maneira cada vez mais evidente, que isso seja quando da Teofania que vocês realizarão após minha intervenção, com o Sol, como no seio das Teofanias de cada quinta-feira à noite. Resta a vocês, vocês sabem, algo a viver, a experimentar e a provar, a fim de lhes forjar em Eternidade, em Paz, em Amor. Busquem o Reino dos Céus que está dentro de vocês, todo o resto se apagará por magia, todo o resto se apagará pela Graça do Amor.

Lembrem-se, meu filho vos disse há mais de dois mil anos: “Aquele que quiser salvar sua vida, a perderá. Aquele que aceitará entregá-la entre as mãos do Pai, a reencontrará”. Vocês estão no limiar desse dia, vocês estão no limiar de meu anúncio, vocês estão no limiar da explosão da Verdade onde mais nenhuma deturpação poderá se manter, onde mais nenhuma ilusão poderá se opor ou se apresentar face à Luz. O tempo chegou de revelar sua Luz na superfície desse mundo, na visão desse mundo, não mais por discursos, não por qualquer representação teatral, mas sim como a verdade essencial de seu coração, aquela que surge a cada dia um pouco mais e lhes aguilhoa a deixar o que vocês pensam ter, e que vocês pensam possuir no seio desse mundo, fazendo com que sua consciência se alivie progressivamente ou brutalmente.

O corpo, esse corpo físico, não pode mais ser uma tela para a Luz, não pode mais ser resistente à Luz. Seu próprio corpo lhes pede a remissão, a cura. Seu corpo lhes pede, em cada uma de suas células, como no seio de sua consciência ordinária, de se reconhecer, de assumir sua liberdade, de reinvidicá-la, de manifestá-la.

Esta liberdade de coração, vocês sabem desde agora, não se acomoda com nenhuma fraude no seio desse mundo – que ele próprio é uma fraude. Quaisquer que tenham sido as alegrias que vocês viveram, quaisquer que sejam as provas e os sofrimentos pelos quais vocês puderam passar, que isso seja recentemente ou de maneira mais antiga, isso se dissolve pela Graça do Amor. Contentem-se de observar isso, de atravessar isso e de permanecer em sua morada de Eternidade, aí onde nada pode se opor, aí onde nada pode se confrontar, aí onde nada pode resistir. Eu lhes convido hoje, por nossa comunhão comum uns com os outros, a realizar isso.

Abandonando toda sua vontade, a vontade da Luz surge em vocês de maneira brilhante, de maneira visível, de maneira sensível.

Cada dia, até a Ascensão de vosso calendário, eu lhes peço serem humildes, de estarem na força de seu coração e do Amor que vocês são. É este Amor que vem iluminar, magnificar e resolver o que pode ainda existir para resolver em vocês, se é que vocês pensam assim. Eu lhes convido à felicidade eterna desde este instante, desde esse dia e cada dia durante estes sete dias que nos separam, vocês como nós, desta data do seu calendário.

Eu lhes peço cada dia de vigiar e orar intensamente, de alimentar seu coração ao invés de seu corpo, de alimentar o Amor ao invés do medo, de todas as maneiras possíveis. Que isso seja pelo jejum, que isso seja pelo alinhamento, que isso seja a comunhão ou a Teofania perpétua, eu apelo a cada um de vocês manifestar sua divindade, a espalhar aos olhos desse mundo que hoje se crê liberado do Amor e que está, de fato, confinado no medo, nas concepções, nas ideias, e que esqueceu a Verdade essencial que não depende de nenhuma sociedade, de nenhum homem nem de nenhuma mulher, mas que depende apenas do coração Um, do coração único da Verdade, do Coração Sagrado. Sem dúvida hoje o Coração Sagrado, os corações unidos de meu Filho e meu mesmo, viemos ao seu encontro a fim de cantar com vocês o canto de sua Ressurreição. Não existe mais atraso, não existe mais álibi para evitar serem vocês mesmos, tudo isso se colapsa ao redor de vocês e em vocês. Vocês o vivem, vocês o veem bem, vocês o observam.

Sejam simplesmente humildes, estejam simplesmente presentes em vocês mesmos, organizem momentos, tempo para a Teofania com o Sol, comigo, com qualquer um que cruze seus passos nesta terra ainda, que esteja aberto ao meu coração, aberto à sua eternidade ou em oposição frontal a isso. Vocês não têm necessidade de palavras, vocês têm justamente necessidade de serem vocês mesmos cada vez mais, e deixar isso tomar todo lugar de seu efêmero. Não há mais atraso, não há mais álibi como resposta, novamente. Não há pretexto, não há nada a remeter a mais tarde, há justamente a estar aí, conosco, o conjunto da Confederação Intergaláctica da Terra reunida ao redor da Terra – que se apresenta cada vez mais no seio de seus céus e de suas cidades -, o Arcanjo Miguel que lavra as terras e semeia os mares, o Arcanjo Uriel que se mantém à vossa disposição para viver esta última alternância, caso vocês não tenham feito ainda.

