Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

26.6.10

OS EXTRAORDINÁRIOS ECLIPSES DA GRANDE CRUZ - Canalização especial de Metatron através de James Tyberonn

OS EXTRAORDINÁRIOS ECLIPSES DA GRANDE CRUZ

Canalização especial de Metatron através de James Tyberonn, 25 de junho de 2010


Saudações Queridos, Eu sou Metatron, Senhor da Luz. E saúdo todos vocês em Amor Incondicional, um amor que vocês realmente vão precisar nas próximas semanas!


Vocês estão ingressando em uma das provas de energia mais forte e intensa já experienciadas neste planeta em muitos milênios, e a “temperatura” relativa está prestes a aumentar drasticamente. Trata-se da Tríade Diamantina e é o propósito por trás da estimulante “Onda Om” com a qual vocês foram agraciados pelo Conselho Cósmico de Luz.


Haverá três ocorrências astrológicas muito significativas nas próximas cinco semanas (de 26 de junho a 4 de agosto). São elas:


· O Eclipse Lunar na Lua Cheia em 26 de Junho

· O Eclipse Solar em 11 de Julho

· O Alinhamento de 5 Planetas de Julho – A Grande Cruz


O eclipse da lua cheia do dia 26 de junho é excepcionalmente poderoso e vai preparar o caminho. Na verdade, esta lua cheia é uma espada de dois gumes e pode ser o impulso para uma grande mudança para o positivo, se for corretamente entendida e utilizada adequadamente. Ou sua intensidade poderá romper o campo áurico de vocês e levá-los a uma espiral descendente. Depende de como vocês lidam com ela – se reagem com impaciência e emoção ou se utilizam sabiamente esta ressonância para criatividade e limpeza interna.


Assim como as provas de laboratórios em que se utilizam cadinhos, esta prova usará um calor intenso para purificar.


Nós lhes dizemos que o recente solstício e a iminente Tríade Diamantina da Grande Cruz estão entre as energias mais fortes já sentidas no seu planeta há milênios, e muitos dos seus sábios astrólogos reconheceram isto… e o mesmo deve acontecer com todos os seres humanos sábios. Realmente, a configuração dos 5 planetas e os ângulos a ela associados representam um frequência extremamente rara e extraordinariamente única, que pode oferecer um padrão de mudança magnânima, mas dentro de uma ressonância que pode ser muito caótica.


Durante este período, é bom refletir cuidadosamente sobre as suas ações. Sejam cautelosos em seus comportamentos, e façam um esforço extra para manter a integridade dos seus campos áuricos. Pensem antes de falar, e não permitam que emoções desagradáveis, como raiva, inveja, depressão, culpa ou dúvida, invadam sua energia. Durante esta prova, será fácil administrar equivocadamente as comunicações e emoções, e os resultados poderão ser bem prejudiciais aos relacionamentos e ao estado de espírito. É melhor usar esta energia cortante para voltar-se para o interior e rever hábitos e obstáculos que ainda possam estar escondidos dentro de vocês. Não existe melhor momento para liberar tudo isso! E, Queridos, quase todos vocês ainda têm limpezas a serem feitas. É muito frequente que as pessoas que não reconhecem os resíduos remanescentes de traços negativos sejam aquelas que mais precisam desse auto-exame, incluindo aqueles de vocês que estão na senda espiritual. O ego espiritual pode ser especialmente limpo, nesta prova, se escrupulosamente examinado.


Vejam que, no caso da maioria dos buscadores, os obstáculos que são facilmente percebidos já foram enfrentados e tratados. O que permanece agora são os resíduos que o ego varreu silenciosamente para debaixo do tapete, e os escondeu na escuridão dos recantos mais profundos do seu ser.


Mas não desanimem, e não sintam que os estamos julgando, pois todos vocês Ascenderão, mais cedo ou mais tarde. Mas, nesta prova, existe uma grande oportunidade de encontrar o que está oculto e realizar a purificação necessária. Aquilo que estiver na sombra será revelado neste momento, e o que não pôde ser visto em outras ocasiões, em outras fases da encarnação “presente” será visível, se essa autobusca for verdadeiramente desejada e diligentemente executada. E, Mestres, embora esse exame requeira coragem e humildade, as recompensas são grandiosas. Pois realmente os eclipses e a Grande Cruz lhes oferecem a oportunidade de atravessar um portal importante para alcançarem uma versão mais pura do Eu Verdadeiro.


Assim, nós recomendamos insistentemente que procurem os obstáculos ocultos e que os enfrentem e liberem. E depois recomendamos enfaticamente que meditem intensamente sobre os atributos que desejam alcançar no eclipse solar, pois a capacidade de ser criativo, na fase do eclipse solar, é realmente amplificada também. É um momento perfeito para resoluções e, surpreendentemente, para expressão artística ou manifestação dos desejos.


Então, utilizem a fase intermediária entre os eclipses para decidirem quem vocês realmente são, para que estão aqui, e o que farão com os anos que ainda lhes restam nesta jornada. Vejam, Mestres, que a energia do período em que estão entrando lhes oferece a capacidade de entrar em um estado profundo de “Ser”; um estado além da mente, uma energia além daquilo que vocês chamam de pensamento. E para muitos de vocês, Ser é um estado que nunca experienciaram, tal é o controle que têm dado ao “narrador interno”. Num sentido verdadeiro, a Tríade Diamantina oferece àqueles que conseguem silenciar a mente, a oportunidade de entrar na vibração solene da sabedoria serena, da Existência “desatenta” e, Mestres, este é verdadeiramente um estado de frequência extremamente mais elevada do que a do estado de atenção mental.


Isto os confunde? Dizemos a cada um de vocês que existe uma identidade na sua Divindade, que está acima da mente, e é um aspecto da sua alma, e está muito mais próxima do seu verdadeiro Ser. Na verdade, a mente é simplesmente um acompanhante do seu Ser, relativo à terceira dimensão, e o aconselhamos a explorar este aspecto mais profundamente nas próximas 4 a 5 semanas, pois muitas portas estão se abrindo. Neste período, você é capaz de levar seu Ser a um nível superior de participação. E embora isto possa surpreendê-lo, sua mente atrai esta oportunidade, em todos os seus aspectos de criatividade, pois ela sabe que existe um nível acima dela que é muito necessário para o seu envolvimento em dimensões superiores.


A Tríade Diamantina, a Grande Cruz e os Eclipse são o caminho para o 10-10-10, neste seu ano de 2010. Utilize esse momento também, e você dará um salto quântico.


Como já dissemos, o que está diante de todos vocês é uma energia difícil de dominarem, mas ela certamente pode ser experienciada e é possível que haja grandes ganhos nisso. O Conselho Cósmico de Luz enviou uma onda de energia nos últimos dias, que foi chamada de “Onda Om”. Conectem-se com essa energia, e ela lhes será útil enquanto vivenciam as próximas 5 semanas.


Queridos, tenham sempre em mente que esta energia é extremamente intensa, e muito capaz de tirá-los do centro, se não se mantiverem em guarda. É a Tríade Diamantina e ela pode lhes ser útil e lhes oferecer um salto quântico, se utilizarem conscientemente esta energia e mantiverem a Integridade Áurica.


Sejam calmos, sejam pacientes, sejam criativos, sejam sábios e nutram a si mesmos e uns aos outros.


Eu sou Metatron e compartilho estas Verdades com vocês.
E assim é…



Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br


Os direitos autorais desta canalização pertencem a http://www.earth-keeper.com/ . A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net

Veja mais mensagens aqui:
http://www.earth-keeper.com/translations.shtml


--------

25.6.10

Carlos Laza - Frecuencias del Solfegio


---

Visite:

http://www.unisonicascension.com/solfeggio/

396 Hz - Releasing emotional patterns.
417 Hz - Breaking up crystallized emotional patterns.
528 Hz - Love frequency "DNA integrity and repair".
639 Hz - Whole brain quadrant interconnectedness. Connecting Relationships.
741 Hz -Intuitive states & non-linear knowing. Awakening Intuition.
852 Hz - Pure love: unconditional love and returning to Spiritual Order
The Solfeggio Scale and note names;

-------

1. UT...396 Hz (Center Pillar of the Tree)
2. RE...417 Hz (Left Pillar of the Tree)
3. MI...528 Hz (Right Pillar of the Tree)
4. FA...639 Hz (Center Pillar of the Tree)
5. SOL..741 Hz (Left Pillar of the Tree)
6. LA...852 Hz (Right Pillar of the Tree)

___________________________________




....


----

Tatyana Mickushina - canal dos Mestres Ascensos

Os Mestres Ascensos dizem...
http://greatcentralsun.blogspot.com/2007/06/os-mestres-ascensos-esto-dizendo.html


Dentro de todas as religiões, em todos os tempos, houve pessoas posicionadas independentemente de uma administração oficial da igreja.
Anciães, yogues, profetas, místicos...
A religião oficial tem sido considerada com a autoridade de alguns dentre os seus membros, mas mais freqüentemente esses foram perseguidos e mesmo privados de suas vidas. Existem duas abordagens em cada religião: um caminho externo obedecendo a certas doutrinas e rituais, e um caminho interno – busca de comunicação direta, pessoal com Deus. Noventa por cento dos fiéis estão no primeiro caminho. O segundo caminho, as muito poucas pessoas estão arriscando seguir. É um caminho de dedicações, o caminho de conhecimento secreto e experiência pessoal.

Durante os tempos históricos descritos na Terra houve escolas secretas de dedicados. Conhecemos a comunidade pitagórica, a comunidade dos Yeses(*), a escola de mistérios do Antigo Egito. No fim do século 19 uma tentativa de dar uma parte do Conhecimento secreto foi empreendida através de Helena P. Blavatskaya e da Sociedade Teosófica. Depois o Conhecimento foi dado através de Helena e Nicolau Rerikh. Mais tarde – através de algumas organizações na América: A Ponte Para a Liberdade, Movimento I AM, Summit Lighthouse. E depois?

