*** VORTICE 11 *** > EM DEMANDA PELA VERDADE > PESQUISAR > ANALISAR > DISCERNIR > DECIDIR > AGIR

Seguidores

Apego, desejo e paixão, são as correntes que nos prendem a este mundo.

Apego, desejo e paixão, são as correntes que nos prendem a este mundo.

7.1.10

UMA JORNADA DIVINA VITORIOSA - (PARTES 1 E 2) Por Patrícia Diane Cota-Robles

Recebam, com carinho, este relato de Patrícia Diane Cota-Robles, traduzido por nossa devotada irmã, Regina Drumond, com algumas notas da Ordem Maitreya do Santo Graal, anexadas ao longo do texto.


----------------------------------------------------------------------

UMA JORNADA DIVINA VITORIOSA
(PARTES 1 E 2)


Por Patrícia Diane Cota-Robles



PARTE 1

A cada vez que sou abençoada com o presente surpreendente de participar em uma faceta da revelação do Plano Divino, que envolva a Companhia do Céu e os dedicados Trabalhadores da Luz ao redor de todo o mundo, eu sei, sem dúvida alguma que este abençoado planeta e TODA a sua Vida vão ser bem sucedidos em nossa Ascensão na Luz. Nossa Peregrinação aos locais sagrados ao longo do Mar Mediterrâneo e ao Sul da França, me confirmaram esta Verdade.

A realidade é que os “milagres” que ocorreram durante a nossa Peregrinação transcendem o que pode ser expresso em palavras, mas eu farei o melhor possível para compartilhar com vocês os eventos de nossa jornada.

Havia 103 peregrinos que se juntaram a nós fisicamente nesta viagem. Todos nós estávamos muito conscientes de que havia milhares de Trabalhadores da Luz juntando-se conosco em consciência. Nós mantivemos todos e cada um de vocês seguramente na Divindade de nossos corações, e nos deleitamos no apoio amoroso que recebemos de todo o mundo.

Para compreender a importância desta missão, eu gostaria de compartilhar brevemente com vocês por que o nosso Deus Pai-Mãe enviou a Convocação para o auxílio dos Trabalhadores da Luz encarnados neste empenho.

Nós estamos em um ponto crítico na evolução desta doce Terra. A fim de que realizemos a próxima etapa em nosso processo evolutivo, devemos reverter os efeitos adversos da queda da Graça da Humanidade. Este processo envolve trazer ao equilíbrio as Polaridades Masculina e Feminina Divinas dentro da Chama do Coração de cada pessoa. Isto também envolve preparar cada Chama do Coração e os corpos físico, etérico, mental e emocional de cada alma, para resistir às freqüências da Quinta Dimensão de nossa Presença Eu Sou/Estou (SAT [Existência, em sânscrito] que acolhe CHIT [Consciência, em sânscrito] sob o sopro de ANANDA [Bem-aventurança, em sânscrito]. SAT, CHIT e ANANDA são aspectos indestrutíveis da Emanação da FONTE – nota OMSG), nossa verdadeira realidade Divina.

Anteriormente à queda, as Polaridades Masculina e Feminina de nosso Deus Pai-Mãe foram equilibradas dentro de cada pessoa na Terra. A Polaridade Masculina de nosso Deus Pai ativou o nossos hemisfério esquerdo do cérebro e irradiou no plano físico através do centro do poder de nosso Chacra Laríngeo. Esta freqüência da Luz Divina irradiou como uma Chama de Poder azul safira dentro da Chama Tripla Imortal Vitoriosa em nossos corações. A Polaridade Feminina de nosso Deus Mãe ativou o nosso hemisfério direito do cérebro e irradiou no plano físico através do centro do amor de nosso Chacra Cardíaco. Esta freqüência de Luz Divina irradiou como uma Chama de Amor Cor-de-Rosa Cristalina dentro da Chama Tripla em nossos corações.

Estas duas polaridades perfeitamente equilibradas de nosso Deus Pai-Mãe fundiram-se então em uma poderosa Chama Violeta. Este Fogo Sagrado resplandeceu através de nossos cérebros e despertou os nossos centros espirituais do cérebro ao seu pleno Potencial Divino. Estes centros consistem de nossas glândulas: pituitária, pineal, hipotálamo e os centros ganglionares na base de nossos cérebros.

Com as Polaridades Masculina e Feminina de Deus, equilibradas dentro dos nossos cérebros e nossos centros espirituais ativados ao seu pleno potencial, nossos Chacras Coronários da Iluminação se abriram amplamente, nascendo o Filho ou Filha de Deus, o Cristo ou a Consciência Crística (cristal – nota OMSG), dentro de cada pessoa. Esta freqüência de Luz Divina irradiou como uma Chama de Iluminação amarelo-ouro dentro da Chama Tripla em nossos corações.

A Imortal e Vitoriosa Chama Tripla, que pulsa em cada coração, é a expressão física da Trindade no mundo da forma. A fim de que um Filho ou Filha de Deus exista, esta Chama azul, rosa e dourada, representando o Poder, a Sabedoria e o Amor (Compaixão, Alegria e Bondade - nota OMSG) de nossos Pais Divinos e seu Filho Amado, que devem estar presentes dentro do coração. A fim de que um Filho ou Filha de Deus alcance o seu pleno Potencial Divino, entretanto, a Chama Tripla não deve somente existir, ela deve ser equilibrada. Isto significa o perfeito equilíbrio do Poder de nosso Deus Pai e do Amor de nosso Deus Mãe, que é mais conhecido como o Espírito Santo. Através deste equilíbrio, o Filho Amado de Deus – o Cristo – nasce dentro de cada pessoa.

Em nosso processo evolutivo, houve um ponto no tempo em que os Filhos e Filhas de Deus que evoluem na Terra, fizeram a escolha do livre arbítrio para usar o nosso presente da Vida de modos que eram incompatíveis com a Vontade de Deus. Através de nossos pensamentos, palavras, ações e sentimentos, nós criamos mutações grosseiras dos padrões de perfeição que pulsam dentro do Corpo Causal de Deus. Estas criações humanas errôneas começaram a se manifestar na Terra como envelhecimento, decadência, doença, carência e limitação, medo, guerra, violência, corrupção, condições inclementes do tempo, mudanças cataclísmicas da Terra e outras enfermidades que existem hoje na Terra.

Em uma tentativa fútil de nos abstermos de sofrer muita dor, fechamos os nossos Chacras do Coração para tentar bloquear a nossa habilidade de sentir. Esta fatídica decisão fechou o portal através do qual o nosso Deus Mãe irradiava o Seu Amor no plano físico. Isto forçou o nosso Deus Mãe a recuar a um mero gotejamento de seu Potencial Divino original. Sem o equilíbrio do Amor divino de nosso Deus Mãe, o hemisfério direito de nosso cérebro se tornou quase inativo. Isto fez com que os nossos centros espirituais do cérebro atrofiassem e os nossos Chacras Coronários da Iluminação se fechassem. Nós perdemos contato com O Cristo íntimo. Esquecemos que somos Filhos Amados de Deus, e perdemos a consciência do fato de que tudo o que nosso Deus Pai-Mãe tem, é nosso.