Eu venho lhes ordenar, em nome da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, de não colocar nenhum freio ao Amor, nenhum limite, e deixar, sobretudo, a Luz trabalhar estando em vocês mesmos, estando presentes mais do que nunca em seu coração, em sua eternidade, no Amor. Este Amor não tem necessidade de palavras, não tem necessidade de postura, não tem necessidade de álibi, não mais, ele está justamente aí, lhes colocando na Graça, na felicidade e na Verdade.

Então, vocês são o Caminho, a Verdade e a Vida; o que meu Filho fez, é tempo agora de fazer mais ainda, pela Eternidade e não para esse mundo, de estarem vocês mesmos de pé, o coração em fogo, esquecendo tudo que diz respeito à história, tudo que diz respeito aos eventos que estão em curso, para se instalarem em sua morada de Eternidade, na beleza do Amor, na beleza do que vocês são, colocando abaixo toda a feiura desse mundo, todas as ilusões e todas as crenças que muitos de meus filhos ainda mantêm por medo, por necessidade de dominação, por necessidade de predação, por necessidade de ascendência e de saciedade de qualquer desejo efêmero, qualquer que seja.

Hoje, eu lhes convido a esta comunhão, a esta Teofania que eu nomeei “perpétua”. Vejam isso, todos os contentamentos virão daí. Não existe nenhum obstáculo para a Verdade, nenhuma reticência que vocês possam manifestar.

Eu convido vocês à comunhão neste instante, por toda parte sobre a Terra, e desde agora, cada dia mais numerosos, no Coração do Coração, cada dia de maneira cada vez mais evidente. Vocês veem verdadeiro, e o que é verdadeiro não concerne de modo algum a esse mundo; é apenas o reflexo do medo e da ausência de Amor que lhes foi imposto, que orientou sua vida, suas crenças, em direção a outra coisa que não à Verdade.

Então sim, sirvam o Amor, sirvam à Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, sirvam cada um de vossos irmãos e de vossas irmãs, não por qualquer ato de caridade, qualquer que seja, mesmo o mais nobre. Não é mais tempo agora dessas fantasias, dessas imitações da verdade, dessas fraudes. É tempo de serem verdadeiros, aí nesse coração onde nunca mais vocês terão sede, onde nunca mais vocês terão fome, onde nunca mais os desejos do efêmero podem contentar o que quer que seja. Comunguem cada dia, mesmo que sua vida esteja ainda muito ativa, encontrem tempo para a Eternidade, para vocês, para a verdade que surge nesse mundo.

Desde agora, os Cavaleiros vão ainda atravessar uma etapa suplementar em sua ação de dissolução. O conjunto da Confederação Intergaláctica e alguns povos da natureza estão com vocês a fim de ampliar e preservar sua autenticidade dos eventos ilusórios desse mundo. Instalem-se aí onde não pode surgir nenhum sofrimento nem nenhuma dúvida. Nenhum conselho poderá vir de sua cabeça, de sua história ou de seu personagem. O melhor conselho, desde agora, é seu coração, ele é seu salvo-conduto, ele é seu guia, ele é seu farol na noite escura da alma que alguns de meus filhos, seus irmãos, suas irmãs, vivem e viverão nesses tempos, a fim de serem liberados de todas as ilusões da predação, da escravidão, do controle de outrem, do manter a Ilusão sobre a superfície desse mundo.

Eu convido hoje, em nome da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, cada um de meus filhos a deixar seu coração se elevar em direção à Verdade, a usar seu veículo ascensional para verificar sua eternidade para assentá-la e manifestá-la sem esforço, com leveza e com intensidade, cada dia renovada, cada dia mais forte.

Lembrem-se que no Coração do Coração nós estamos todos ligados, nós estamos todos unidos e nós somos todos livres. Nenhuma vantagem desse mundo pode lhes trazer, nem que seja uma ínfima parte disso. Vejam a Verdade, vivam. Não coloquem nenhum freio nem nenhum limite às ordens da Luz durante esta semana. O que quer que seu coração lhes diga, façam; o que quer que seu coração lhes peça, cumpram. Estejam presentes neste Amor, nesta Eternidade; estejam presentes cada dia mais intensamente; estejam presentes na Vida, aquela que não passa jamais, onde nenhuma morte pode existir.

...Silêncio...

O Espírito da Verdade trabalha em cada um de vocês e vocês têm todos a mesma finalidade, sem nenhuma exceção, aquela de se reencontrar, aquela de não mais serem levados por qualquer sofrimento ou qualquer limite desse mundo.