A fim de clarear o sentido mesmo desse Conhecimento que tem sido dado através desses indivíduos e dessas organizações, a presença constante daqueles que sustentam contato interno com Deus é necessária. É muito importante justo agora, quando existem muitos falsos mestres, psíquicos.

Alguém deve sustentar a correta, divina vibração. Alguém deve manter a consciência constantemente conforme à de Deus. Apenas a partir desse ponto de concordância com Deus é possível avaliar muitos eventos na Terra agora e compreender o que já foi dado e escrito em páginas de livros
Eu espero que alguns dos materiais colocados neste site ajudem a manter pontos internos de orientação e concordância interna com o Deus dentro de nós.

Tatyana Mickushina

http://www.sirius-eng.net/dictations.html

http://www.sirius-eng.net/
http://greatcentralsun.blogspot.com/


* NT: O termo Yeses designa uma comunidade judaica que existia à beira do Mar Morto. Atualmente se refere aos judeus ortodoxos

-------------------------------------------------
Em Español:
http://www.sirius3.ru/ispania/index.htm

http://www.sirius-eng.net/

..........................................................................................................
----------------------------------------------------------------------------
Aqui na Biblioteca Upasika encontra livros de Helena Blavatsky,  Annie Besant , Alice Bailey, Krishnamurti,  entre outros.
http://www.upasika.com/autores.html


E depois?
Depois, Só nos resta pedir ao Pai Universal que nos dê discernimento para destinguir a verdade da ilusão.
Rezar, orar, meditar, pedir descernimento, pedir clareza. A verdade e a mentira caminham lado a lado. O pior é que a mentira costuma disfarçar -se de luz...

Ó Santo Justo e Divino,
Amado Pai Universal, ajuda-nos ,
ampara-nos no caminho.


Namastê!
.....

Todo Ensinamento que não ganha força na prática é ensinamento morto - Bem-amado Lanello, 9 de dezembro de 2009.

EU SOU Lanello.

Eu vim para uma palestra, que possivelmente possa parecer inesperada para vocês, mas também é possível que possa ter repercussão nos corações exatamente daqueles que precisam disso.

E assim, eu começo.

Hoje, antes de prosseguir com o ditado, eu estava pensando por longo tempo como apresentar este material. E o mais importante que entendia é que não importa quanto esforço eu faça, vocês não serão capazes de ouvir se não estiverem dados a ouvir isto. E vice-versa, se estão prontos e o grau de sua prontidão permitir, vocês ouvirão todo o necessário mesmo se não for dito. Vocês o lerão entre as linhas e o apreeenderão como um guia para ação.

Como suspeitávamos, nossa missão na Rússica encarou resistência. E esta resistencia é inevitável. Pois o fluxo da Luz que, durante os últimos anos flui nos corações dos portadores de luz da Rússia, através de nossa mensageira, muito obviamente tinha que causar resistência.

E nosso primeiro posto que estabelecemos no plano físico no Ashram de nossa mensageira está sujeito aos mais sérios ataques e os mais sérios desafios. Bem, tudo é normal.

Enquanto do ponto de vista da maioria das pessoas, um Ensinamento abstrato sobre o Caminho das Devoções é dado, este Ensinamento não causa resistência ou rejeição, pois todos os bastantes tipos e vários ensinamentos foram divulgados em seu mundo. E em seu contexto, nosso Ensinamento que provemos através de nossa mensageira não está pegando no olho. Entretanto, tão logo começamos a construção no plano físico, imediatamente uma onda se ergueu. E esta onda se ergueu não só dos clérigos, esta onda se ergueu entre as pessoas que se consideravam como Portadores da Luz . Quantos julgamentos, quantas intrigas e falatórios se ergueram?

E tudo isto por causa de alguns passos práticos, que demos no plano físico.

E sabem por quê isto acontece? Todo Ensinamento que não é reforçado na prática, que não é aplicado na vida e não abrange todos os planos da Existência, incluindo o plano físico, é um Ensinamento morto.
A Grande Fraternidade Branca sempre diferiu de uma maioria de diferentes ensinamentos que sempre existiram, exatamente porquê sempre visamos a aplicar nosso Ensinamento na prática. E não da forma de práticas espirituais abstratas para (manifestação?) de diferentes focos místicos, descida de energias etc. Nós sempre visamos à realização daqueles modelos em prática que devem ser aplicadps na vida do dia-a-dia.
Podemos falar muito sobre os Mandamentos Divinos, podemos falar sobre isso mil anos mas é suficiente que uma vez pessoas reais sigam os Mandamentos em sua vida e esse modelo permanecerá na consciência até o fim da vida.

Eis porquê o modelo no plano físico é tão importante. E eis porquê falamos incansavelmente sobre isso e dirigimos energia para sua criação.

Entretanto, porquê este modelo é vitalmente importante para o feito dos Mestres Ascensos, ele encara tal poderosa resistência nos planos fisico, astral e mental. Vejam quantas foram as pessoas que quiseram se juntar ao feito dos Mestres Ascensos. E onde foram? Tão logo se estava para ações concretas no plano físico todas essas pessoas encontraram imediatamente outros passatempos na vida, outros Ensinamentos e religiões mais confortáveis que não afetam tão penosamente seu ego e não o danificam.

Erguemos alto a bandeira acima da terra da Rússia. Endossamos nossos planos e procedemos a sua realização. Entretanto, não para nosso grande desapontamento, encontramos enorm resistência do lado das forças opostas. E esta resistência de um lado, predizível e natural enquanto de outro lado nos apoiávamos no nível superior de consciência entre os Portadores de Luz na Rússia. Apoiávamo-nos numa bravura maior, num auto-sacrifício maior e numa auto-dedicação maior.

Bem, esperaremos para o mujique russo acordar. Entretanto, não fiquem muito atrasados. Os dias inestimáveis de nossa mensageira estão passando. Enquanto sem um mensageiro não acontecerá de realizarem-se nossos planos. Tentamos trabalhar através de muitos, estamos tentando despertar agora também aqueles que podem carregar sobre si a tão importante e necessária missão. Entretanto, por ora, não vemos outros candidatos.

Tudo sobre que posso aconselhar nesta situação é não perder a esperança e tentar e resistir pelo menos isto que foi ganho contra a ilusão. O mais inestimável que foi alcançado durante estes dias – isto é elevar o nível de consciência de muitos e muitos portadores de luz, que vivem na Rússia assim como em outros países.
Temos uma alta tribuna da qual podemos dar nosso Ensinamento. Energia, que tem que ser apreendida de vocês e que tem que ser dirigida para o cumprimento dos planos da Fraternidade vem com cada ditado.
E é muito lamentável ver como a energia entregue com tal labor de nós em nossa oitava é espalhada em conversações inúteis, falas vazias e falatórios e rumores.

Nunca antes a Fraternidade teve oportunidade de falar simultaneamente a tão grande auditório. Eu tenho em mente a divulgação do Ensinamento através da Internet. Percebemos que o nível deste auditório é diferente e visamos prover o Ensinamento de um tal modo que todos possam aprender algo por si, por estar em diferentes níveis de consciência. Por conseguinte, o Ensinamento é provido com palavras muito simples e toca em assunto que é compreensível para todos.

Todo tempo requer a provisão do Ensinamento de algum modo. Esperamos sinceramente que cedo ou tarde a quantidade dos ditados, providos por nós será transformada numa qualidade de sua consciência.
Entretanto, não esqueçam que uma tarefa número um é a criação de lugares no globo onde o Ensinamento será aplicado na prática em seu pleno volume.

Existem bastantes Almas da Luz que exatamente para esta missão estão em encarnação. Ajudem-nos a divulgar o Ensinamento, para ser ouvido destas almas, espalhadas por todo o mundo.

Eu não perco a esperança de ser ouvido e compreendido por aqueles a quem falei a respeito hoje.

EU SOU Lanello. Sempre vitória!


© Mensageira: Tatyana Mickushina
http://www.sirius-ru.net/index.htm
Translator Proletina Dragoeva

......................................................................................
Estas mensagens estão traduzidas para Português aqui:
http://greatcentralsun.blogspot.com/



....

Conquest of Paradise by Vangelis featuring the magnificent voice of Dana Winner a Belgian singer

http://www.youtube.com/watch?v=_I5stUDniy4



"Conquest of Paradise" by Vangelis featuring the magnificent voice of Dana Winner a Belgian singer. This song is powerful, sublime, inspiring and the lyrics are reminding us of the "Paradise" we are living on, and the power within each of us, the power of "Love"!
It lies in our hands whether this beautiful planet will be destroyed furthermore, or whether we will contribute to his preservation for the sake of our children's and their children's future!
Lyrics:
Hmmmmmmmmmm.
Hmmmmmmmmmm.
Hmmmmmmmmmm.
Hmmmmmmmmmm.

There shines a light in the heart of man
That defies the dead of the night
A beam that glows within every soul
Like wings of hope taking flight

A sunny day, when a baby's born
The little things that we say
A special sparkle in someone's eye
Simple gifts, every day

Somewhere there's a paradise
Where everyone finds release
It's here on earth and between your eyes
A place we all find our peace

Come - open your heart
Reach for the stars
Believe your own power
Now, here in this place
Here on this earth
This is the hour
It's just a place we call paradise
Each of us has his own
It has no name, no, it has no price
It's just a place we call home
A dream that reaches beyond the stars
The endless blue of the skies
Forever wondering who we are?
Forever questioning why?

Come - open your heart
Reach for the stars
Believe your own power
Now, here in this place
Here on this earth
This is the hour

There shines a light in the heart of man
That defies the dead of the night
A beam that glows within every soul
Like wings of hope taking flight
Like wings of hope taking flight

-------------------------------------------------------------------

...
Venha - abra seu coração
Estenda as suas mãos para as estrelas
Acredite no seu poder
Agora , aqui neste local
Aqui nesta Terra
Esta é a hora...