Por eons de tempo, estivemos sepultados na emanação de nossas criações humanas errôneas. Era após Era, os Seres Iluminados, Avatares, Budas e Adeptos encarnaram para tentar despertar a humanidade para a Verdade de quem somos e por que estamos nesta escola Terrena de aprendizagem. O progresso tem sido dolorosamente lento, freqüentemente não existente.

Finalmente, há cerca de 2000 anos atrás, durante o princípio da Era de Peixes, um plano foi acionado para ancorar os arquétipos para o retorno da Humanidade à Consciência Crística. Este plano, semelhante ao que está ocorrendo agora no início da Era de Aquário, envolveu Trabalhadores da Luz encarnados, trabalhando em uníssono (Somos UM SÓ – Nota OMSG) com toda a Companhia do Céu.

O plano era para que dois representantes dispostos de nosso Deus Pai-Mãe encarnassem na Terra para co-criar a matriz do Equilíbrio Divino para as Polaridades Masculina e Feminina de nosso Deus Pai-Mãe. Esta matriz era para ser criada por estas duas almas, moldando o caminho do Amor Divino que abriria o Chacra Cardíaco e permitiria o retorno de nosso Deus Mãe através do Batismo do Espírito Santo.

As almas escolhidas para realizar esta monumental proeza foram o Amado Jesus e o seu Complemento Divino ou Chama Gêmea, a Amada Maria Madalena. Jesus em sua plena capacidade como um Filho de Deus se ofereceu para ancorar a matriz para o Masculino Divino e Maria Madalena em sua plena capacidade como uma Filha de Deus se ofereceu para ancorar a matriz para o Feminino Divino.

Para anunciar a vinda destes dois Seres Magníficos, e trazer a Cerimônia Divina que iniciaria a sua missão, o Ser que conhecemos como João Batista se ofereceu para encarnar na Terra.

Jesus e Maria Madalena desceram juntos à Terra e começaram a preparação para a sua sagrada missão. Esta não foi uma tarefa fácil. O ego humano fragmentado, baseado no medo, que se desenvolveu quando a Humanidade fechou os nossos Chacras Cardíacos, impedindo assim que o nosso poder fosse equilibrado com o amor e a reverência pela Vida, esteve lutando com todo o esforço por milênios para tentar impedir o retorno de nosso Deus Mãe. Esta facção manipulatória de nossa decaída personalidade não iria desistir facilmente do seu controle de nossas vidas.

Jesus e Maria Madalena sabiam que a consciência decaída da Humanidade não iria permitir que as pessoas compreendessem imediatamente a oportunidade de equilibrar as Polaridades Masculina e Feminina de Deus dentro dos seus corações. De fato, eles sabiam que levaria séculos antes que realmente compreendêssemos o que eles estavam tentando nos ensinar. Isto é porque nas Revelações Jesus diz ao Amado João: “No dia em que o sétimo Anjo começar a tocar a trombeta, o mistério de Deus será consumado e não mais haverá tempo”. (O Sétimo corresponde ao nosso ponto mais elevado de consciência, ou seja, o topo de nossa cabeça que se conecta com o 8º chakra, que vibra acima de nossa cabeça e ancora na região de nosso coração físico, e por isto é posto na OMSG – a acolhida nos cinco Graus da Consciência que se expressa na Trinitude Uma de Matéria, Alma e Espírito > em 5, o 3 = 8 - nota OMSG)

Durante a Era de Peixes, o 6º Aspecto Solar da Divindade foi a influência predominante. Agora, durante a Era de Aquários, o 7º Aspecto Solar da Divindade é a influência predominante. Este é o Dia do sétimo Anjo, e ele está começando a tocar a trombeta.

Jesus disse que a voz do 7º Anjo proclamaria o tempo da Segunda Vinda do Cristo. Isto anuncia o retorno da Consciência Crística dentro de cada homem, mulher e criança. Isto ocorrerá através do retorno de nosso Deus Mãe e do Batismo do Espírito Santo, do Batismo pelo Fogo Sagrado.

Apesar da resistência opressora, Jesus e Maria Madalena realizaram a sua missão e ancoraram a matriz para o equilíbrio das Polaridades Feminina e Masculina de Deus dentro da Chama do Coração de cada alma que evolui. Isto ocorreu mesmo se uma pessoa estivesse ou não encarnada, ou se a alma era do passado, presente ou futuro. Após a crucificação de Jesus, os planos da Ressurreição e da Ascensão foram acionados para proteger Maria Madalena da fúria das pessoas que ainda estavam resistindo ao retorno do nosso Deus Mãe. A Fraternidade e a Irmandade Essênia, junto com Mãe Maria, José da Arimatéia, O Amado João e outros discípulos, protegeram Maria Madalena e a filha que ela e Jesus tinham concebido.

Maria Madalena era muito Iluminada pela Companhia do Céu e seguramente guiada a vários locais no planeta, onde ela fosse capaz de ancorar a matriz para o Equilíbrio Divino de nosso Deus Mãe no corpo da Mãe Terra. Isto preparou o caminho para a vinda do Sétimo Anjo e o dia em que ele começaria a tocar a trombeta, quando nosso Deus Mãe reivindicaria finalmente o seu lugar legítimo dentro dos corações dos Filhos de Deus. Este seria um tempo em que a Consciência Crística nasceria novamente nos corações e mentes da Humanidade.

A verdade sobre a missão de Maria Madalena e o fato que ela estava ancorando a matriz para o retorno de nosso Deus Mãe foi ocultada para dissimular o plano das massas e evitar que o plano fosse impedido através do abuso do poder que estava sendo exercido pelos egos humanos patriarcais da Humanidade. (Também foi distorcida a figura do Pai, trazendo para ela o formato de castigador, ao invés do verdadeiro Pai, pura compaixão – nota OMSG).

Seus protetores estavam bem conscientes de sua missão, e após a sua Ascensão eles firmemente mantiveram o Conceito Imaculado para o retorno de nosso Deus Mãe. Estes representantes abnegados da Vontade de Deus formaram escolas de mistério e passaram a informação em símbolos dissimulados e misteriosos que não podiam ser decifrados pelo homem ou mulher comum.

As igrejas Cristãs recentemente formadas tiveram dificuldade em impedir o acúmulo de informação que continuavam a vir à tona de modos misteriosos sobre Maria Madalena e o seu relacionamento com Jesus, a sua Amada Chama Gêmea. Vários Evangelhos estavam sendo circulados, que davam relatos conflitantes do que realmente ocorrera durante o esplendor e a fundação da Revelação Cristã.

Em 325 AD (Ano do Senhor), o Imperador Romano Constantino decidiu que a confusão na doutrina Cristã precisava ser interrompida e que as diversas facções precisavam de um sistema de crença unificado. Ele convocou uma reunião de mais de 300 bispos e organizou o que foi mencionado como o primeiro Conselho Ecumênico. Este foi o Conselho de Nicéia.

Durante esta reunião, ele denunciou o Arianismo, que foi fundado pelo Teólogo Arius. Segundo estes ensinamentos, Jesus era um Filho de Deus, como são todas as Crianças da Terra. Ele reiterava que Deus está dentro de cada pessoa, e que as pessoas não precisam depender de outros Seres Humanos, a fim de se comunicar com Deus ou receber o Perdão de Deus. Este sistema de crença interferiu intensamente com o poder e o controle do clero e da Igreja, assim Constantino ordenou que Arius deixasse e desistisse de ensinar tal heresia. Ao término da reunião, Constantino ordenou uma votação, e todos além de três bispos assinaram o Credo de Nicéia, proibindo o Arianismo.