Muitos de vocês, meus filhos, descobrem agora a vaidade de todo objetivo, de todo desejo nesse mundo, isso pertence à pessoa e não tem nada a ver com o que vocês são.

Nesse mundo, o poder da sedução e do medo toca seu fim. Não haverá nem demora, nem atraso, tudo se joga e tudo se atualiza agora. E é claro, vocês sabem, ninguém conhece a data, mas nós podemos lhes afirmar – vocês são cada vez mais numerosos a vivê-lo, a senti-lo, a manifestá-lo – que há não somente uma mudança, não somente uma perturbação, mas bem mais o aparecimento final da Verdade eterna, cumprimento das palavras dos profetas num lapso de tempo que permite desde agora, a cada um, de não ser mais afetado, se desejá-lo, pelas circunstâncias do pandemônio desse mundo. O único refúgio é o coração, vocês não têm necessidade de prevenir absolutamente nada. Aliás, porque se prevenir da Luz, senão aqueles que ficaram muito tempo na sombra e que pensam não poder suportar o brilho e a verdade. Tudo isso são as armadilhas destinadas a mantê-los no seio do confinamento desse mundo que não pode mais existir, vocês sabem.

Desde o mês de agosto do seu ano de 2009, não pode mais existir a possibilidade do confinamento, vocês sabem; vocês têm talvez vivido já, desde essa época. Resta-lhes hoje serem crucificados, viver o sacrifício último para alguns de vocês, de retornar para vocês mesmos aí onde tudo está presente em abundância, e aí, como vocês sabem, onde nenhuma fome nem nenhuma sede pode afetá-los, em qualquer necessidade desse corpo e desse mundo, realizando então o que vocês são sobre esse mundo, mas vocês não são desse mundo, mesmo que seu corpo, é claro, seja de fato. Eu lembro vocês que minhas irmãs geneticistas e eu mesma trouxemos há vinte milhões de anos, os códigos de vida da Liberdade no seio dos mundos carbonados. Eu não voltarei sobre a História, porque esta história é apenas uma sombra à parte que se distancia de vocês na verdade do Amor.

Eu venho pedir a vocês hoje, enquanto Mãe, de consagrar todo seu tempo que lhes é possível consagrar, segundo sua vida e segundo as ordens da Luz para estar comigo. Estando comigo em seu coração, vocês estão com cada irmão e irmã da terra, cada um de meus filhos da mesma maneira. Assim, pouco a pouco, a boa nova se propaga; ela não tem necessidade de palavras, ela não tem necessidade de suas mídias, modernas ou antigas, ela tem necessidade que esta boa-nova se propague de coração a coração.

Então vão e anunciem a boa-nova, não por palavras, não desempenhando um papel ou um personagem, mas sendo espontaneamente vocês mesmos, o mais frequente possível. Quaisquer que sejam os elementos de sua vida que queiram recolocá-los nesse mundo e em sua ilusão, em sua estrutura, em seus laços, não se deixem parar, não se deixem frear, nem mesmo desviar do que vocês são. Eu espero vocês e o conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres os espera em sua eternidade, o Arcanjo Uriel se mantém no último limiar do estabelecimento definitivo em seu coração, acendendo, vocês sabem, o Coração Ascensional, fazendo vocês alcançarem sua Merkabah Interdimensional – que ela seja pessoal ou coletiva, pouco importa.

Nós viemos desde agora cantar com vocês, com a Luz, em cada minuto desta terra. Onde quer que vocês estejam, qualquer que seja sua idade, quaisquer que sejam seus limites, quaisquer que sejam suas ilusões, talvez, isso não representa nenhum peso, e tudo isso se dissolve na Graça do Amor. É isso que vocês vivem nesse mesmo momento, às vezes através de certos esclarecimentos, às vezes através de algumas resistências de seu corpo que trazem ainda algumas sombras que não é necessário nem julgar, nem condenar, mas simplesmente deixar se distanciar de vocês.

Vocês não estão mais mantidos por nada nesse mundo. A Luz transcende toda moral, toda lei, todo condicionamento desse mundo. Então, o que vocês esperam para me encontrar? O que vocês esperam para se encontrar, com um impulso a nenhum outro parecido durante esta semana? E cada dia, cada vez mais com ardência, com mais ardência e mais intensidade, vivam a Alegria. O resto não é nada em relação a esta alegria, e quaisquer que sejam as alegrias que vocês podem ter vivido neste mundo, quaisquer que sejam as felicidades que vocês puderam conhecer, quaisquer que sejam seus atrativos, eles serão varridos, se isso já não está feito, durante esta semana.