...

Autresdimensiones - mensagem de O.M. AÏVANHOV - 12 .06. 2010

O.M. AÏVANHOV - 12 .06. 2010-

http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=634


Pois bem, caros amigos, estou extremamente feliz por vos reencontra.

Lembro-vos que “espiritual “, não é unicamente espiritual , sério e triste.

Espiritual é também Alegria. - No bom sentido.

Ah, sim já me esquecia de vos dizer que vos oiço, evidentemente , as vossas perguntas.

Então, é tempo de montar as bicicletas e dar uma volta (ndr: a «bicicleta» é uma ilustração que emprega frequentemente O.M. para evocar o «mental»).

***************************************************************************

*** 1ª Pergunta: - Recentemente «tirou-me a bicicleta». O que fez?

**R: - Eu não devolvo as « bicicletas confiscadas». Uma vez que «a bicicleta» desapareça, é muito mais fácil ir para o Coração.

***************************************************************************

***2ª Pergunta: - Quais são as qualidades e os critérios para se ser um Canal?

**R: - Então, caro amigo, não é uma questão de Qualidade.

É uma questão, antes de tudo, de Estruturas Vibratórias que estão “ abertas ou fechadas”.

É como uma torneira: se a torneira está fechada, pode ser em ouro maciço, mas nada fluirá, não é?

Portanto, o importante é “abrir” as Estruturas que permitem, justamente, o que vocês chamam de canalização, não é? ou, em inglês americano, é «channeling», isto está muito mais na moda.

Então, se quiser, é necessário que fique bem entendido, que não é uma questão de Qualidade, não é tampouco uma questão de Coração, é uma questão de Vibração e de Capacidade de ter abertos os circuitos de comunicação com as outras Dimensões.

Isso necessita de ter estabelecido, em si mesmo, os contactos com a Alma e de manifestar o Nada, ou seja, o canto da Alma.

E também, de ter construído o Antakharana, ou seja, a ponte de Luz que une a personalidade inferior aos Mundos do Espírito.

Quando essas condições preliminares não são requisitadas, não pode haver canalização ou, então, o que flui, não é apropriado.

Lembrem-se que o processo nada tem a ver com o que vocês chamam de mediunidade.

A canalização quando real, é um Processo que consiste em deixar chegar (por intermédio das estruturas activadas que lhes falei, ou seja, em particular, do Antakharana), ao interior do canal mediano, Entidades de outras Dimensões ou de outros Planos.

Se os canais não estão abertos a esse nível e, em particular, previamente, ao Antakharana, se o Antakharana não estiver activado (e isso manifesta-se por um certo número de sintomas, como vocês dizem, ao nível médico), nesse momento, a canalização não é uma canalização.

Em outros termos, não é necessário acreditar em tudo o que vos dizem, e vocês devem viver apenas o que vocês vivem.

Se há Vibração, pouco importa como se chama aquele que está do outro lado, o importante é a Vibração que vocês captam.

Existem Seres que são capazes, através de palavras, sentir a Vibração.

E outros há, que sentem as Energias no momento em que as canalizações acontecem.

Foi o caso, por exemplo, para o Arcanjo Miguel, mesmo sem estar presente, certamente.

O que explica que é nesse nível que se situa o que eu chamaria de autenticidade.

Mas, lembrem-se também do que vos disse, eu creio, o Arcanjo Anaël: -

o importante não é saber se é verdadeiro ou se é falso. - Definitivamente, é o que os faz progredir ou não?

É o que vos permite ir para vocês mesmos, para o vosso Fogo do Coração, para a activação dos vossos chacras ou não?

Ainda que seja uma canalização verdadeira, mas se não vos permitir ir para isso, é necessário fechar a torneira!

Portanto, vocês vêem, o que é importante, não é a Natureza da torneira, é o que flui através da torneira.

E lembrem-se que o que flui, aqui, á algo que vocês sentirão, absorvendo o que flui, sem permanecer no nível das palavras, mas indo para o nível da Vibração.

Eu posso também fazer-vos esplêndidos discursos com muitas palavras bonitas, que são muito vistosas e que acariciam muito a personalidade mas, isso não tem nenhum interesse.

Lembrem-se que é a Vibração que decide.

E vocês constatarão, aliás, que esse Princípio de Vibração que decide, aplica-se e irá aplicar-se cada vez mais a todos os sectores da vossa Vida.

O Princípio da Atracção, da Ressonância, tal como foi desenvolvido, em várias ocasiões, irá dar-vos, de algum modo, a nota exacta do que vocês têm a viver.

Mas, em definitivo, ainda uma vez, quer seja verdadeiro ou falso, não tem qualquer importância, o importante é a transformação que se segue, e únicamente isso.

- E, aliás, vocês não são obrigados a ouvir ou ler o que vocês não têm vontade de ouvir ou ler, não é?

***************************************************************************

***3ª Pergunta: - As crianças sobre-dotadas são mais elevadas, espiritualmente, que as outras crianças?

*R: - Então, cara amiga, a palavra «elevada espiritualmente» nada quer dizer, ao nível da vossa Dimensão.

- Quer vocês sejam capazes de Conectar a LUZ, quer não sejam capazes.

A inteligência e o fato de ser dotado não tem nenhuma indicação no que se refere à espiritualidade.

Ter um mental e uma capacidade intelectual extremamente forte não é um sinal de elevação ou de evolução espiritual.

Ao nível das crianças, o único sinal fiável, é a Capacidade dessas crianças entrarem em contato com outras Dimensões e outras Realidades e de não aplicar o lado dotado, tal como vocês o procuram ou tal como ele se manifesta cada vez mais frequentemente.

Porque, ser dotado, pode efetivamente chegar com o que vocês chamam de “crianças cristal, índigo ou diamante”.

Mas, o mais frequente, é uma derivação da Energia Espiritual em benefício do mental e nada mais.

O que vocês chamam de “sobre-dotado”, nesta Dimensão, para nós, nós diríamos cérebro estropiado e um tumor no cérebro muito grave e, para nós, isso quereria dizer ” sub-dotado”.

Vocês não podem ter uma «Grande Cabeça e um Grande Coração», ou é um ou é outro...

Lembrem-se que o Coração é simples e que o Coração não tem que fazer o que é complicado.

E que os vossos referenciais de valor, relacionados com o que é o humano, geralmente, chama de talento (como vocês chamam a isso... “ o quociente intelectual” ), não tem qualquer valor aos olhos do Coração.

Vocês podem ter QI 200 ou 300 mas se o QC (o quociente do Coração) é zero, isso não tem qualquer valor.


Aliás, dever-se-ia inverter o QC.

***************************************************************************

***4ª Pergunta: - Qual é a diferença entre o temperamento, a natureza e a personalidade?

**R: - Então, não sou psicólogo, não é? - Fui pedagogo e professor, não é a mesma coisa.

Mas, contudo, o que se pode dizer, é que o temperamento é um dos componentes da personalidade.

A natureza, não vejo bem o que isso vem fazer entre o temperamento e a personalidade, irá ser preciso explicar-me.

Agora, a personalidade é o conjunto das construções realizadas através do afecto, através do que vocês viveram, pela experiência e pelo vosso mental, para construir uma certa estruturação que vos permite evoluir nesta Dimensão.

A personalidade tem tendência a tudo trazer a ela, qualquer que seja o temperamento, excepto vocês têm um temperamento em que vocês dão demasiado, por exemplo, sem estar no Coração.

Nesse momento, a personalidade é qualificada de atrofiada.

Mas é também do ego, a personalidade atrofiada, heim, vocês aí se enganam um pouco, não é?

Quando se fala de Elevação Espiritual, como actualmente, ou quando se fala de Vibração Espiritual, isso estritamente nada tem a ver com a Capacidade Vibratória da personalidade.

Vocês têm, por exemplo, crianças autistas que estão muito mais próximas daLUZ que os sobre-dotados, ainda que isso vos escape. - E é similar na idade adulta.

Não se esqueçam: Cabeça Grande igual a Coração Pequeno.

E Coração Grande igual a Cabeça Pequena.

A personalidade é um subconjunto das construções, compreendendo o que se chama de temperamento, o que chamava-se também, no meu tempo e nos tempos mais antigos, de Fleuma, que corresponde à natureza, com os elementos que vocês encontram também no hinduísmo, ou seja, os
Humores, os Fleumas, não é?

- Vocês são de natureza sattvica, etc., etc.

Tudo isso, se quiserem, determina uma natureza, mas nada tem a ver.

Vocês podem ser extremamente tamásicos, na vossa natureza, ter um temperamento linfático, ter uma personalidade apagada, sem no entanto ser uma LUZ Espiritual e reciprocamente.

Não há adequação, ou em outros termos, entre a natureza, ao nível das Fleumas, o temperamento e a personalidade e o que vocês são, ao nível da Unidade e no Ilimitado, isso nada tem a ver.

Que vocês sejam, por exemplo, um temperamento arrivista heróico ou um temperamento intuitivo ou então, um temperamento passivo, não mudará nada o que vocês são Espiritualmente.

E análogo para a natureza.

Então, sei que nos ensinamentos tradicionais orientais, diz-se que a natureza dos alimentos que vocês ingerem vai agir sobre a vossa própria natureza, isso é evidente.

Mas, se vocês mantêm a cabeça Grande, isso de nada serve.

***************************************************************************

*** 5ª Pergunta: - Em Estado de Recepção de Energia, sinto um ponto doloroso nas costas. Porquê?

**R: - Então, caro amigo, com os bombardeamentos de radiações que fazemos para vocês (a irradiação da Fonte, a irradiação do Ultravioleta, a irradiação de Sirius, a irradiação de Betelgeuse, a irradiação da Confederação Intergaláctica, a irradiação da frota de Maria), não é surpreendente ter pontos de tensão no corpo.

Lembre-se também que o importante não é identificar o que é exatamente esse ponto: seja doloroso, ou Vibratório sem dor, o importante é vivê-lo.