Constantino sentiu que este voto de apoio lhe deu o direito de prosseguir com a sua missão. Ele reuniu os 48 evangelhos que estavam sendo circulados entre as diversas facções da Igreja. Ele leu todos eles cuidadosamente e selecionou somente os quatro evangelhos que indicavam que Jesus era Divino – acima de todos os outros Seres Humanos. Estes quatro evangelhos não foram nomeados, como foram muitos dos 48 evangelhos. Constantino tomou a decisão executiva de nomear os evangelhos que ele escolhera, para que fossem incluídos na Bíblia: Mateus, Marcos, Lucas e João.

Ele então continuou a ler o resto dos ensinamentos na Bíblia. A fim de manter o poder supremo da Igreja e do clero patriarcal, ele removeu qualquer referência ao relacionamento entre Maria Madalena e Jesus, assim como qualquer referência que ele pudesse identificar em relação à reencarnação. As ações de Constantino redefiniram o status do Cristianismo, e formou a base para a Bíblia usada hoje através do mundo Cristão.

Mesmo com esta óbvia traição da Verdade, a missão de Jesus e Maria Madalena não poderia ser impedida. Para a total consternação da Igreja, a realidade de seu relacionamento espiritual e íntimo continuou vindo à tona. Um a um, os buscadores da Verdade foram guiados às escolas de mistério e sociedades secretas. Pouco a pouco, eles aprenderam sobre a missão sagrada de Jesus e Maria Madalena.

No ano 590, o Papa Gregório I determinou que colocasse definitivamente um término nesta ameaça à supremacia patriarcal da Igreja. O Papa Gregório I declarou que Maria Madalena era uma prostituta e afirmou que ela estava perturbada por sete espíritos do mal. Esta foi a primeira vez que Maria Madalena foi considerada uma prostituta. Esta mentira irracional foi escrita aproximadamente 600 anos após a sua encarnação. Tanto quanto tocou à Igreja, esta história forjada silenciou os rumores sobre a união de Jesus e Maria Madalena.

A fim de manter uma imagem do controle da injúria, os líderes da Igreja tentaram transferir a atenção de Maria Madalena para a Mãe de Jesus, a Virgem Maria. Este foi um esforço fútil em sua tentativa de impedir o retorno de nosso Deus Mãe, porque a Amada Mãe Maria era um aspecto importante do próprio Feminino Divino.

Enquanto os precursores do Feminino Divino progrediam através destes tempos tumultuosos, Mãe Maria protegeu a Verdade sobre Maria Madalena, mantendo o foco exotérico da Mãe Divina. Ao mesmo tempo, Maria Madalena continuou a sua missão de preparar o caminho para o retorno de nosso Deus Mãe através dos círculos esotéricos e de seus ensinamentos dentro das escolas sagradas de mistérios e sociedades secretas.

Por séculos, o Conceito Imaculado da Missão Divina de Maria Madalena com o Amado Jesus foi protegido do mundo externo por seus valorosos protetores. Com tenacidade incansável, estas almas abnegadas prepararam-se para o Dia do Sétimo Anjo, quando o retorno de nosso Deus Mãe seria realizado.

Através da história há partes e fragmentos de informação em relação às almas que cumpriram o serviço de proteger a missão de Maria Madalena e Jesus, mas a maior parte deles está terrivelmente distorcida e contaminada com informação errônea da Igreja patriarcal. Os grupos mais notáveis nesta missão foram os Essênios, os Druidas, os Cátaros e os Cavaleiros Templários.

Dentro das documentações históricas da Inglaterra, Espanha, França e lugares através do Mediterrâneo, as histórias místicas dos Essênios, Druidas, Cátaros e Cavaleiros Templários podem ainda ser encontradas. A prova mais ostensiva da tentativa da Igreja de suprimir o conhecimento secreto do Feminino Divino está revelada nos relatos da horrível perseguição e da brutal morte destes dedicados Trabalhadores da Luz, durante as Cruzadas e a Inquisição.

Desde o início da Era de Aquário, que ocorreu há algumas décadas, os Trabalhadores da Luz estiveram fazendo Peregrinações às áreas onde ocorreram estas atrocidades. A intenção destas peregrinações foi transmutar os Registros Etéricos da dor e do sofrimento envolvidos em proteger a Verdade do retorno de nosso Deus Mãe. Esta purificação foi uma importante faceta do Plano Divino que tinha que ser concluído antes que o Meridiano do Coração bloqueado dentro do corpo da Mãe Terra pudesse ser reaberto. Este Meridiano do Coração é o portal através do qual a conclusão da Missão Divina de Maria Madalena e Jesus será realizada. É o portal através do qual o Equilíbrio Divino das Polaridades Masculina e Feminina de Deus serão reativadas no corpo da Mãe Terra. (Ou seja, um dinâmico, saudável e harmônico equilíbrio entre Espírito e Matéria, através da Alma iluminada por eles gestada – nota OMSG).

Isto nos traz a nossa recente Peregrinação. Para comunicar ao mundo que a purificação do passado tinha sido concluída e que tudo estava em prontidão para a próxima fase do Plano Divino, um surpreendente evento do mundo externo ocorreu. Em 13 de Outubro de 1307, os Cavaleiros Templários através da França foram capturados e colocados em prisões onde eram torturados e eventualmente mortos. Isto foi um esforço massivo orquestrado pela Inquisição para impedir que os Cavaleiros revelassem o segredo de Maria Madalena e do Feminino Divino.

Em 13 de Outubro de 2007, exatamente 700 anos mais tarde, o Vaticano revelou que tinha encontrado alguns documentos de 800 anos dos Cavaleiros Templários, que tinham sido extraviados misteriosamente. O Vaticano disse que os documentos seriam liberados ao mundo, e eles exprimiam pesar por suas transgressões.

Neste ano monumental de conclusão, esta mensagem velada da Igreja apresentando desculpas por suas transgressões passadas, envolvendo os Cavaleiros Templários, foi transmitida via satélite pela CNN através do mundo. Enquanto a Humanidade focalizava a nossa atenção nesta mensagem, a transmutação das atrocidades do passado foi concluída. Este evento ocorreu no dia anterior ao início de nossa gloriosa Peregrinação.

Nosso Deus Pai-Mãe nos contou que o momento para a abertura do Meridiano do Coração bloqueado no corpo da Mãe Terra tinha chegado. Este é o meridiano que os Essênios, os Druidas, os Cátaros e os Cavaleiros Templários estiveram protegendo por séculos, em preparação ao retorno de nosso Deus Mãe. Este foi o mesmo meridiano ao longo do qual Maria Madalena ancorou a matriz para o Equilíbrio Divino das Polaridades Masculina e Feminina de Deus nos anos seguintes à Ascensão de Jesus.

Nossos Pais Divinos disseram que aqueles que foram motivados pelo Chamado do Coração para fazer o sacrifício de nosso tempo, energia e dinheiro para realizar esta missão, tinham feito esta Peregrinação inúmeras vezes durante séculos. Eles nos disseram que as antigas pegadas em que estaríamos percorrendo eram nossas.