Então sim, eu venho lhes pedir de serem esta Teofania, de serem o sinal da Luz nesse mundo. Não há nenhum pretexto que possam manter, para se oporem a isso; não há nenhuma circunstância que seja desfavorável a ser isso, desde este instante. Invoquem o Arcanjo Uriel, realizem uma Teofania comigo e observem. Observem o distanciamento de toda dúvida, o distanciamento de todo objetivo no seio desse mundo, lhes mostrando a vaidade do melhoramento de um sistema confinado desde tanto tempo. Sejam verdadeiros, sejam autênticos. Cada um de meus filhos tem a mesma dignidade e a mesma autenticidade, às vezes velada por algum sofrimento ou alguma predação; mas mesmo isso não representa nenhum obstáculo, isso é apenas vaidade.

Então não sejam mais vaidosos, sejam o que vocês são. Em qualquer cargo que vocês tenham nesse mundo ou em sua família, ultrapassem todas essas contingências, todos esses laços, todas essas escravidões, que se revelam sob seus olhos, brilhante de verdade, lhes dando a dizer “sim”, “sim” para a Eternidade, “sim” para a Vida, “sim” para o Amor, e não esse lado acanhado. E lembrem-se que isso se vive em seu corpo. Vocês não têm nada para fugir, vocês têm justamente que se desviar das últimas ilusões e de permanecer firmes em sua eternidade.

A Teofania é um dom da Graça a nenhum outro parecido. Lembrem-se que não há necessidade nem de ser ensinado, nem de ser teorizado, há necessidade de ser revelado, e isso não depende de vocês, isso depende de sua anulação, de seu sentido de sacrifício, demonstrando a si próprios que nada lhes mantém nesse mundo, nem marido, nem mulher, nem dinheiro, nem religião, nem código moral, nem lei, porque vocês são os Filhos da lei do Um, e a lei do Um não tem necessidade de nenhuma outra lei para ser verdadeira.

As leis de seu mundo são apenas os reflexos da heresia, da manipulação e do confinamento. Vocês são convidados, não a se opor a qualquer lei que seja, mas a viver a lei do Amor e a lei do Um. Não joguem mais nenhum jogo da dualidade, não se oponham, sejam vocês mesmos.

Para aqueles de vocês que realizam já sua Teofania, que realizam sua eternidade, eu lhes prometo inumeráveis graças, como a cada um de meus filhos que se desviará de tudo que é ilusão nessa semana.

Eu acompanho vocês durante todo esse mês de maio, e eu voltarei tanto quanto for necessário para afirmar esta Verdade que surge em vocês.

A Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres vai se posicionar de maneira cada vez mais evidente acima de suas cidades, preparando vocês para o Choque da humanidade, o amaciante. Os povos élficos se mantêm prontos a acolhê-los em qualquer lugar da terra onde vocês vivem. O povo dos dragões termina a regularização dos vulcões, permitindo ao Fogo da Terra de vir colocar fim a toda ilusão, ao mesmo tempo que o Fogo do céu.

Eu convido vocês a olhar sempre em vocês. Eu convido vocês a se dirigirem, sem retorno possível no que vocês são se dirigir na Verdade em seu coração. Vocês não têm necessidade de nenhum conhecimento, vocês não têm necessidade de nenhuma carteira, vocês não têm necessidade de nenhuma assistência para serem vocês mesmos. Nós estamos aí para acolhê-los na graça de sua eternidade, mas lembrem, este último passo apenas vocês que podem fazê-lo. É seu livre arbítrio, tal como foi concebido nesse mundo pelos Arcontes, mas também no nível dos elementos que nós, Mães geneticistas, temos colocado para evitar que jamais sua eternidade possa desaparecer. Isso está em vocês, em nenhum outro lugar. Não se deixem mais abusar pelos alarmes desse mundo, pelos alarmes dos pedidos de seu corpo, de sua alma. Sejam o Espírito da Verdade, a estrela flamejante que corta todo laço da Ilusão com a mesma graça e a mesma leveza, sem falhar. Sejam verdadeiros.

Cada um de vocês que me ouve durante esta hora onde eu me expresso, recebeu a Graça de minha Presença, que seja pelo Canal Mariano, que isso seja pela Onda de Vida sob vossos pés. Eu me mantenho em seus pés, como eu me mantenho em seu coração, me colocando de joelhos diante de sua eternidade, diante de sua beleza também, onde nenhum critério desse mundo pode ser aplicado, nem mesmo evocado.

Então, eu convido vocês também a comungar na porta das estrelas, no Sol, aí onde foram retidos por longo tempo seus corpos de Existência. É tempo de se vestir com sua vestimenta de glória, com sua vestimenta de Luz, seu veículo no seio dos mundos livres.