Então, se vos interrogássemos, a todos aqui presentes, vocês todos iriam descrever-nos, os pontos de Vibração precisos, dos quais alguns seriam comuns a uns e a outros.

Quer seja ao nível dos revestimentos dos chacras (como é o caso, caro amigo, para você), onde há, pela passagem das Energias ao longo do canal da Sushumma... a Energia virá penetrar o interior desse canal e por vezes vai encontrar núcleos de Resistência ou núcleos de Abertura, ao nível de pontos precisos ao nível da coluna vertebral.

Do mesmo modo que, ao nível da Coroa Radiante da Cabeça, existem doze pontos precisos, mais um décimo terceiro ponto ao centro da cabeça.

Do mesmo modo que, ao nível da Coroa Radiante do Coração, há um certo número de pontos de Vibrações correspondentes, também, aí, a funções.

O importante não é saber a que isso corresponde, de momento. - O importante é vivê-lo.

Então, obviamente, existe um ponto, isso pode também ser um ponto de «atrito».

Portanto, é necessário confiar na LUZ e na sua Inteligência porque ela resolverá, em vocês, tudo o que se opõe à pacificação.

Portanto, não é porque, durante os momentos de recepção, vocês sentem um ou um outro ponto, que é preciso alarmarem-se ou inquietarem-se.

Se vocês estão verdadeiramente na confiança da Luz, deixem-Na trabalhar no momento da recepção.

Obviamente, por vezes, isso passa para alguns de vocês, por desconfortos, em particular se há anomalias nas costas (estruturais, mecânicas, Vibratórias, osteopáticas), isso pode revelar, nesse momento, dores.


Mas a Inteligência da Luz saberá o que fazer. Ou ainda, fazê-los rodopiar.



***************************************************************************

***6ª Pergunta: - Os Arcontes ainda têm a capacidade de impedir as mudanças em curso?

**R: - Não, absolutamente não.

A embarcação dos Arcontes foi banida para fora deste Sistema Solar, ano passado, no mês de Agosto.

As únicas resistências que existem, quando falamos de adequação ou adaptação entre as recepções de Energias e as reacções, ao nível da Terra, estão unicamente ligadas a dois fatores que são, de um lado, a inércia da Humanidade ainda adormecida que não crê nem na LUZ, nem na Sombra e que tem uma vida vegetativa e também, a alguns seres que foram chamados, pomposamente, as elites e que se, apoiaram, se quiserem, nos mecanismos de Poder ligados ao dinheiro, ligados à economia, para vos manter na escravidão com seus acólitos.

Os acólitos não estão mais aí mas, eles, querem ainda manter as suas prerrogativas, eu diria. -Alguns deles.

Mas os Arcontes não são mais um obstáculo, dado que muitos deles, tanto neste Universo como em outros Universos, foram, como se diz, “redimidos”.

O único obstáculo está agora presente no Humano.

Mas a palavra obstáculo é um pouco forte, digamos, Resistência, porque a LUZ, Ela traça um Caminho.

E é como a água que procura o seu curso de água.

Ela vai a insinuar-se à esquerda, à direita, antes de estabelecer um curso d’água que permite à Energia (na ocorrência da água, aqui), circular sem resistência e com facilidade.

O sulco escava-se.
***************************************************************************

*** 7ª Pergunta: - Os Iluminai ainda estão operacionais?

**R: - De momento, eles estão operacionais, dentro da liberdade que nós podemos ainda deixar relacionadas com ao afluxo da LUZ.

Como o sabem, a aproximação Vibratória da Frota Intergaláctica e da Frota de Maria, apenas se pôde fazer através de uma porta estelar, Multidimensional, ao nível do Sol, e isso, desde à quase um ano.

Então, progressivamente, nós aproximamos as Vibrações das nossas Embarcações de Luz, às da Terra, para não fazer explodir a Terra.

Entretanto, como o sabem, existem relógios astronómicos, que não podem ser mudados.

Nós estamos submetidos, a esses relógios astronómicos, tal como vocês o estão, até mesmo as Dimensões Unificadas, aos quais adaptamos, permanentemente, os afluxos de Luz em função dos acontecimentos Terrestres, Humanos e também Cósmicos.

***************************************************************************

** 8ª Pergunta: - Nos Universos existentes, pode-se reencontrar o que se produz aqui, neste momento?

**R: - O que vocês vivem sobre a Terra corresponde ao que existe em 90 lugares, aproximadamente, do Conjunto de Universos.

Mas não é, felizmente, a totalidade dos universos que foram transformados.

Nos Universos falsificados pelos Arcontes, há um processo de libertação.

O processo de libertação obedece a certas regras astronómicas, a calendários astronómicos que correspondem, como explicar isso..., a corredores espaço-temporais energéticos, Vibratórios, nos quais as Consciências podem vir.

Fora desses períodos, a característica desses Universos falsificados é de estarem fechados sobre eles mesmos, dentro de uma curvatura espaço-tempo e de estarem isolados dos outros Universos e das outras manifestações de Vida e das outras Dimensões, certamente.

O que vocês vêem com os vossos olhos, no céu, não é a verdade.

É o resultado do vosso isolamento.


***************************************************************************

*** 9ª Pergunta: - Como é que se é dependente do tempo astronómico?

**R: - Mas são vocês que são dependentes e não nós.

Nós, nós somos totalmente livres de viajar numa tal Dimensão ou numa outra tal Dimensão.

Mas isso faz parte, como vocês chamam isso, poder-se-ia dizer “um contrato”, que existiu, “uma autorização conferida pela Fonte”, para estabelecer um certo número de regras de funcionamento, há muito tempo, e que foi em seguida aplicado à força.

Agora, nós estamos dependentes, e repito, do tempo astronómico que é o vosso, porque a Luz apenas pode chegar sobre esta Terra a todos os 50.000 anos, para a criação de um ciclo e para o final de um ciclo, o que vocês chamam de precessão dos equinócios.

Porque neste momento, o vosso Universo falsificado, isolado, fica diretamente sob a influência do Sol Central das Galáxias, da Fonte, sob a influência de Alcyone.

O resto do tempo, vocês afastam-se desta influência Vibratória.

E se nós nos aproximássemos, como dizer..., de uma Consciência Individual, Humana ou Arcangélica, seríamos aprisionados (e esse foi o caso para muitos) pela Matriz, ou seja, se a potência, como a da Frota Intergaláctica, por exemplo, inteiramente, se aproximasse da terra, fora destes períodos, pois bem..., simplesmente, este Universo teria explodido, literalmente, devido às Forças de atrito entre a LUZ que não combate e a Sombra, que resiste à LUZ.

Portanto, é um problema específico da mecânica, eu diria, dos sistemas solares dissociados.

Portanto, nós estamos totalmente dependentes de vocês, não para nossa vida, mas para a vossa vida.

Sem isso, acreditem que Maria ou não importa qual o Ser evoluído, teria deixado esta situação perdurar?



Maria disse-vos ela mesma, eu creio, em 17 de Maio: Não se pôde vir antes, é simplesmente assim.

Mesmo o princípio da Dimensão dissociada é o de ser desligado das outras Dimensões, através de meios tecnológicos, tais como os chamam.

Em particular de máquinas que foram criadas, através de planetas artificiais, sistemas Gravitacionais fechados em si mesmos.

Os Arcontes criaram, graças ao ferro, a capacidade de um Sistema Solar se fechar sobre si mesmo.

Estando fechado sobre si mesmo, como dizer ... a LUZ não se infiltra senão por frestas extremamente ténues que permitem apenas manter a Vida, mas não a liberdade.

Ora, A liberdade está ligada a essas condições astronómicas. - As vossas, não as nossas.

***************************************************************************

***10ª Pergunta: - O que acontece quando os Vegalianos intervêm junto a algumas pessoas, tal como o anunciou Velgan?

**R: - Então, caro amigo, não sou responsável pela logística desses seres de 3ª Dimensão Unificada.

Mas sua função é essencial.

Eles têm um papel importante em determinadas circunstâncias e em certos cenários, referentes ao Acesso dos Mundos Dissociados aos Mundos Unificados.

Eles são chamados “os Anjos do Senhor “e a sua função é de tentarem descer o mais próximo possível da vossa Dimensão dissociada, sem serem afectados, e com um mínimo de protecção.

Eles possuem uma estrutura de corpo biológico carbonado, tal como vocês, mas eles não estão desconectados das Dimensões Superiores.

Portanto, eles têm acesso, apesar desta estrutura carbonada, a Estados Multi-dimensionais, - o que não é o vosso caso, não é?,
porque não existem muitos seres humanos que sejam capazes de passear todas as noites no Sol, ou revestirem os seus Corpos de Cristal ou de Diamante, não é? - A eles, (aos VEGALIANOS) é possível.

Mas, tendo uma estrutura carbonada activa e presente sobre o plano de 3ª Dimensão, eles são os melhores a poderem manifestarem-se fisicamente, evidentemente.

Não creiam que Maria vos irá aparecer num corpo carbonado.

Ela volta no seu Corpo Original, mas transformado.

No seu Corpo de 18ª Dimensão (para além da matriz), como Elohim Criadora e como golfinho.

Portanto, se quiserem, é-vos necessário admitir que, apesar de vocês que não terem acesso a essa vivência de momento, e que esta Dimensão isolada, falsificada que é a vossa, não está Acessível à LUZ, ou em todo caso, às Consciências Luminosas.

Ela começa a ser acessível devido à destruição da Magnetosfera, da Ionosfera e da Heliosfera.



A curvatura espaço-tempo não é mais tão fixa como foi durante 50.000 anos.

Há muitos Seres que foram capazes, de Consciências que foram capazes de se manifestarem sobre a Terra sem serem, como dizer... prisioneiros da matriz.

Houve Cristo, houve Enoch, houve Elias.