Em 14 de Outubro, 103 peregrinos de 15 países começaram a jornada para Barcelona, Espanha. Nós chegamos em 15 de Outubro, e após determinarmos o nosso hotel, nos reunimos para um jantar em grupo. Durante este tempo, o Arcanjo Rafael Consagrou cada um de nossos Corpos Terrenos e nos elevou a uma freqüência que nos permitiria ser os condutores da Luz mais eficazes. Cada um de nós recebeu um colar sagrado com um símbolo do Coração aberto do Feminino Divino para usar durante a nossa aventura sagrada.

Em 16 de Outubro, tivemos um café da manhã juntos e fizemos uma excursão por Barcelona. Barcelona tem cerca de 2000 anos de história. Ela se tornou uma colônia Romana em 133 A .C. Muitas das igrejas e catedrais em Barcelona são dedicadas a várias Santas, mas a maior delas todas é dedicada à Sagrada Família: Maria, José e Jesus. Estes são os Seres na Revelação Cristã que representam o Pai Divino, a Mãe Divina e o Filho Sagrado de Deus, o Cristo. Eles são os representantes do Fogo Sagrado, da Trindade Santa, resplandecendo no coração de cada pessoa.

Este magnífico edifício é chamado de Templo da Sagrada Família (ou seja, a Real Família - Matéria, Alma e Espírito – que emana em cada unidade criativa de vida no Universo – nota OMSG). Uma faceta da estrutura é chamada de Portal Central do Nascimento. Duas abóbadas colossais são dedicadas à virgem Maria e à Jesus, o Cristo, respectivamente. Este é um exemplo de serviço do mundo externo da Mãe Maria no qual ela está substituindo a missão esotérica de Maria Madalena.

No sagrado esforço de construir este Templo, o arquiteto Antoni Gaudi, criou um senso inacreditável de verticalidade, um ponto de encontro entre o Céu e a Terra, Deus e a Humanidade. (O Espírito e o Corpo em que O Espírito encarna, conscientemente [neste conscientemente, a diferença evolutiva do hominal para o animal] – nota OMSG)

Após a nossa excursão por Barcelona, prosseguimos até o cais para embarcar em nosso maravilhoso cruzeiro para começar a nossa Peregrinação através do Mediterrâneo. Em Eras passadas, a Peregrinação na qual estávamos embarcando às várias posições ao longo do Meridiano do Coração da Mãe Terra, era uma árdua e perigosa façanha. neste dia e época, a viagem é feita por milhões de viajantes a cada ano em cruzeiros suntuosos. Este não é por acaso. A Intervenção Divina tem desempenhado uma parte importante neste fenômeno.

Os Seres da Luz dos Reinos da Verdade estabeleceram o tom para a nossa aventura. Eles nos revelaram que o corpo coletivo dos Trabalhadores da Luz presentes nesta Peregrinação, representava o microcosmos do macrocosmos da Humanidade. Eles disseram que as nossas experiências coletivas da vida através de todos as nossas permanências Terrenas, continham um fragmento da experiência Terrestre de cada alma que evolui na Terra. Eles disseram que os Registros Etéricos das experiências dolorosas do passado, foram agora transmutadas, e a nossa missão era servir como representantes no interesse de toda a humanidade, enquanto ancorávamos os arquétipos para a Nova Terra. Nós também fomos solicitados por nosso Deus Pai-Mãe para servirmos como agulhas de acupuntura ao longo do Meridiano do Coração da Mãe Terra.

Nossa orientação Do Céu era nos focalizarmos no Conceito Imaculado do Céu na Terra, enquanto abríamos o Meridiano do Coração e abríamos o caminho para o Equilíbrio Divino das Polaridades Masculina e Feminina de Deus dentro da Humanidade e do corpo da Mãe Terra.

A Companhia do Céu percebeu o nosso senso de reverência e nos assegurou que já tínhamos tudo o que precisávamos dentro de nossos Seres para executar as nossas facetas individuais deste Plano Divino. Eles nos disseram que cada um de nós tinha sido preparado por existências para este Momento Cósmico, então como uma Chama do Coração unificada, liberamos quaisquer sentimentos de dúvida ou inadequação e invocamos a nossa Presença Eu Sou para assumir pleno domínio de nossos pensamentos, palavras, ações e sentimentos.

A Companhia do Céu pediu que durante a nossa viagem através do Mediterrâneo, não organizássemos quaisquer excursões em grupo, envolvendo todas as 103 pessoas nesta missão. Ao contrário, cada um de nós foi instruído a ouvir a nossa orientação interior e a participar individualmente nas excursões e oportunidades disponíveis que ressoassem no âmago de nossos corações. O resultado final deste plano foi que o nosso grupo atravessou cada local ao norte, sul, leste e oeste. Isto nos capacitou a cobrir a série de cada ponto de acupuntura ao longo do Meridiano do Coração da Mãe Terra.

Em 17 de Outubro, alcançamos a Ilha de Maiorca, na Baía de Palma. Os primeiros colonizadores chegaram a esta ilha aproximadamente no século 5, A .C. A maior parte deles veio do sul da França. No ano 123 A .C., Maiorca chegou sob decreto Romano.

Um dos mais importantes e simbólicos monumentos nesta ilha é a Catedral de Maiorca. Era o costume nos tempos medievais dedicar as primeiras igrejas construídas em cidades reconquistadas “dos pagãos”, a Jesus ou Mãe Maria. Em Maiorca, que é um ponto importante ao longo do Meridiano do Coração da Mãe Maria e, portanto, uma faceta do portal para o retorno de nosso Deus Mãe, a catedral foi dedicada à Mãe Maria.

15 de Agosto, dia celebrado como o Dia da Ascensão da Mãe Maria, é o Festival Local. A devoção à Mãe Maria, a Mãe Divina, é refletida através da história da catedral e as obras de arte contidas dentro dela. A catedral adotou como seu brasão, o Trono de Maria nas ondas. O elemento água representa o Corpo Emocional e a natureza do sentimento de nosso Deus Mãe. (Esta imagem simboliza o domínio sobre as emoções – as emoções referem-se à FLUIDEZ de Alma no Universo; do latim emovere, colocar em movimento. Segundo O CORAÇÃO MESTRE/OMSG tudo o que colocamos em movimento deve ser em movimentos de PAZ. Outro símbolo esotérico é a imagem de Jesus caminhando sobre as águas; tem este mesmo significado – nota OMSG).



PARTE 2



Na manhã seguinte, em 18 de Outubro, nos reunimos para uma meditação no cruzeiro. Os Seres de Luz revelaram que um influxo de Luz Divina sem precedentes banhou a Terra durante todo o ano de 2007. Isto é devido às poderosas atividades dos Trabalhadores da Luz por todo o mundo. A Companhia do Céu disse que este presente intensificado da Luz Divina tinha preparado o corpo da Mãe Terra para a reativação dos seus Vórtices Elementais.

Estes vórtices são campos de força de Luz giratórios dentro dos estratos: físico (terra), emocional (água), mental (fogo) e etérico (ar) da Terra. A intenção original destas esferas de Luz era sustentar o fresco esplendor do Jardim do Éden na Terra. Com a queda, estes vórtices se tornaram inativos. Este evento trágico resultou na decadência e degeneração nos corpos da Mãe Terra.