Então, em suas Teofanias, e eu sei que muitos de meus filhos, há uma semana quando da última Teofania e Radiância Arcangélica, viveram a propagação desse Fogo Ígneo para o conjunto de seu corpo, vindo consumir esse corpo de carne para deixar aparecer esse corpo de Eternidade. Não, isso que vem não é a morte, o que vem é a Ressurreição. Somente aquele que tem isso como morte, se vê morrer, e vocês, vocês estão vivos, cada dia um pouco mais. O Fogo Ígneo vai se propagar, mesmo entre aqueles de vocês que não viveram os fenômenos descritos durante todos esses anos e que chegam, se eu posso dizer, agora, em seu coração. Não sejam perturbados por esse Fogo, ele vem devorar, literalmente, o que é passageiro, a fim de deixar aparecer e transparecer, apesar desse corpo de carne, seu corpo de Eternidade, aí onde vocês não têm mais sede, aí onde nenhum alarme desse mundo pode atraí-los nas suas redes.

 Aliás, não há redes, vocês sabem, há apenas hábitos, há apenas um sistema que já está morto, vocês sabem, desde o ano de 2011, e que, portanto, se crê tão poderoso em seus últimos gemidos de agonia. Quaisquer que sejam os países, quaisquer que sejam os povos da terra, o mesmo teatro chega ao seu fim. Não haverá em breve mais película para registrar qualquer imagem que seja e qualquer cenário de vida que seja, a Eternidade se mostra nua a vocês. Então estejam em alegria. Instalem-se o que quer que vos diga sua vida efêmera, instalem-se nessa Eternidade.

Eu responderei a cada pedido individual e coletivo durante esta semana. É mesmo possível a vocês, quando de suas Teofanias, sem mesmo me chamar, sentir minha Presença ao seu lado, vindo encorajá-los nessa Teofania, não em relação a outra pessoa, nem mesmo em relação à sua pessoa, mas é no seio desta Teofania realizada de coração a coração, que o Coração eterno se revela, e que a Luz se instala e se manifesta cada vez mais.

Então sim, mesmo aqueles de vocês que não viveram os processos de expansão da consciência através dos mecanismos chamados vibratórios, que não viveram nem Coroas radiantes, nem a Onda de Vida, nem Canal Mariano, hoje se encontram para serem os primeiros acolhidos em sua eternidade. Em toda Teofania, desde agora, eu ou uma de minhas irmãs nos manteremos ao seu lado para realizar a tri-Unidade do Feminino sagrado, deixando emergir tudo o que representa a Vida, inscrito em toda forma, mesmo sem sexo, no seio do que é chamada a feminilidade que é um atributo em lugar de uma função.

Quando o Fogo Ígneo os toma, vocês são realmente transportados, além de todo limite, de toda forma. Vocês preparam assim o Juramento e a Promessa e o vivem já, quer vocês sejam liberados no curso desses anos ou que vocês o vivam somente agora.

Não busquem colocar isso em qualquer história desse mundo, seja ela a mais bela; não busquem colocar isso com o que pertence ao efêmero. Vocês penetram plenamente no desconhecido, onde nada do que era conhecido anteriormente pode ser de alguma utilidade. Assim, muitos de meus filhos entram já, qualquer que seja a persistência desse corpo, no sem forma. Se tornando bem mais do que os portadores da Luz, do que os ancoradores da Luz, eles se tornam o que eles são de toda eternidade, os Filhos da lei do Um, os Cristos vivos.

Não se deixem, nesses tempos, desviar pelos álibis espirituais dos muitos numerosos falsos profetas que querem escravizá-los, a sua verdade religiosa e ao seu ponto de vista. Sejam livres de toda autoridade, sejam livres de todo condicionamento, não por qualquer desejo, mas simplesmente pela força da verdade de seu coração. Vocês não têm nada a fazer, vocês não têm nada a ser senão o que vocês já são em eternidade.

Então meus filhos, eu vou agora deixá-los repousar a fim de preparar – e quando vocês ouvirem, isso já estará realizado – sua Teofania com o Sol que abrirá sempre mais a porta das estrelas e lhes mostrará seu Sol cada vez mais escancarado e aberto, vivendo ele também sua Liberação e sua Ascensão pelo retorno do astro desconhecido de vocês.

Meu Apelo soará no momento oportuno que eu não conheço, não mais, mas saibam que eu estou, desde agora, pronta a cada minuto, com o conjunto dos povos da natureza, com o conjunto de meus filhos que estão voltando em direção a eles mesmos, em direção à sua eternidade, para cumprir essa passagem. E lembrem-se, é uma alegria inefável, uma verdadeira ressurreição, uma mudança a nenhuma outra parecida; nenhuma mudança desse mundo pode evocar, nem pensar, nem mesmo viver, enquanto o antigo está aí.

O velho, hoje, para vocês meus filhos que estão voltados em direção ao seu coração, em direção a mim, em direção aos seus irmãos e irmãs, através das Teofanias e das comunhões, eu peço a vocês de serem o mais espontâneos possível, de não buscar se entregar ao intelecto no que é vivido, nem interpretação, nem projeção, nem desejo, simplesmente estar aí, com o conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres em sua eternidade. É isso que se revela, é para isso que o conjunto da Confederação Intergaláctica os chama, como uma última graça antes que a Graça eterna se manifeste. O Fogo Ígneo vai se tornar cada vez mais perceptível, mesmo além das Teofanias, sua forma não parecerá mais impermeável como antes, vocês não serão mais limitados nessa forma, mesmo que esta forma permaneça antes de meu Apelo, ou após meu Apelo.