E depois, após aproximadamente um século, os Seres que, como dizer... participaram da evolução da Terra e atingiram um certo nível Vibratório foram, quando de suas ex- carnações ( expressão própria de O.M), quando da sua morte, colocados «em bolsas de Resistência».

Essas « bolsas de Resistência», dentro do vosso universo matricial, foram preservados da matricial, o que lhes permitiu manterem-se num Estado de Consciência particular, enquanto eles estavam simultaneamente dentro da matriz e fora dela.

Foi o caso para os Melquisedeck.

Foi o caso para um lugar em particular, que então, ao nível astral muitos Seres chamaram de Shambala ou Agartha para a Intra-Terra, mas que é profundamente diferente.

De facto, era «uma Bolsa de Resistência da LUZ» que estava nos confins do vosso Sistema Solar, na atmosfera Vibratória do outro lado do sol, e que, de fato, é uma Embarcação de LUZ que era comandada por Orionis e que chamava-se Yerushalaim, ou seja, a Jerusalém Celestial.

É essa Embarcação de LUZ que era « uma Bolsa de Resistência da Luz Unificada» dentro da vossa falsificação.

E nós estávamos do outro lado do Sol.

E, atravessamos os Portais Solares para manifestar a influência da Luz na Confederação Intergaláctica.

Outras formas de LUZ puderam aproximar-se do vosso Plano isolado passando pelos portas dos Intra-Terrenos, ao nível dos portais Inter-Dimensionais que ainda existem sobre a Terra, mas que foram, para na sua maioria, desviados pelos Arcontes.

Há também portais, ao nível Intra-Terreno, mas que só permitem exclusivamente a passagem de corpos ou de estruturas relacionadas com o carbono, ou seja, das Dimensões Unificadas.

No que concerne às Dimensões da Confederação Intergaláctica de Luz, as coisas não são tão simples, ou seja, não basta vir com nossas Embarcações de Luz para vos fazer cu-cu….

Isso acontece assim.

Existem Ressonâncias Vibratórias, Atracções e Repulsas que, existem na natureza dos nossos constituintes Vibratórios, com partículas e ondas que vos são literalmente desconhecidas sobre a Terra, dado que vocês foram privados delas, certamente.


Não temos mais perguntas, agradecemos-vos.

Então, eu transmito-vos as minhas Bênçãos, o meu Amor e despeço-me, até a próxima vez.

Até muito breve.

***************************************************************************


Compartilhamos essas informações com toda a transparência.

Agradecemos que, ao fazer o mesmo, se a divulgarem, reproduzam integralmente o texto, citando a fonte: http://www.autresdimensions.com/
.

Tradução para o Português: Sónia Maria


.......................................................
Estas mensagens estão a ser postadas aqui, mas necessita ser membro para ler.
http://anjodeluz.ning.com/profiles/blogs/om-aivanhov-12-06-2010

----------------------------------------------------------------------------------
Este blog também tem muitas mensagens traduzidas de Autresdimensiones.
Vele a pena fazer uma visitinha aqui.
http://leiturasdaluz.blogspot.com/

---------------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------
--------------------------------

Que seja o coração a comandar os caminhos a seguir.
Que seja, sempre, o coração a comandar e a guiar nossos passos.

Namastê!
...

24.6.10

Invocação a Saint Germain


Eu invoco Saint Germain
para me ajudar a transmutar e requalificar
todas as energias densas e impurezas
que estejam em meu campo áurico.

Assim seja, Amém!

Eu Sou um Ser de Fogo Violeta,
Eu Sou a Pureza que Deus Deseja!

--------------------------------------
Mantra de Saint Germain para transmutar e limpar 

A Terra é um Planeta de Fogo Violeta,
A Terra é a Pureza que Deus Deseja!

 
 
----

Invocação a Arcanjo Miguel



Eu invoco Arcanjo Miguel
para ajudar-me a cortar
todas as amarras ás vidas passadas
de minha personalidade-alma nesta Terra.

Assim seja , Amém!

...........

Uma invocação para cortar amarras e laços que nos aprisionam limitando-nos o avance.

...



20.6.10

Madre Yvonne-Aimée de Malestroit


Madre Yvonne Beauvais nasceu a 16 de Julho de 1901 em Champagne Cosse em Mayenne.
Morreu em Malestroit a 3 de Fevereiro de 1951 com 49 anos de idade.
_______________


¡Qué raros son los santos, Dios mío…! Compruébenlo ustedes mismos leyendo este texto sobre la madre Yvonne-Aimeé, conocida mística francesa del siglo XX, cuyos extraordinarios dones y carismas sorprendieron enormemente a todos aquellos que la conocieron. Uno de ellos era el de saber en el corazón
cuándo alguien había profanado una Sagrada Forma.
Cosas de santos
Aquellos que deseen saber más pueden consultar:


A continuación  les transcribo una Carta datada el 31 de marzo de 1923, que en su día hizo llegar a un sacerdote llamado Padre Crété. La misiva dice así: “Querido Padre: […] Anoche, mi Señor Jesús me dijo que fuera a buscarle a la casa de una persona que, desde el sábado, le tiene de forma incorrecta encerrado en su hogar. Dicha persona recibió la Sagrada Forma durante una misa, pero nada más regresar a su banco, la sacó de la boca y la escondió en un pañuelo con la intención de profanarla. […]

Esa misma noche, siguiendo las instrucciones de mi Señor Jesús, me encaminé a la casa de tal persona. Ella misma me abrió la puerta y comprobé que su hogar era señorial y de muy alto nivel económico. Le dije que había acudido a recoger la Sagrada Forma; palideció y me invitó hacia el salón, en donde tomó una cajita de la que sacó la Sagrada Forma. ¡El Señor estaba ahí!
La tomé en mis manos y, siguiendo la inspiración de mi Señor, dirigí unas palabras a esa pobre mujer, quien comenzó a derramar grandes lágrimas de arrepentimiento.

(Desgraciadamente desconocemos las palabras con las que la madre Yvonne-Aimeé tocó el corazón a esta alma). Luego regresé a mi residencia, cargando cuidadosamente a mi Amado. Mientras caminaba con mi Señor, Él me dijo: ‘Guárdame hasta que yo te diga lo que deseo que hagas conmigo’”. La madre Yvonne-

Aimeé recibió la orden de su director espiritual de consumir ella misma esa Sagrada Forma.

Esta anécdota se repitió en muchas ocasiones a lo largo de su vida y no siempre los profanadores la trataron con indulgencia. A veces llegaba a su residencia con moretones, heridas o arañazos.

Sólo cuando lleguemos al cielo podremos saber por qué el Señor ha dado estos dones a ciertas personas como a la madre Yvonne-Aimeé. Esta mujer no sólo era capaz de saber cómo, quién y dónde se había profanado una Sagrada Forma, sino que además, tenía la increíble capacidad de estar en dos sitios a la vez y ser vista por muchos testigos (este don se conoce como “bilocación”). Su director espiritual (el padre Labutte) ha dejado escritas increíbles anécdotas de esta delicada alma, que para nosotros se han convertido en joyas de la fe. Una de ellas se refiere a lo que le sucedió cerca del final de la Segunda Guerra Mundial, mientras estaba en Malestroit, Francia. Sin saber cómo, se vio de pronto frente a Hitler, en su despacho de Berlín. Él, sorprendido de ver a una monja aparecer de la nada, sacó un arma y le disparó. Aunque las balas le atravesaron, no la hirieron. Hitler quedó petrificado por el miedo mientras ella, impasible, le dijo unas palabras que el mismo Jesús le había dictado para él. (Desgraciadamente tampoco hay detalles sobre tal mensaje). Se sabe que Hitler no quiso creerle y le rogó que se marchara de inmediato. Ella, antes de desaparecer, se acercó al mapa de Europa que yacía sobre la mesa, y señaló un lugar con el dedo diciendo: “cuando usted llegue con sus tropas a este lugar, perderá su guerra”. Y así ocurrió…



Madre Yvonne-Aimée de Malestroit quando menina.
....



---

Viridissima - Hildegard von Bingen


Jocelyn Montgomery (with David Lynch), Music of Hildegard von Bingen.


Que linda voz !!!
 
...

Santa Teresinha do Menino Jesus


Teresinha das Rosas


No dia 11 de março de 1873, não sabendo mais o que fazer para curar sua pequena Thérèse de uma gastrenterite, Zélie Martin resolveu ir a Sémaillé, um vilarejo próximo a Alençon, à procura de uma senhora chamada Rose Taillé para ser a ama-de-leite de sua caçula. Assim, de 16 de março de 1873 a 2 de abril de 1874, Teresa viveu nesse lugar, cujos habitantes tinham um gracioso costume: presentearem-se, por qualquer motivo, com flores. A precoce convivência com essa variedade de perfumes certamente terá despertado em nossa Santa uma paixão que a dominará até o fim de seus dias: as flores, especialmente as rosas.


Uma referência importante ao seu amor indistinto pelas rosas, pode ser encontrada numa carta dirigida à prima Maria Guérin no dia 18 de agosto de 1887: "Amo tanto uma bela rosa branca, quanto uma rosa vermelha". É também conhecido o enorme prazer com que lançava pétalas de rosas para o alto quando via passar o ostensório com o Santíssimo Sacramento. Madre Inês, sua irmã de sangue, relata que, no dia 14 de setembro de 1897, poucos dias antes de seu falecimento, Teresinha ganhou uma rosa e a desfolhou sobre o crucifixo de forma muito carinhosa. Algumas pétalas caíram ao chão da enfermaria. Muito seriamente, a santa teria afirmado: "Ajuntai bem estas pétalas, minhas irmãzinhas, elas vos servirão a dar alegrias, mais tarde... Não percam nenhuma..."


Gostava de cobrir de pétalas o seu crucifixo, de forma muito cuidadosa, retirando pacientemente as pétalas murchas. No entanto, não lançava flores em ninguém. A mesma Madre Inês conta que, certa vez, colocou-lhe rosas nas mãos, pedindo-lhe que as atirasse em alguém, como sinal de afeto. A santa recusou-se a fazê-lo, considerando que só lançava rosas para seu amado Jesus.