O abuso que a Humanidade impôs no corpo da Mãe Terra Através de nossa ganância e poluição tem exacerbado o problema intensamente. Agora é o momento para que revertamos os efeitos adversos não só da queda, como também do abuso do poder da humanidade (ou doutra forma posto: desumanidade – nota OMSG). É o momento para regenerarmos a perfeição do Céu na Terra.

Através de uma atividade de Luz orquestrada pela Companhia do Céu, os Trabalhadores da Luz no cruzeiro, serviram como a Porta Aberta para a reativação dos Vórtices Elementais da Terra. Seguindo esta atividade de Luz, desembarcamos em Tunis, a capital da Tunísia, Que se localiza ao norte da África.

No 2º milênio A.C., Tunis foi fundada pelos Berberes. Em 146 A .C, os Romanos destruíram Tunis, mas ela foi mais tarde reconstruída por Augustus e se tornou uma importante cidade sob o controle Romano.

Os Seres de Luz disseram que enquanto percorríamos o solo sagrado nesta região, estaríamos nos conectando com os antecessores da Humanidade anteriormente à queda. A África é considerada o início da Humanidade por grande parte do mundo científico, desde que a maior parte dos círculos acadêmicos nega a existência da Lemúria e da Atlântida. É o local no planeta onde os efeitos extremos da queda da graça da Humanidade estão emergindo para que sejam purificados e transmutados em Luz. A África está destinada a ser um continente poderoso de Luz, e os padrões para esta Transfiguração estão sendo ativados agora. (assim como toda a América do Sul, em especial o Brasil, originalmente um só continente, aberto posteriormente pela força centrífuga de rotação do eixo da Terra ao longo de milhões de anos – nota OMSG)

Enquanto os peregrinos projetavam a Luz dos Vórtices Elementais recentemente ativados no corpo da Mãe Terra, novos arquétipos para o Céu na Terra foram liberados através de nossas Chamas do Coração e gravados em um campo fluido de Potencial Divino imanifestado. Isto foi vitoriosamente realizado através dos esforços unificados de nossa Presença Eu Sou e do Poderoso Elohim, os Construtores da Forma. Esta atividade de Luz estabeleceu o Projeto Divino para a manifestação física da Nova Terra. Estes padrões de perfeição estiveram vibrando no Corpo Causal de Deus (VIBRACIONAL no Universo – nota OMSG) por eons de tempo, aguardando este momento quando eles finalmente se tornariam uma realidade tangível na Terra.

Toda a vida está correlacionada, interconectada e interdependente. Não há separação. Conseqüentemente, sempre que a Luz de Deus aumenta na Terra, tudo que seja incompatível com esta Luz é atraída para a superfície em um compasso acelerado para que seja purificado e transmutado. Desde a ativação dos Vórtices Elementais, os padrões da Nova Terra estiveram fluindo através dos corações e mentes dos Trabalhadores da Luz em todo o planeta. Isto fez com que a purificação da Terra fosse intensificada. Temos visto o que parece ser um aumento dramático nos incêndios, estiagens, inundações, terremotos, vulcões e outras condições extremas do tempo.

Estes eventos estão sendo orquestrados pelo Elohim, pelos Diretores do Reino Elemental, pelas Legiões de Luz através do Infinito e pela Presença Eu Sou/Estou (SAT [Existência, em sânscrito] que acolhe CHIT [Consciência, em sânscrito] sob o sopro de ANANDA [Bem-aventurança, em sânscrito]. SAT, CHIT e ANANDA são aspectos indestrutíveis da Emanação da FONTE – nota OMSG) de toda a Humanidade. O desejo de todos os envolvidos é completar esta purificação vital e imperativa de nosso lar Terrestre com uma quantidade mínima de perda de vidas e uma quantidade mínima de destruição.

Em 19 de Outubro, chegamos a Malta, que está localizada no centro do Mar Mediterrâneo. Malta tem sido há muito um foco para o Feminino Divino e nosso Deus Mãe. Ela tem servido como uma ponte entre a Europa e a África, ao longo do Meridiano do Coração da Mãe Terra. As ilhas de Malta estão somente a 90 quilômetros da Sicília e 290 quilômetros da costa Africana. Malta tem a maior densidade de população por quilômetro quadrado de qualquer país Europeu.

Em tempos pré-históricos, grandes templos megalíticos foram construídos em Malta, em honra da Deusa. Estima-se que o primeiro destes templos de pedra existiram anteriormente a 3600 A .C. Durante a escavação, estátuas de pedra das Deusas de aproximadamente nove pés de altura, foram encontradas dentro e em volta destes templos. Há também um templo subterrâneo chamado Hipogeu. Este templo data de muito antes de 5000 A .C. Ele é conhecido como a casa da Deusa Adormecida de Malta.

Em 1530, o Imperador Charles V deu as Ilhas de Malta aos Cavaleiros da Ordem de São João, um derivativo dos Cavaleiros Templários. Estes Cavaleiros eram protetores do Feminino Divino e os guardiões dos ensinamentos sagrados do verdadeiro significado da Cerimônia Divina do Batismo do Espírito Santo. Esta é a cerimônia que João Batista iniciou como um passo crítico ao retorno de nosso Deus Mãe, o primeiro passo no retorno da Humanidade à Cristandade. (metáfora para “mergulho nas águas sem perecer nas águas”, ou seja, envolvimento com o movimento sem ser levado pelo movimento, ou ainda, o domínio sobre nosso emocional, sem deixar-se dominar por ele – nota OMSG)

Nota-se que o controle de 250 anos dos Cavaleiros da Ordem de São João é o mais ilustre na história do arquipélago. Uma das mais importantes heranças deixadas à Malta pelos Cavaleiros é a cruz de oito pontas, conhecida agora como a Cruz de Malta. Nossa viagem à Malta foi um fator chave em nossa Peregrinação sagrada e um dos destaques para todos os Trabalhadores de Luz em nosso grupo.

Em 20 de Outubro, chegamos às costas de Palermo, na Sicília. Os Trabalhadores da Luz foram de vários modos e percorreram o solo sagrado. Há dois importantes focos de Luz que se irradiam dos picos da montanha, em ambos os lados de Palermo. Um é a aldeia de Monreale que fica no topo do Monte Caputo. Monreale é conhecida por sua bela catedral, que foi comissionada em 1166 pelo Rei Normando, William II. Quando nós chegamos, havia uma cerimônia de casamento acontecendo. Era um símbolo perfeito da união do Masculino Divino e do Feminino Divino.

O segundo foco de Luz é o Santuário de Santa Rosália. Este santuário está em uma caverna, pousado no alto do Monte Pellegrino. Na metade do século 12, uma jovem chamada Rosália refugiou-se na caverna. Acredita-se tradicionalmente que ela pertencia à família Normanda reinante e era talvez a sobrinha de William II. Ela se dedicou à vida de oração e penitência. Após a sua morte em 1166, desenvolveu-se um culto de devoção entusiástica e popular, conduzindo a sua beatificação e a sua adoção como a santa padroeira da cidade.

A energia dentro da caverna está vibrando com as freqüências poderosas de nosso Deus Mãe. A atmosfera é quase idêntica às energias dentro do santuário-caverna de Maria Madalena em Sante Baume, na França. Quando os Trabalhadores da Luz chegaram a este santuário, estava ocorrendo outra cerimônia de casamento. Agora isto é a sincronicidade Divina. (Acredita-se que água que goteja das paredes dentro deste santuário da caverna, seja milagrosa.)