Então celebrem. Celebrem essas Teofanias a fim de que seu cotidiano se torne inteiramente eterno e não sofra mais deficiência, não sofra mais insuficiência, qualquer que seja seu estado inicial, qualquer que seja sua riqueza ou sua pobreza.

A Teofania com o Sol é evidentemente destinada a ampliar o Fogo Ígneo, não mais no Coração do Coração somente, mas no conjunto dessa forma efêmera. Deixem-se consumir pela Alegria, pelo Amor. Em cada um de vocês, o mesmo Fogo Ígneo está trabalhando; em cada um de vocês, o mesmo coração, a única Verdade.

...Silêncio...

Eu sou Maria, Rainha dos céus e da Terra, porta voz da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres. Meu coração de Mãe se derrama sobre cada um de vocês. Meu coração de Mãe reconhece cada um de vocês, porque eu sou efetivamente cada um de vocês, de toda eternidade.

...Silêncio...

Que a Paz, o Amor, a Verdade e a Luz sejam seu reino, nos séculos dos séculos, na Eternidade. Eu amo vocês, então se amem uns aos outros, como ele os amou.

...Silêncio...

Eu sou Maria, Rainha dos céus e da Terra e honro cada um de vocês neste instante, pelo dom do meu coração, o seu coração.

...Silêncio...

E eu abraço cada um de vocês, no Fogo do Amor, no Fogo Ígneo da Verdade.

...Silêncio...

Eu estou aí, como vocês estão aí.

...Silêncio...

Eu estarei com vocês às 06:00 hs (Hora do Brasil) aí onde eu estou, em sua comunhão com o Sol, em seu casamento com o Ki-Ris-Ti, lhes dando a viver o Paráclito, o Espírito da Verdade, lhes mostrando que o Impessoal é a única verdade.

Eu amo vocês e eu os abençoo na Graça perpétua da Teofania.

...Silêncio...

Onde quer que vocês estejam sobre esta terra, eu posso desde agora tocá-los, em qualquer lugar em que vocês se mantenham, e cada um de vocês somente poderá definitivamente me reconhecer, e fazer um ato de arrependimento e de redenção, assim é a Graça da Luz.

Eu amo vocês. Vocês são o Amor. Amem-se nisso que vocês são.

Eu sou Maria, Rainha dos céus e da Terra. Eu sou a Graça em ação com vocês e entre vocês, e lembrem-se que eu estarei ao seu lado em toda Teofania que vocês vivem, vindo confortá-los no que vocês são, além mesmo de toda forma, mesmo no seio dos mundos livres.

Então eu deposito em cada um de seus corações a bênção da Eternidade, e eu digo: “bendito seja o Eterno, bendito seja o Eterno, bendito seja o Eterno”.

Vão em paz.

...Silêncio...

 ***

Tradução do Francês: Mariana Anzzelotti

PDF (Link para download) : português



-------------------------------------------------------------------------------------------------------
Destaco: 

''Eu venho em nome também da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres a fim de vos ordenar a ser o que vocês são. - Maria''

Mas como disse  O.M. AÏVANHOV – 14 de maio de 2011

''Enquanto vocês estão na crença, vocês não podem ser vocês mesmos.''


+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
Espanhol
http://sabesquienerestu.blogspot.com/

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++



3.5.17

BIDI (Sri Nisargadatta)



Sri Nasargadatta Maharaj


BIDI – 29 de março de 2012
Mensagem publicada em 9 de abril, pelo site AUTRES DIMENSIONS.


NDR: Desde 29 de março, esse novo interveniente intervém, respondendo a questões, a fim de acompanhar-nos a viver o Absoluto, o Final.

BIDI apresenta-nos, aqui, as modalidades de suas intervenções a vir.

Sabendo que ele responde, unicamente, na presença da pessoa que questiona (por razões Vibratórias), essas trocas têm, portanto, ocorrido, unicamente, quando de estágios.

Nós lhes agradecemos, portanto, por não nos encaminharem questões escritas.

A pedido de BIDI:

- Nós divulgamos essas respostas, de um lado, porque elas concernem a cada um de nós e, de outro lado, porque elas contêm práticas essenciais sobre o acesso a esse Absoluto.

- As respostas são divulgadas, igualmente, em áudio, a fim de partilhar os aspectos transformadores Vibratórios de suas intervenções.
_________________________________________

Bem, eu lhes digo bom dia.