Em “História de uma Alma” Santa Teresinha aproveita a imagem da rosa para ilustrar um elemento importante de sua "Pequena Via": "Compreendi que o brilho da rosa... não tira o perfume da pequena violeta... Compreendi que, se todas as florzinhas quisessem ser rosas, a natureza perderia seu enfeite primaveril..." Por isso, ela conclui, que Deus criou "os grandes santos que podem ser comparados.... às rosas". Podemos entender que as rosas são os gigantes da fé, os grandes santos. As violetas são as almas pequenas que trilham o pequeno caminho.


Quem tanto amava as rosas, vai prometer, quase ao fim da vida, que fará chover rosas sobre o mundo. Com esta promessa estava se prontificando a interceder pela humanidade junto a Deus. As conhecidas afirmações “Passarei o meu céu fazendo o bem sobre a terra” e “Depois de minha morte mandarei uma chuva de rosas” foram evocadas pela Irmã Maria do Sagrado Coração em seu depoimento no Processo de Beatificação da padroeira dos missionários. Após sua morte os milagres irão se multiplicar. Quem prometeu continuar sua missão no céu, trabalhando para o bem das almas, nunca frustrou os que confiam em sua oração. Ainda hoje são muitos os relatos de curas, milagres e conversões realizados por intermédio da humilde carmelita.


Se a evocação contínua às rosas poderia resvalar-se numa espiritualidade adocicada e infantil, como o querem os que menosprezam Teresinha, a leitura atenta de seus escritos demonstram o contrário. Não sem razão, grandes místicos, como Thomas Merton, dentre outros, a consideram uma grande santa e "não apenas uma boneca piedosa e muda". Imbatível na dor e na provação, viril e apostólica, jamais se apresentou como uma choramingas a reclamar atenção e delicadezas.


Teresa de Lisieux é “Teresinha das Rosas”. Mas suas rosas são rubras como sangue. Sangue de uma paixão alucinada por Jesus Cristo e por seu programa de vida. Sangue de um martírio cotidiano, conseqüência de uma vida diariamente imolada por Deus e pelas “almas”, a quem consagrou inteiramente sua curta existência.


A "Novena das Rosas" é o mais propagado ato de devoção a Santa Teresinha, espalhado por todo o mundo, em todas as línguas. Não se trata de uma fórmula mágica pela qual conseguimos concretizar todos os nossos desejos. Pede-se uma rosa como sinal de que a súplica será atendida. Em muitos casos, o sinal não é tão evidente. O sinal pode ser o silêncio angustiante de uma resposta que não se recebe. Silêncio fecundo que nos dispõe a confiar, cada vez mais, na misericórdia de Deus. O sinal pode ser uma intuição, uma palavra à qual prestamos atenção, ou até mesmo a visita inesperada de um amigo... O que importa é a atitude de abandono, por parte de quem faz a novena, nas mãos misericordiosas do Pai, e o desejo sincero de amá-Lo sobre todas as coisas, aliados ao compromisso de viver intensamente o evangelho, tendo como modelo a Santa de Lisieux. (Pe. Antonio Damásio Rêgo Filho)


ORIGEM DA NOVENA DAS ROSAS


O Rev. Padre Putingan, SJ, no dia 3 de dezembro de 1925, começou uma novena em honra de Santa Teresinha do Menino Jesus, pedindo à milagrosa santa uma graça importante. Nesta intenção começou a rezar, durante a novena, 24 Glória ao Pai, em ação de graças à Santíssima Trindade, pelos favores e graças concedidos a Santa Teresa do Menino Jesus durante os 24 anos de sua existência terrena. Pediu o padre à Santa Teresinha que lhe desse um sinal de que a novena era ouvida, e este sinal seria receber uma rosa fresca e desabrochada. No terceiro dia da novena uma amiga procura o Padre Putigan e lhe oferece uma rosa vermelha.


No dia 24 do mesmo mês o padre começou uma segunda novena e pediu uma rosa branca. No quarto dia da novena, uma irmã, enfermeira do hospital, trouxe uma linda rosa branca dizendo: "Aqui está uma rosa que Santa Teresinha envia a V. Revma.".


Surpreendido, pergunta o padre: "Donde vem esta rosa"? "Fui à capela onde se acha adornada uma bela imagem de Santa Teresinha, diz a freira, e, ao aproximar-me do altar da Santinha, caiu ao meus pés esta rosa. Quis colocá-la de novo na jarra, mas me lembrei de trazê-la a V. Revma."


O Padre Putingan, alcançadas as graças pedidas na novena, resolveu propagá-la, formando uma cruzada de orações em honra de Santa Teresinha.


Assim, no dia 9 a 17 de cada mês, todas as pessoas que desejarem fazer a novena dos 24 Glória ao Pai unem as suas intenções às das pessoas que, na mesma época, fazem a dita novena, e se estabelece, desta maneira, uma bela comunhão de orações.


A NOVENA DAS ROSAS


Pode-se fazer a novena dos 24 Glória ao Pai em qualquer época, mas é preferível e muito mais vantajoso fazer-se do dia 9 a 17 de qualquer mês, a fim de se participar da comunhão de orações dos que a fazem.


Rezam-se durante os nove dias somente 24 Glória ao Pai à Santíssima Trindade em ação de graças pelos favores e graças com que enriqueceu a alma de Santa Teresinha do Menino Jesus, durante os anos que ela viveu na terra, podendo, se quiser, usar da seguinte fórmula ou de outra semelhante:


"SS. Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de minha alma.


Rezam-se em seguida os 24 Glória ao Pai, podendo-se acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós!"

http://teresinha.com/
 

....

Visite este blogue totalmente dedicado a Santa Teresinha
----

....

18.6.10

Sri Anandamayi Ma



Data de nascimento: 30 de abril de 1896(1896-04-30)
Naturalidade: Kheora, Brahmanbaria, Bangladesh
Nascimento: Nirmala Sundari
Data de morte: 27 de agosto de 1982 (86 anos)
Local da morte: Kishanpur, Dehradun, Os ritos da Índia, foram realizados no passado Kankhal, Haridwar, India
Citação: "Quem é que ama e quem que sofre? Só Ele encena uma peça com ele próprio; que existe salvá-lo? O indivíduo sofre porque ele percebe a dualidade. É a dualidade que faz com que toda a tristeza e sofrimento. Encontre o em toda parte e em tudo e haverá um fim à dor e ao sofrimento."



A Mãe Impregnada de Alegria

Nirmala Sundari (em sânscrito,"Beleza Imaculada", um nome adequado para uma mulher cuja beleza, tanto física quanto espiritual, era de tirar o fôlego) nasceu em 1896, em Kheora, Leste de Bengala,(hoje Bangladesh).

Na época de sua morte, em 1982, essa camponesa virtualmente iletrada seria reverenciada em todo o mundo como Anadamayi Ma, a Mãe Impregnada de Alegria.

Nirmala era lembrada por vizinhos e parentes como uma criança excepcionalmente alegre e luminosa - mas não especialmente inteligente. A sua tendência de parar abruptamente todas as atividades e fixar os olhos abstratamente no espaço por longos períodos deixava os seus pais apreensivos. A preocupação deles tinha começado no momento exato do seu nascimento, quando a criança recém-nascida não chorou.

Anos mais tarde, quando a sua mãe lembrou esse acontecimento alarmante, Nirmala reagiu:

- Por que deveria eu ter chorado? Eu estava olhando as árvores através das ripas da janela. (.....)

Os seus pais contrataram o seu casamento com Bholanath; cinco anos depois, ela foi morar com ele. Quando viu sua estonteante noiva, Bholanath deve ter se considerado o homem mais sortudo da terra. De fato, ele tinha sido abençoado, mas não da maneira que esperava: a sua esposa recusava-se categoricamente a fazer sexo com ele.

A sua consternação transformou-se em horror quando ele acordou no meio da noite e encontrou Nirmala contorcendo o seu corpo no chão e emitindo sons estranhos e obscuros. Ficou convencido de que ela estava possuída e consultou um exorcista.

Nem Bholanath nem Nirmala tinham treinamento religioso formal, e assim, na época, nenhum dos dois reconheceu que Nirmala estava assumindo espontaneamente posturas da Hatha yoga ou que as suas estranhas vocalizações eram, na verdade, mantras sagrados.

De 1918 a 1924, Nirmala desinteressadamente se observou passar pelos vários estágios da "sadhana", a prática espiritual.

Desde o momento do seu nascimento plenamente consciente, quando ficou olhando as árvores, Nirmala aparentemente permaneceu no estado de "sakshin", como é chamado o estado de testemunho lúcido na yoga.

- O que eu sou, sempre fui desde a minha infância - afirmou ela posteriormente. - Contudo, diferentes estágios da "sadhana" se manifestaram através deste corpo. A sabedoria foi revelada pouco a pouco; o conhecimento integral foi dividido em partes.

Nirmala - que nasceu vivenciando a unidade de toda a criação - achava surpreendente vivenciar o mundo aos pouquinhos e em partes, como faz o resto de nós.

O comportamento não-ortodoxo de Nirmala chocou a sua família muitas vezes durante a sua vida. Uma de tais ocasiões ocorreu quando ela se recusou a se curvar diante dos seus antepassados, um requinte social considerado imprescindível em Bengala. Porém, Nirmala tinha ouvido uma voz lhe dizendo: "Voce não deve se curvar diante de ninguém. A quem voce quer homenagear? Voce é tudo."

- Imediatamente - afirmou Nirmala -, compreendi que todo o universo era a minha própria manifestação. O conhecimento parcial deu lugar ao universal, e eu me descobri face a face com a Unidade que aparenta ser muitas coisas.