Em 21 de Outubro, nós viajamos para Civitavecchia, onde desembarcamos e embarcamos em ônibus para várias excursões em Roma. Os Trabalhadores da Luz em nossa Peregrinação estavam muito conscientes de que nos era dada uma rara oportunidade para ancorar os arquétipos para um novo paradigma dentro do coração do Cristianismo e de todas as religiões do mundo. Este paradigma que envolve o retorno do pleno Momentum Divino do Amor de nosso Deus Mãe, e a restauração do Equilíbrio Divino de nosso Deus Pai-Mãe dentro de cada Chama do Coração e cada faceta da Vida na Terra.

Em 22 de Outubro, viajamos para Savona. Esta cidade italiana é bem conhecida por sua conexão com Cristóvão Colombo e sua formação da infância. Cristóvão Colombo foi uma das encarnações de Saint Germain, e ele estava muito alinhado com o Feminino Divino através de sua adoração à Mãe Maria. Savona tem várias igrejas, dedicadas à Mãe Divina.

Em 23 de Outubro, o nosso navio retornou para Barcelona onde a nossa excursão do Mediterrâneo foi concluída. De manhã cedo, nos reunimos para uma meditação final a bordo do cruzeiro e selamos as nossas atividades de Luz no abraço incomensurável do Amor Divino de nosso Deus Mãe. As Legiões de Luz disseram que a primeira fase do Plano Divino para a nossa Peregrinação tinha sido consumada Divina e Vitoriosamente. O Meridiano do Coração no corpo da Mãe Terra estava aberto agora amplamente, e era o momento para que embarcássemos na segunda fase de nossa missão.

Nós deixamos o navio e embarcamos em ônibus para uma viagem de duas horas à Montserrat, nos Pireneus, na Espanha. Esta aldeia está situada ao alto, nos monólitos de pedra que formam as montanhas deste lugar místico. A presença humana em Montserrat data antes do período Neolítico, aproximadamente em 3000 A .C. Montserrat é conhecida por sua rara beleza e a basílica que abriga uma extraordinária estátua da Madona Negra e do Filho. Partes deste maravilhoso edifício datam anteriormente a 1300.

Estátuas da Madona Negra (alusão ao berço civilizatório da África – nota OMSG) são encontradas em muitos locais ao longo do Meridiano do Coração da Terra Mãe e vários outros locais fundamentais ao redor do mundo. A explicação oficial que é dada freqüentemente pela Igreja para este fenômeno é que a madeira mudou de cor, devido à oxidação e à fumaça das velas. Isto pareceria lógico se esta mesma “descoloração” ocorresse com outras inumeráveis estátuas nas igrejas ao redor do mundo, mas isto não ocorreu.

A coloração escura das estátuas representando a Mãe Divina através da imagem de Mãe Maria, são sinais do mundo externo que estão sendo dados à Humanidade do mistério e do manto da escuridão que suprimiu a Verdade de Maria Madalena, a realidade do Feminino Divino e nosso Deus Mãe.

Montserrat é também famosa pelo magnífico coral dos meninos que canta toda noite na Basílica. Há evidência documentária que o coro de Montserrat existia desde o final do século treze. Ele é considerado o conservatório mais velho na Europa.

Nós somos abençoados por sermos capazes de ouvir a este maravilhoso coro e percorrer os solos sagrados de Montserrat. Este lugar especial foi perfeito para que iniciássemos a segunda fase de nossa missão, que era integrar os padrões para a Nova Terra na substância física do planeta a um nível celular atômico. A Companhia do Céu regozijou-se na realidade que após eons de tempo, este processo poderia ser agora consumado através do Meridiano do Coração da Mãe Terra recentemente aberto.

Após ouvir a belíssima música do coro de Montserrat, nos reunimos para o jantar e um momento de compartilhar antes de nos recolhermos após nos encantarmos com as maravilhas de Montserrat.

Na manhã seguinte, 24 de Outubro, embarcamos nos ônibus e começamos a nossa jornada para Carcassonne, ao sul da França, onde passamos as quatro noites seguintes. Este é um local famoso dos Cátaros e dos Cavaleiros Templários. Ao deixarmos a Espanha, viajamos através de Andorra, um encantador país de montanhas, onde paramos para almoçar. Posteriormente, entramos na França e viajamos através de maravilhosas aldeias do século 13. Passamos por Montsegur, que é o restante do castelo no topo da montanha que é conhecido por ser o lugar da última estadia dos Cátaros.

Chegamos em Carcassonne à noitinha. Carcassonne é um magnífico castelo e dentro das suas plataformas está uma aldeia medieval diretamente fora da Idade Média. Ele preservou toda a mágica e o charme de sua estrutura de tempo original, e enquanto atravessávamos o fosso, parecia que estávamos entrando no passado. Ficamos em hotéis dentro das paredes do castelo, onde fomos abençoados com a oportunidade de vivenciar esta aparente deformação do tempo.

A cada dia viajamos para vários locais ao sul da França que nos capacitou a realizar a nossa missão. Em 25 de Outubro, viajamos a um santuário místico que é dedicado aos Anjos e ao seu perpétuo auxílio à Humanidade. Este local inacreditavelmente sagrado está localizado em Alet-les-Bains, Aude. Esta é a aldeia onde Nostradamus foi criado por seus avós. Acredita-se que a água aqui seja mágica, água de cura.

Nostradamus era Judeu, e eventualmente mudou o seu nome Hebraico para evitar a perseguição. O nome que ele escolheu, Nostradamus, significa Nossa Senhora.

Quando chegamos ao Santuário dos Anjos fomos recebidos por Eugene e Lorrie, o pai e a mãe de uma maravilhosa família Irlandesa, cujos membros são os administradores deste portal de Luz. Lorrie se comunicou com os Anjos durante toda a sua vida. Ela e Eugene foram orientados há pouco mais de um ano a trazer a sua família da Irlanda a este local sagrado na França. Os anjos lhes pediram que abrissem o Santuário dos Anjos e a Galeria de Arte que atrairia pessoas de todo o mundo.

Lorrie faz aquarelas dos Anjos, com os seus dedos, Divinamente inspiradas. É então lhe dada uma maravilhosa mensagem que é enviada com cada Anjo. Enquanto andávamos em silêncio através do Santuário-Galeria de Arte, fomos transportados em uma meditação sagrada que transcendeu o tempo e o espaço.

Neste estado exaltado de consciência, nosso Deus Pai-Mãe, Tudo O Que É, revelou que este local é o portal através do qual o Átomo da Semente Permanente para a Chama Tripla Vitoriosa e Imortal da 5ª Dimensão (dimensão da totalidade – nota OMSG) entra no Coração da Mãe Terra (ocupa em totalidade o Centro do SER (SAT), através da Consciência Iluminada (CHIT) nos filhos e filhas sagrados que somos, por acolhermos o sopro da FONTE (ANANDA) – nota OMSG).