Dado que é necessário chamar a quem se apresenta por um nome, trata-se de BIDI.
Mas, qualquer que seja o nome que vocês me deem, hoje, em seu espaço/tempo, o modo pelo qual eu me apresento, estritamente, nada tem a ver com o que eu pude ser e é, bem mais, um espaço de apresentação, bem além de qualquer forma, de qualquer nome, de qualquer denominação.

Eu represento, de algum modo, uma conclusão.
Essa conclusão é a própria natureza do que vocês são, para além de toda aparência, de todo corpo, de todo discurso.
Isso, é claro, não poderá, jamais, ser traduzido, além da eventual percepção de minha presença, por palavras.
Contudo, é fácil permitir-se fazer uma espécie de Clareza, no interior mesmo do que vocês creem ser, nessa pessoa, nesse Si, a fim de dar elementos.

Esses elementos não são, em caso algum, de natureza intelectual.
Eles decorrem, inteiramente, de uma soma de evidências.
Essa soma de evidências é, estritamente, a mesma, para cada pessoa, para cada Si.
A função, se se pode dizer, dessa soma de evidências é apenas permitir-lhes – de maneira que eu chamaria de rápida, neste tempo específico desse mundo – superar alguns estágios, algumas etapas.
Não para fazer um estágio ou uma etapa final ou terminal, mas, bem mais, para, num primeiro tempo, torná-los conscientes e, num segundo tempo, fazê-los, de algum modo, penetrar ou sair, de acordo com o sentido pelo qual vocês o tomam, do conjunto de circunstâncias que foi nomeado, aliás, de efêmeras, limitadas, temporárias.

Nossas trocas, além de qualquer palavra, passam, é claro, além da Vibração, pelo que eu nomearia quintessência da Vida, quintessência de toda vida.
Tanto aqui como em outros lugares.
Tanto neste tempo como em todos os tempos.

O apoio, além das palavras, é – é claro – do que vocês nomearam, na falta de outro termo, Onda de Vida, Doação da Graça.
Quaisquer que sejam as denominações e quaisquer que sejam as traduções do que é possível viver, o que eu nomearia, além de toda consideração pertencente a uma cultura, esse Absoluto ou, se preferem, esse Final, que é o princípio, a essência, o início e o fim de todos os possíveis, além mesmo de sua pessoa ou de seu Si.

Eu não voltarei, portanto, jamais, sobre a forma que eu pude ter, mas voltarei, exclusivamente, sobre o conjunto de elementos do que eu nomearia uma lógica inevitável, muito científica e, portanto, reproduzível, com a qual toda consciência, toda forma de Vida pode, doravante, evoluir sem real grande dificuldade.
A não ser que haja, a priori, limites que possam, ainda, obstruir esse Final, esse Absoluto.

A dificuldade reside no fato de que, sempre, para a pessoa ou para o Si, há uma fragilização.
Essa fragilização tem-se, mesmo, na natureza do que é a pessoa ou do que é o Si e que põe diante (essa pessoa ou esse Si), para cada um de vocês, de uma perspectiva que eu nomearia o neant ou o nada.
É, de fato, difícil, para uma forma que tem um conteúdo, considerar que esse conteúdo possa estar presente além mesmo da forma e, portanto, além mesmo de seu conteúdo.
É, de fato, difícil, para a pessoa, como para o Si, considerar que, além dessa forma, mesmo a mais ampla, seja possível que o conteúdo persista e permaneça no que vocês nomeariam neant ou nada.

As palavras que serão empregadas não são destinadas, de maneira alguma, a adulá-los, mas, efetivamente, a questioná-los.
A questionar-se a si mesmos, sobre o que eu nomearia seu papel, seu lugar porque, em definitivo, existe, tanto aqui, como em outros lugares e, em resumo, apenas três lugares possíveis e, unicamente, três lugares.

Além das quatro consciências que vocês conhecem, exprimíveis e manifestáveis nessa forma que vocês habitam, esses lugares são, portanto: uma pessoa, um Si, o Absoluto (ou Final).
Entre os dois primeiros – nomeados pessoa e Si – e o último (nomeado Absoluto ou Final) não pode existir apreensão, nem mesmo compreensão que leve os dois primeiros ao terceiro.

O hábito da forma que vocês habitam é um hábito de separação.
O Si é uma separação mais ampla, mas permanecerá, sempre, uma separação.
O Absoluto, o Final é, muito precisamente, a ausência de toda representação e de toda separação que lhes torna, de algum modo, inteligível a toda possibilidade de observação, de descrição.

É claro, testemunhar ou dar testemunho é possível, mas o testemunho não lhes permitirá, aí tampouco, jamais, ser o Final, o Absoluto.
Os intervenientes pertencentes a estruturas precisas (ndr: o Conclave Arcangélico, a Assembleia dos Anciões, das Estrelas...) evocaram meios e, sobretudo, deram-lhes uma injunção que, mesmo se ela é dificilmente compreensível, é, verdadeiramente, a injunção a mais importante, que é nada fazer e ficar tranquilo.