Isto - o auge de todo o esforço místico - realmente seria uma façanha para qualquer pessoa, ainda mais para uma jovem que nunca tinha tido um guru.

Não era que o assunto de um guru ou guia espiritual não tivesse surgido. Os amigos que conheciam as inclinações espirituais de Nirmala, encorajaram-na com veemência a buscar um mestre que a iniciasse formalmente na vida espiritual. Ela foi até os pandits locais, mas nenhum estava interessado em ensinar uma camponesa pobre e iletrada. Em 3 de agosto de 1922, numa ruptura total com toda a história da tradição religiosa hindu, Nirmala Sundari Chakaravarti se sentou e iniciou a si mesma.

A yoga ensina que o guru, o mantra que ele confere durante a iniciação e o discípulo são, na realidade, uma única coisa. Já estabelecida naquela realidade indivisível, Ananda Mayi Ma dramatizou esta unidade quando interpretou os papéis de mestre e de discípulo simultaneamente, com seu Eu superior conferindo o mantra ao seu eu inferior. Assim, ela recebeu o mantra diretamente da divindade interior e tornou-se uma das poucas sábias do hinduísmo que alcançaram a plena iluminação sem a ajuda de um guru.

Em 1922, Bholanath, o aturdido marido de Nirmala, tinha visto o bastante para concluir que sua esposa estava possuída por Deus. Tornou-se o seu primeiro discípulo.

Em 1924, ele e Nirmala se mudaram para uma casa de campo no estado de Shahbag e, enquanto Bholanath cultivava os jardins, Nirmala cultivava um número crescente de devotos. Uns foram atraídos pelos rumores de curas milagrosas, outros pela músicas. A voz de Nirmala quando cantava as glórias de Deus, era sublime. A população logo começou a chama-la de Mãe do Mundo.

As palavras dessa mulher radiante surpreendiam os seus visitantes. Ela falava com autoridade sobre estados além do tempo e do espaço, como se os conhecesse intimamente.

"O tempo devora incessantemente. Tão logo a infância acaba, a juventude assume o seu lugar - uma engolindo a outra. Mas, na realidade, o surgimento, a continuidade e o desaparecimento ocorrem simultaneamente em um só lugar. Tudo é infinito; infinito e finito são, de fato, a mesma coisa. Em uma grinalda, há um único fio, embora haja lacunas entre as flores. São as lacunas que causam a carência e o sofrimento. Preenche-las é se libertar."

Nirmala ensinava os seus extasiados discípulos a preencherem as lacunas com o amor a Deus e submissão à Sua vontade. Ela insistia em que Deus não era somente o criador do universo, mas também a essência do próprio ser da pessoa. "A verdadeira natureza do homem - dê a isto o nome que voce quiser - é o Eu supremo de tudo."

Em 1924, Nirmala parou de se alimentar. Ela observou com desinteresse característico, que as suas mãos simplesmente não conseguiam levar o alimento à sua boca. Pelo resto de sua vida, os devotos precisaram alimentá-la como a um bebê.

Em 2 de junho de 1932, à meia noite, Nirmala convocou um punhado de discípulos íntimos e fez uma surpreendente participação. Estava partindo. Por que? suplicaram seus devotos. Para onde ela iria?

Ela explicou que não sabia e partiu imediatamente. Durante um ano, ela se estabeleceu em um templo abandonado de Shiva, perto de Dehradun, aparentemente se submetendo a severa penitência, mas, de fato, como ela mesma admitiu, permanecendo em uma inexprimível alegria. De qualquer maneira, esse foi o último local no qual pode-se dizer que Anandamay-Ma morou. Depois disso, ela se mudou constantemente. Em cada lugar em que parou, surgiram "ashrams" e instituições de caridade.

Algumas histórias

Apesar da ausência de um guru externo, Nirmala não estava, de maneira alguma, sem orientação espiritual. O seu Kheyal, ou Guia Interior, direcionava o curso da sua vida.(...) As centenas de histórias sobre o Kheyal de Anandamayi Ma são lendárias.

Por exemplo, uma noite, no meio de um kirtan (cântico religioso), Nirmala se levantou e saiu andando rapidamente para fora da casa. Dois devotos correram atrás dela, perguntando para onde estava se dirigindo.

Sarnath - respondeu ela.

Sarnath ficava a muitas milhas de distância.

- Por que voce está indo esta noite? quiseram saber os devotos. - Não há nenhum trem para Sarnath a esta hora!

Nirmala continuou em ritmo apressado até a estação ferroviária. A seu pedido, um devoto comprou um bilhete para o trem postal que passaria perto de Sarnath, mas que não estava programado para parar lá. Nos arredores de Sarnath, o trem parou inexplicavelmente. Nirmala e os seus dois entontecidos devotos saltaram.

- Qual o caminho para o Hotel Birla? - perguntou ela.

Eles não tinham a menor idéia. Ela continuou andando vigorosamente, com o seu minúsculo séquito correndo para acompanhar.

O hotel surgiu e os três entraram apressadamente. Nirmala ignorou o hoteleiro e se dirigiu diretamente para um quarto. Quando eles se aproximaram, os devotos escutaram uma mulher gemendo dentro do quarto. Nirmala bateu com força na porta dizendo:

- Está tudo bem! Estou aqui!

A porta se abriu e os devotos ficaram surpresos ao ver Maharattan, uma condicípula. Maharattan tinha chegado poucas horas antes em Sarnath. Estava desamparada e sem dinheiro, e, desde então, tinha estado chamando por Anandamyi Ma.

Nirmala passou o resto da noite caçoando de Maharattan.

Indubitavelmente, esta experiência curou a agradecida devota de qualquer ansiedade durante algum tempo! (....)

Em 1955, quando o juiz distrital de Vindhyachal soube que Anandamayi Ma estava visitando a sua área, correu para ter o seu darshan (a benção de ver um santo em pessoa).

Ma parecia estar esperando por ele, e levou-o para a varanda. Apontando para o jardim embaixo, ela instruiu:

- Deuses e deusas estão por aí, debaixo da terra. Eles me disseram que é muito cansativo ficar enterrado e que gostariam de ser retirados. Voce pode ajudá-los?

Imediatamente o juiz reuniu um grupo de trabalho e começaram a cavar. Penetrar na rocha sólida era um trabalho árduo.

No segundo dia, o grupo estava cheio de irritação, questionando se o juiz tinha perdido a razão. No terceiro dia, eles descobriram duzentas primorosas estátuas antigas enterradas na lama.

Anandamayi Ma era abraçada não apenas pelas pessoas simples, mas também pelos maiores intelectuais, santos e políticos da India, incluindo Mahatma Gandhi, que se encontrou com ela em 1942, e Indira Gandhi, que a admirava desde a infância.

Quando o maior intelectual da India, Gopinatha Kaviraj, visitou Ma, as respostas às suas questões filosóficas de difícil compreensão que esta mulher sem educação formal instantaneamente ofereceu, o surpreendeu tanto que ele se mudou para o ashram dela, onde passou o resto de sua vida.

A estima por Anadamayi Ma se refletia nos acontecimentos que cercavam as suas aparições nos Kumbha melas da India, feiras religiosas que atraíam milhões de peregrinos, incluindo os dirigentes de muitas das principais instituíções religiosas indianas. A rivalidade entre os vários líderes religiosos é famosa e, às vezes, infelizmente, tempera as melas com intolerância, ao invés de com o espírito de harmonia que as feiras pretendem promover.

Na última década da vida de Ma, parecia só haver uma única coisa com a qual os dignitários religiosos no kumbha mela concordavam: todos iam à barraca de Ma para se curvarem reverentemente diante da mulher idosa cuja santidade era tão plenamente evidente que até mesmo o mais rancoroso deixava o seu egotismo, junto com as suas sandálias, do lado de fora da porta. Brâmanes inimigos apareciam pedindo a Ma que arbitrasse as suas disputas; após alguns minutos em sua silenciosa e luminosa companhia, os argumentos enfraqueciam e eles podiam sair da barraca sorridentes e se abraçando.

Foi ali que Ma finalmente foi reconhecida como a Mãe Universal; a santa cuja compaixão não conhecia barreiras de casta, credo ou nacionalidade; a santa diante da qual todas as pessoas, independente da sua formação, reverenciavam a serenidade.

O encontro de Paramahansa Yogananda com Ma, como descrito no seu clássico Autobiografia de um Iogue, foi a primeira apresentação de Anandamayi Ma para muitos ocidentais.

Um verdadeiro exemplo de santidade

Anandamayi Ma não escrevia e nem dava conferências; simplesmente vivia na presença divina. Do seu ponto de vista, ela não servia às outras pessoas porque não as via como separadas de si mesma. Remover o sofrimento delas era simplesmente aliviar a si própria.

Embora os seu devotos a tivessem visto viajando por toda a India, ela nunca foi a lugar algum: "Para este corpo, a questão do ir e vir absolutamente não procede. Este corpo não vem nem vai a lugar algum. O universo como um todo é o lar deste corpo. Para onde este corpo pode ir? Em todos os lugares, só existe uma única consciência onipresente. Não há nenhum espaço para o corpo se mover ou até mesmo para se virar. Mesmo se for empurrado, ainda estará lá."

Afortunadamente para a posteridade, diversos seguidores de Anandamayi Ma anotaram as respostas dela às suas perguntas; esses diários constituem a parte principal de sua mensagem para a humanidade.

Sobre os desejos mundanos ela dizia: "se voce deseja fama ou riqueza, Deus irá dá-la a voce, mas voce não se sentirá satisfeito. O reino da consciência é uma unidade, e, até que vivencie isto em sua totalidade, voce nunca ficará contente. Ao mesmo tempo, Deus lhe concede um pouquinho da sua alegria para manter vivo o seu descontentamento, porque, sem esta insatisfação, voce não irá progredir. Voce, um filho da imortalidade, nunca pode se sentir à vontade no reino da morte e nem Deus irá permitir que voce permaneça ali. Lembre-se que o sofrimento que voce experimenta é o início de um despertar da consciência."