A fim de compreender a magnitude do que isto verdadeiramente significa, é importante compreender apenas o que é o Átomo da Semente Permanente (A Trina Essência Universal de Espírito, Alma e Matéria, UNA, INDIVISÍVEL e INDESTRUTÍVEL – nota OMSG). A primeira coisa que ocorre quando é dada a uma alma permissão de encarnar, é que a Presença Eu Sou/Estou seleciona a freqüência mais elevada da substância de Luz eletrônica que a alma obteve desde que realizou a primeira respiração da essência da Criação. Esta Luz pura é então colocada no útero da mãe e forma o Átomo da Semente Permanente no coração para a alma que chega.

Este Átomo da Semente cria a força magnética que atrai a informe substância primordial de Luz do Coração de nosso Deus Pai-Mãe que formará a Chama Tripla Vitoriosa e Imortal no coração da alma que chega. Então a substância primordial de Luz que formará o restante dos corpos físico, emocional, mental e etérico, para a alma é atraída ao redor da Chama Tripla.

Nosso Deus Pai-Mãe nos revelou que enquanto estávamos no Santuário dos Anjos, o Átomo da Semente Permanente para a Chama Tripla da 5ª Dimensão no Coração da Mãe Terra foi guardada no Sol de Justa Compressão no Centro da Terra. Este poderoso campo de força de Luz está agora no lugar adequado para atrair a substância primordial de Luz da 5ª Dimensão que será usada para criar a Chama Tripla e o Conceito Imaculado do estrato físico, emocional, mental e etérico para a Nova Terra.

Isto significa que os padrões de perfeição que já foram gravados no campo fluido do Potencial Divino não manifestado, serão agora criados no plano físico da Terra. O significado deste milagre e o que ele significará ao acelerar a Transfiguração deste abençoado planeta está verdadeiramente além da compreensão de nossas mentes finitas.

Há um website para a Galeria de Arte dos Anjos, e eu gostaria de compartilhá-lo com vocês. O endereço é: http://www.angelart-sanctuary.com/

Em 26 de Outubro, houve uma poderosa Lua Cheia. Neste dia, nós nos dividimos em dois grupos e fomos em direções separadas. Isto foi necessário porque os locais sagrados aos quais fomos guiados eram muito pequenos para receber 103 pessoas. Um grupo foi à histórica cidade de Minerva dos Cavaleiros Templários e dos Cátaros, chamada depois de Deusa da Verdade. O segundo grupo foi à Rennnes le Chateau, a igreja que manteve o mistério de Maria Madalena e do Santo Graal desde os tempos antigos.

Minerva é o nome Romano para a Deusa Grega, Palas Athena, a Deusa da Verdade. Dentro da Luz radiante da Deusa da Verdade, o segredo de Maria Madalena e a Verdade do Feminino Divino foram protegidos do mundo exterior pelos dedicados Cátaros e os Cavaleiros Templários.

Em Minerva há uma imensa caverna dentro da qual os Cátaros conduziam as cerimônias Divinas para preparar o portal através do qual o Feminino Divino entraria novamente no plano físico. Eles sabiam que esta preparação era para um tempo futuro quando nosso Deus Mãe retornaria, e a Nova Terra seria criada como uma realidade física. Este foi o momento.

O dia parecia místico. Houve uma suave neblina e uma chuva purificadora que nos abriu o caminho. A caverna é difícil de alcançar, mas invocamos os Anjos da Chama da Ascensão e lhes pedimos que nos acompanhassem à caverna. Sentimos os Anjos ao nosso lado, e muitos dos peregrinos disseram que sentiram como se eles estivessem flutuando sobre as rochas até à caverna. Quando chegamos, havia um vento poderoso soprando através da caverna, da entrada até a outra extremidade.

Quando entramos na caverna e assumimos as nossas posições em preparação para a nossa meditação, fomos acompanhados por um cão negro e sujo. Um dos Trabalhadores da Luz começou a tocar a sua flauta, e o cão começou a se movimentar alegremente dentro e fora do grupo. Quando a meditação começou, o vento uivante parou imediatamente, e o cão assumiu uma posição de realeza como o guardião do grupo. Ele não se moveu durante toda a meditação.

As Legiões de Luz revelaram que esta caverna foi preparada pelos Cátaros para que fosse o portal de Luz, através do qual o retorno de nosso Deus Mãe seria criado no plano físico. Ele é o canal do nascimento para o influxo das freqüências da 5ª Dimensão do Feminino Divino ao longo do Meridiano do Coração da Mãe Terra. A Verdade desta informação complexa pode somente ser compreendida nos recessos mais profundos de nossos corações. Os Seres de Luz nos disseram para Sermos e Conhecermos.

Na conclusão de nossa meditação, entoamos o (AUM) \ três vezes. No terceiro (AUM) \, nosso cão guardião juntou-se a nós e uivou a sua versão do (AUM) \. Quando estávamos prontos para deixar a caverna, membros de nosso grupo viram o cão saindo pela parte de trás da caverna com uma pessoa em cada lado dele. Alguém de nosso grupo seguiu o trio fora da caverna para tirar uma foto, mas subitamente o cão e os dois Seres não foram encontrados em lugar nenhum.

O segundo grupo foi a Rennes le Chateau, um local bem conhecido que esteve protegendo os mistérios de Maria Madalena e do Feminino Divino desde os tempos medievais. A Igreja original de Maria Madalena data anteriormente aos anos 800. A atual Igreja de Maria Madalena foi construída no topo das ruínas da velha igreja no início de 1800. Esta igreja é uma surpreendente conglomeração de símbolos e mistérios, envolvendo o Santo Graal e o Feminino Divino, todos eles apontando para este momento no tempo.

A esperança tem sido sempre que a Humanidade seria capaz de reverter os efeitos adversos da queda, e que um dia, mesmo as almas mais recalcitrantes, reivindicariam o seu Direito Nato como Amados Filhos de Deus. O conhecimento interior dos Trabalhadores da Luz através das Eras tem sido que isto poderia somente ocorrer se o Amor de nosso Deus Mãe retornasse à Terra, e que o Masculino Divino e o Feminino Divino fossem novamente equilibrados dentro de cada Chama do Coração.

Posicionada na entrada da Igreja de Maria Madalena em Rennes le Chateau, está uma surpreendente estátua, representando esta transformação desejada dentro dos corações das almas caídas. A estátua é uma representação do demônio, um símbolo da alma mais recalcitrante de todas, ajoelhado em total entrega, enquanto segura no alto uma concha contendo Água Sagrada para abençoar as pessoas que estão entrando na igreja para adorar a Deus.

Este ato de serviço abnegado aos Filhos de Deus, demonstra que até a mais escura das almas caídas deseja se tornar um digno Filho de Deus. O fato de que ele esteja segurando a Água Sagrada, que é o elemento do corpo emocional e o condutor da Natureza do Amor de nosso Deus Mãe, representa a sua disposição em permitir o retorno tanto do Deus Mãe, como do pleno momentum do Feminino Divino.

Dentro da Igreja de Maria Madalena há uma bela pintura de João Batista na parede. Ele está batizando Jesus no Rio Jordão, iniciando assim a ascensão de Jesus no Cristianismo. A pomba do Espírito Santo, que é o símbolo de nosso Deus Mãe, está projetando raios de Luz ao Chacra Coronário de Jesus. Este quadro universalmente conhecido, demonstra claramente a Verdade que o caminho à Consciência Crística é através do retorno de nosso Deus Mãe.