Esse «nada fazer» e «ficar tranquilo» não é, e não será, jamais, uma diversão, mas, efetivamente, uma forma de lucidez da pessoa ou do Si quanto ao que é da ordem do real, do irreal ou – para empregar uma outra terminologia – o que é da ordem do relativo ou do absoluto.

Minha simples presença é, portanto, destinada, se ela lhes agrada, a orientá-los sobre o que vocês não são e não serão, jamais, a fim de deixar, se tal é seu desejo, o lugar, além da pessoa e do Si, à Verdade Final, ao Absoluto.
Algumas de minhas observações provocarão, em vocês, o que vocês nomeiam resistências e, eu diria que é, justamente, o que será buscado, porque a confrontação consigo mesmos, no que eu poderia nomear a absurdidade total dessa forma, deverá aparecer-lhes como uma lógica perfeita porque, como eu o disse, essa é uma lógica perfeita e de uma precisão, se se pode dizê-lo, matemática, física.

Retenham que eu intervenho de um espaço/tempo que não é linear, que pode, na melhor das hipóteses, traduzir seu questionamento em uma exata questão sobre si mesmos.

Eis, portanto, assim, definidas as regras de nossas conversas a vir.

O sentido de minha própria presença dá conta da possibilidade, para quem foi dissolvido no Absoluto, na FONTE e além, de poder abordar e voltar, embora essa palavra e essa expressão não sejam as mais conformes num modo, para vocês, relativo, que os conduz, se tal é o que vocês São, a aproximar-se do indizível.
Aí também, inúmeras palavras puderam ser exprimidas, dadas.
Elas fazem apenas traduzir a mesma Verdade em outras palavras: vocês são o Absoluto, vocês são o Final, além mesmo de todo sentido de estar numa forma, além mesmo de todo sentido de ser um conteúdo ou um recipiente [container].
As próprias circunstâncias de minha vinda inscreverão, nesse recipiente e nesse conteúdo, uma forma de dinâmica bem além do aspecto nomeado energético ou Vibratório, porque as questões que nós trocaremos serão capazes de fazer, de algum modo, eclodir o que deve eclodir.

Retenham que isso não será, jamais, uma ginástica intelectual, mas, efetivamente, uma lógica inevitável da natureza e da essência do que é a Vida, em sua acepção a mais ampla, desde a vida a mais elementar à vida a mais complexa, se se pode chamá-la assim, dado que o mesmo princípio, o mesmo Absoluto ali está, é claro, não unicamente presente, mas eficiente, inteiramente, porque nenhuma vida poderá existir sem isso.

Esse espaço específico desses reencontros especiais representa, certamente, o meio o mais bem-sucedido, o mais perfeito e o mais lógico de definir e de fazê-los tomar consciência do que vocês não são, deixando lugar, então, ao que deve Ser, além de todo ser.

Eu o repito, pela última vez: isso recorre a uma lógica elementar, principial e inevitável.
Os tempos de ausência de palavras já estão, também, a seu modo, inscritos na lógica e na evidência do que eu chamo nossos reencontros que serão, de fato, apenas o reencontro com sua verdade.

Para além das palavras e de seu sentido, há essa famosa lógica, para a qual vocês estarão, por vezes e, frequentemente, num primeiro tempo, na reação, ou mesmo na oposição.
Isso é normal e faz parte dessa forma de lógica.

Quanto mais a reação for forte, ou mesmo violenta, no interior de si mesmos, mais vocês constatarão efeitos.
Além de uma simples compreensão que se inscreve no pensamento, na energia, na Vibração e, em definitivo, além.

Não julguem.
Não me julguem.
Eu posso, então, garantir-lhes – se se pode dizê-lo – que muito rapidamente, um mecanismo de transcendência por-se-á a caminho em seu conhecido.

Vocês são Final.
Vocês são a essência e o próprio princípio do Amor, da Luz, mas não aquela que pode conceber a personalidade ou o Si.
Vocês são estritamente isso.
Tudo isso.
Apenas isso.
__________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: 
Aqui neste site tem os audios de 2012


Mais mensagens de BIDI traduzidas para Português aqui: 

Março 2012

Abril 2012

Maio 2012

Junho 2012

Julho 2012

Agosto 2012

Setembro 2012

Outubro 2012

2013

2014

Setembro de 2015

Novo blogue com as traduções:

Março 2017

Abril 2017


 ----------------------------------------------------------------------------------------------
Observem os  ensinamentos de BIDI (Sri Nasargadatta) desde 2012 quando ele começou a se manifestar , até agora,  Abril de 2017.




--------------------cacetadas na moleirinha------------------------