O que é um guru? "Todo mundo é um guru. Cada pessoa através da qual alguém aprendeu algo, não importa o quão insignificante seja. Porém, o verdadeiro guru é aquele cujos ensinamentos guiam voce em direção a compreensão do Eu. Implore continuamente a Deus para que ele possa Se revelar a voce como o seu Mestre Espiritual e a menos que voce descubra o guru interior, nada pode ser alcançado. (..........)

Ananadamayi Ma ensinava que a única realidade é a realidade divina; que a nossa percepção de nós mesmos como separados de Deus é apenas um sonho, uma imposição da ignorância, e que as pessoas que se libertam dos seus apegos a desejos mesquinhos e motivações egoístas, voltando-se sinceramente para o divino, não no céu mas em si mesmas, podem viver cada momento em perfeita alegria. Disto, ela mesma era um exemplo vivo.

A maior contribuíção de Anandamayi Ma não foi tanto o que ela fez ou o que disse; é o que ela foi. Ela surpreendeu e inspirou a milhões de pessoas - primeiro na India, depois por todos os lugares do mundo - pelo seu verdadeiro ser: incessantemente radiante, totalmente unido ao divino e, no entanto, constantemente sensível às necessidades de todos os que chegavam até ela.

A resposta enigmática de Ma à pergunta frequentemente verbalizada por seus devotos, "Quem é Voce?", era: "Eu sou tudo aquilo que voce achar que sou". Talvez isso fosse um indício de que Anandamayi Ma era simplesmente um espelho daquilo que há de mais puro e mais maravilhoso dentro de nós mesmos e de que o propósito da sua existência era somente o de nos mostrar o que todos nós podemos ser.

Para nós, hoje, a quase iletrada camponesa de Bengala oferece um exemplo radical de uma mulher realmente liberada; um ser humano que amou todas as pessoas que chegaram até ela como se fossem seus próprios filhos e, no entanto, permaneceu independente de todos; que serviu constantemente as outras pessoas sem se preocupar se elas eram suficientemente agradecidas.

Relatos de discípulas americanas:

Carol Devi

- Ela tinha uma presença e uma existência surpreendentes. O poder da sua presença se irradiava por uma enorme circunferência. Muitas vezes, voce não conseguia ficar tranquilo porque havia pessoas demais ao redor dela, mas voce também não precisava tentar meditar. As vibrações de Ma eram tão fortes que empurravam voce para a meditação.

Não importava de que religião voce era. Não havia a sensação de que uma religião era melhor do que outra. Todas as crenças e dogmas se tornavam uma só coisa para Ma.

- Eu podia ir a qualquer grupo que desejasse - diz Carol - mas nunca houve qualquer dúvida em minha mente sobre quem era o meu guru. Eu tinha uma relação de total intimidade com Ma, mas todas as pessoas na mesma sala tinham a mesma experiência. Era como Krishna com as "gopis".

Enquanto o avatar Krishna vivia na aldeia rural de Vrindavan, todas as "gopis", as camponesas que cuidavam das vacas, eram apaixonadas por ele. Uma noite, para satisfazer os desejos delas, ele as convidou para dentro da floresta. Então, ele emanou de si mesmo dezenas de Krishnas idêntidos, e cada um deles dançou durante a noite mística com uma "gopi" diferente. Cada moça acreditou que estava sozinha com o Senhor, que ele pertencia apenas a ela.

Do mesmo modo, Carol Devi era a pessoa mais especial do mundo para Ma, assim como o eram todas as outras almas admitidas na presença da santa.

Embora Anandamayi Ma já fosse idosa quando Carol a conheceu, acompanha-la era estafante.

- Contudo, foi espiritualmente estimulante. Era como andar com Jesus.
---

Hari Priya

A americana Hari Priya escreveu para Ma perguntando se teria permissão de ve-la. Ma respondeu: " Voce será sempre bem vinda. Se for a hora de voce vir, Deus tomará as providências."

O dinheiro para a viagem materializou do éter e, duas semanas mais tarde Hari Priya estava em Dehra Dun.

- Se Cristo ou qualquer outra pessoa santa estivesse na terra, eu iria ve-las. Portanto, evidentemente, fui ver Ma.

Hari Priya dificilmente consegue conter as lágrimas quando se lembra da sua primeira visão diante de Ma. Ma entrou no quarto trazendo uma flor. (.....)

Providências foram tomadas, de modo que Hari Priya pudesse morar na vizinhança.

- Aquela primeira viagem foi a nossa lua-de-mel. Durante as suas "darshans," eu me sentava a trinta centímetros de distância dela. As viagens subsequentes nem sempre foram tão tranquilas.

- Muitas vezes, ela me ignorou. Era para anular o meu ego. Eu tinha um sutil orgulho espiritual. Ma o estava cortando pela raiz. Depois, fazendo algo especial, ela me preencheria novamente com a sua alegria.

Hari Priya recorda com particular ternura a vez em que a Mãe se sentou segurando as suas mãos e lhe disse:

- Voce percorreu todo esse caminho por amor a mim. Voce sofreu demais por este corpo. Esta é a sua grandeza.

Ela transformava todas as situações em uma usina espiritual, um céu. Na maioria das vezes Ma ficava sentada em silêncio, mas também podia estar espirituosa e contar histórias maravilhosas. O seu fascínio era envolvente. Vibrava com o poder espiritual. A sua risada era transcendental...podia penetrar em nosso coração.

Hari Priya se lembra da vez em que um devoto mencionou a um outro que Ma raramente tomava banho.

- Ela não precisava, o seu corpo era tão puro! Tinha uma fragrância única, como o lótus, a banana e o sândalo.

No dia seguinte em que o discípulo fez este comentário, Ma tomou trinta banhos. O devoto se absteria de fazer comentários semelhantes no futuro.

Hari Priya recorda o terrível dia em 1982, apenas nove dias antes dela partir em sua décima viagem à India, no qual uma condiscípula telefonou.

- Ela não precisou me contar. Eu o soube pelo tom da sua voz. (......)

Voltou à India e visitou os asrahms em Pune, Hardwar e Dehra Dun. (.....)

- Não há um dia que passe sem que eu me lembre dela. Pergunte a qualquer um dos devotos de Ma e ele lhe dirá a mesma coisa. O tigre o mantém no seu abraço!


Olho fixamente para a mansão branca, visível do nosso barco no Ganges. Grandes letras hindus proclamam que este é o "ashram" de Anandamayi Ma em Benares. Para o meu imenso pesar, cheguei tarde mais para encontrar uma das maiores santas de todos os tempos.

Já faz mais de uma década desde que o corpo físico de Anandamayi Ma partiu desse mundo. (Evidentemente, a própria Ma insistiria em que não foi para lugar algum - que permanece, como sempre, a mesma.)

Mas o seu legado de amor e sabedoria permanecerá enquanto a humanidade tratar com carinho este número reduzido de seres extraordinários que chamamos de santos, aqueles que enunciam um estado do ser tão abrangente e bem-aventurado quanto o próprio universo, além das limitações da nossa consciência comum.

Alguns ensinamentos de Anandamayi Ma

"Assim como na vida cotidiana, no campo espiritual o que conta mais é a paciência."

" Permaneça sempre calmo e não se esqueça de que tudo o que Deus faz a qualquer tempo é benéfico. Porque se inquietar, se no curso dos eventos, as circunstâncias se modificam? Tudo o que acontece a todo instante ocorre de acordo com a Sua vontade."

"Seja qual for a situação em que Deus o colocar a qualquer instante, lembre-se de que é o que há de melhor. Procure atravessar a vida entregando de volta o seu fardo em Suas mãos; Ele é o Protetor, o Guia; Ele é tudo em tudo".

Pergunta: "Durante a meditação e a prece, como liberar nosso espírito das preocupações com o trabalho, as responsabilidades familiares: marido, filhos, etc? O que fazer?

Ma: Deixe o trabalho se realizar por si só sem se preocupar. Trabalhe sem ter a impressão de que é você que trabalha. Considere que é o trabalho de Deus, feito através de sua intermediação, e que você é Seu instrumento. Assim seu espírito estará calmo e pacífico. É isso a prece e a meditação."

"O homem nasce a fim de esgotar seu karma e escapar do ciclo de nascimentos e renascimentos. Mas o homem que possui um poder supranormal, quer dizer aquele no qual despertou o poder divino, pode modificar seu karma. O guru se manifesta a partir do interior. Quando surge uma busca verdadeira, autêntica, a iluminação se produz forçosamente. Não pode ser de outra forma. Aquele que surge sob os traços do guru é revelado ou então Se revela Ele-mesmo."

"Você já fez tanto no mundo da ação! Agora esforçe-se para consagrar inteiramente seu espírito ao Eterno. Não perca um tempo precioso. Os que não praticam a contemplação de Deus - ou em outros termos, não avançam em direção à realização do Ser - se destróem eles mesmos. Apegue-se ao Bem, renuncie ao que não é senão prazer."

"Sorria o mais que puder. Fazendo isto, todos os nós rígidos no seu corpo serão afrouxados. Tornando seus os interesses das outras pessoas, busque refúgio a seus pés com total entrega. Então voce verá o quanto o riso que flui do seu coração irá iluminar o mundo."

Por que existem religiões diferentes e tanto conflito entre elas? "A controvérsia faz parte da trajetória, mas, na verdade, todos estão em sua própria casa. O mesmo caminho não é para todo mundo. Mesmo dentro de uma família, cada filho tem inclinações diferentes. Cada pessoa em busca espiritual é moldada em um caminho único, mas todas precisarão passar pelo portão da verdade".

fonte:  http://www.almasdivinas.com.br/filhas_deusa/sob_a_perspectiva_da_deusa.htm




**************************



Crop Circle 16 de Junho de 2010


Não deixem de ler estes comentários


Crop Circle 16 de Junho de 2010

....