Na frente da igreja há duas estátuas, uma de cada lado do altar. Uma estátua é de São José segurando uma criança, e a outra estátua é de Mãe Maria segurando uma criança. Mãe Maria e José simbolizam os membros da Sagrada Família que representam o Masculino Divino e o Feminino Divino. As crianças que eles estão segurando simbolizam as Chamas Gêmeas de Jesus e Maria Madalena, que representam o Filho Divino e a Filha de Deus, O Cristo.

Através do resto da igreja há representações de Jesus e Maria Madalena em seu papel exaltado como a Presença Feminina do Cristo. Alguns dos símbolos são levemente velados, mas a maior parte deles são óbvios.

Enquanto os nossos peregrinos atravessavam este solo sagrado, o véu se ergueu e a Verdade esotérica do Aspecto Feminino do Cristo foi liberada e reativada dentro do estrato mental e emocional da Terra. Este conhecimento sagrado está agora facilmente disponível para todos e se infiltrará nos corações e mentes conscientes da Humanidade.

Depois os dois grupos completarem as nossas facetas do Plano Divino para o dia, nós nos unimos em uma pequena igreja chamada Notre Dame, Nossa Senhora. Esta igreja é famosa por sua Madona Negra. Após passar alguns momentos tranqüilos, assimilando as maravilhas do dia dentro do abraço de Nossa Senhora, retornamos à Carcassonne.

No dia seguinte, 27 de Outubro, os caminhos de nosso grupo foram invertidos, e os grupos seguiram os passos do outro para completar a missão e acrescentar os toques finais a esta faceta milagrosa do Plano Divino.

Nos dias 27 e 28 de Outubro, vivenciamos o final dos três alinhamentos de Plutão com o Centro Galáctico. Este raro grupo de alinhamentos ocorre somente uma vez a cada 248 anos. O primeiro alinhamento ocorreu em Dezembro de 2006, o segundo foi em 17 de Julho de 2007, o momento da ativação de Incendiar a Rede. Agora foi o momento para o terceiro e último alinhamento.

Em 27 e 28 de Outubro, enquanto a nossa Peregrinação estava chegando à Conclusão, Plutão se alinhou com o Centro Galáctico pela última vez. Este alinhamento abriu um portal que permitiu um influxo de Luz sem precedentes dos Sóis além dos Sóis e das Galáxias além das Galáxias. A freqüência desta Luz foi carregada com o pleno Momentum Divino de nosso Deus Mãe, que permitiu que o nosso Planeta Terra mudasse a matriz da Nova Terra a um nível celular, atômico. Esta foi a preparação perfeita para o dia final de nossa Peregrinação.

Em 28 de Outubro, nos encontramos cedo para o café da manhã e para nos despedirmos da bela Carcassonne. Durante a manhã, viajamos através da bela zona rural na França para Lourdes e ao Santuário de Bernadette. Quando chegamos ao nosso destino, nos instalamos em nosso hotel. Observamos então as maravilhas de Lourdes. Percorremos a Gruta, onde fica a estátua de Mãe Maria. Bebemos lá a Água da Cura e a recolhemos em diversas garrafas. A inscrição sob a estátua da Mãe Maria é: “Que Soy Era Immaculada Concepciou.” A tradução é: “EU SOU a Imaculada Conceição”.

A energia de esperança e expectativa é palpável em Lourdes. No dia em que chegamos foi o auge de uma reunião de três dias que tinha atraído milhares de fiéis a Lourdes. Quando o Sol estava começando a se pôr, havia uma procissão massiva através das ruas de Lourdes. O cântico era místico, enquanto a procissão avançava pela cidade. Havia pessoas que vinham à Gruta em vários estados de doenças. Elas se uniam as suas famílias e ao povo, orando à Mãe Maria para a sua Intervenção Divina.

Lourdes é um poderoso campo de força de Luz, que representa a Mãe Divina, mantendo o Conceito Imaculado da Perfeição Infinita para a Humanidade e para toda a Vida que evolui nesta doce Terra. Que lugar perfeito para a fase final de nossa missão e a mudança da Terra na matriz da Nova Terra.

Nesta noite tivemos a nossa reunião final e nosso jantar de celebração. Completamos a nossa Peregrinação com uma meditação para auxiliar a Presença Eu Sou de cada homem, mulher e criança na Terra para elevar cada alma à perfeição física infinita de seus Corpos Solares de Luz.

Na manhã seguinte começamos a nossa jornada para casa. Eu acredito que cada um de nós estava oprimido pela gratidão e com um sentimento de deslumbramento e reverência ante os milagres que ocorreram na Terra nesta época. Obrigada, Deus!



Patrícia Diane Cota-Robles
New Age Study of Humanity's Purpose, Inc.
a 501 (c) nonprofit educational organization
http://eraofpeace.org
FAX: 520-751-2981; Fone: 520-885-7909
PO Box 41883, Tucson, Arizona 85717



Traduzido por: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

Notas OMSG – geraldomikael@hotmail.com



***A informação nesta participação mensal está sendo dada à Humanidade pelos Seres de Luz, nos Reinos da Verdade Iluminada. A Intenção Divina desta informação é encorajar, capacitar, elevar e inspirar todos nós, permitindo-nos ver a cena maior durante estes tempos maravilhosos, mas extremamente desafiadores.

______________________________________________________

Irmãs e Irmãs de OMSG,

Cada UM emanando Trinamente

nos Cinco Graus da Consciente Alma

que acolhe o Sopro do Pai radiando-o para o Corpo da Mãe!

Recebam, com carinho, este relato de Patrícia Diane Cota-Robles, traduzido por nossa devotada irmã, Regina Drumond, com algumas notas da Ordem Maitreya do Santo Graal, anexadas ao longo do texto.

Através de um belo trabalho histórico e relato de experiência, é-nos colocado, em forma de personagens de nossa história na Terra, imagens simbólicas e metáforas,

sobre a Essência Trina Universal. Vale ler e guardar este arquivo.
 Lembrando a todos que estamos nos dirigindo para o 9º Movimento da OMSG junto à internet, num total de 13, agora no período manifestação zodiacal de Áries.

A todos que desejarem renovar seu movimento iniciático e participar das cinco semanas de práticas para a ancoragem dos Saberes sobre a Trina Essência Universal consciencializada para o sistema Terra, basta responderem o e-mail a pessoa que o enviou a você:
geraldomikael@hotmail.com


SIM, DESEJO RENOVAR MINHA INICIAÇÃO E PRÁTICAS
NA TRINA ESSÊNCIA UNIVERSAL,

AGORA NO PERÍODO DE ÁRIES DE 2010.


? ¶ Ω
 “Somos Fidedignos do UM.

Eis a Única Intenção que promove a Cósmica Irmandade Sagrada

na Ordem Maitreya do Santo Graal:

Quem são nossos irmãos e irmãs senão aqueles que,

na Bondosa acolhida da Mãe, auxiliam a dar forma a Vontade soprada do Pai?

Esta é a Única e Real Família! Céu na Terra a cada Instante.

Bem-aventurado o Coração que, como Mestre, aprendeu a pulsar a música

da Trina Essência nos Cinco Graus de Consciência!”


(OM GMK, NÓS OMSG)

Em bondade, alegria e compaixão,
bem-aventurança para todos.
-------------------------------------
________________________________________
Nota: AUM ou OM, som primordial
Não sei editar aqui o simbolo correspondente.
-------------------------------------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário