Uma oração a ter presente constantemente no coração:

''Eu Estou entregue nas mãos de Deus.
Eu Sou Divinamente guiado/a e protegido/a
E em mim e por mim é feita a Divina Vontade.
Eu sirvo e manifesto a LUZ , Agora e Sempre!''

24.6.11

Samana - André Louro de Almeida,



(1997) Samana



Download do arquivo de áudio em MP3 (43mb):
Transcrição:

Existe um poder em órbita da Terra, uma potência, uma mega consciência, capaz de elevar o planeta e de uma forma, atualmente, cada vez mais direta – de elevar o planeta no seu aspecto – humanidade. Um poder que está em órbita e que, até o início da transição do planeta, que já começou; até o momento do início da transição, atuava de uma forma indireta, e atualmente, essa mega consciência, esse poder orbital, esse Enviado galáctico, atua de uma forma progressivamente direta, sobre núcleos terrestres, grupos, conselhos e indivíduos. Esse poder é um prolongamento, junto à Terra, do amor sabedoria cósmico. Ele é uma Embaixada, só por si, da essência da Via Láctea. E a energia que Ele trás até nós, é a energia que rege, em níveis muito profundos, toda a Galáxia. Esse Ser está a tornar-se conhecido de vários grupos na superfície do planeta como SAMANA.


Samana significa em língua cósmica - Paz; isto é, a síntese de todos os raios, o fulcro, o ponto de convergência de todas as dinâmicas. Paz e um tipo muito qualificado de sabedoria, que é a sabedoria que surge numa consciência profunda, quando o circuito da Luz se completa e, a Luz que chega até a tua consciência sabe, que provém do centro da Galáxia; e a tua consciência sabe, que a Luz provém do centro da Galáxia; e, não existe nenhuma sub-entidade a separar-te dessa consciência Galáctica, dessa consciência Galáctica central; é uma Luz e uma Sabedoria que resultam da perfeição do circuito da Alta-Consciência. Samana significa Paz Profunda; e, simultaneamente essa sabedoria da perfeição do circuito da consciência galáctica revertendo sobre si mesma. A consciência de toda Galáxia revertendo sobre si mesma. E, antigamente, esse estado supremo de Sabedoria, é significado através da serpente; particularmente, da serpente que morde a sua própria calda. E, através da serpente que morde a sua própria calda fazendo um oito no Infinito. O número que te coligas a Samana é o oito. A palavra na tradição universal, que pode contribuir para lhe aproximar a Samana é “Gnose”. O símbolo, na tradição universal, que pode contribuir para compreender a energia de Samana  é a serpente que morde a sua própria calda. E tudo isso diz respeito: - gnose – o nº 8 – ou a serpente que morde a sua própria calda – a serpente dourada - tudo isso diz respeito à grande Irmandade Cósmica do Amor Sabedoria. Há uma Irmandade que aglutina estrelas, cuja principal emanação é o magnetismo – o magnetismo cósmico – isto é o amor do coração de Deus.


Samana em níveis profundos, pode ser aproximado por essa energia – pela energia emanada por esses símbolos: o “8”, a consciência de Gnose e a serpente. No entanto, o 8 a serpente e o que está oculto na palavra Gnose, tudo isso se diz respeito ao completar-se no circuito da Luz...e da Luz informação...e da Luz consciência, desde que saia da Luz do centro da Galáxia, passando por um número infinito de lentes, que captam – concentram – acumulam – deflagram - para outras lentes que captam – concentram – acumulam - deflagram - até que o circuito se completa e a Luz consciência e informação regressa a si mesma através das mesmas lentes e sobe. A um momento em que o circuito – Luz informação consciência – se completa em si mesma. A Luz tendo deixado o centro da Galáxia regressa ao centro da Galáxia com uma total consciência – transportando uma total consciência de todos os seus pontos; de todos os pontos que evoluem na Galáxia; de todas as partículas que evoluem na Galáxia, trazendo a informação do estado desse imenso corpo celeste e do conjunto de energias e possessões e aspirações e códigos que todas as partículas estão emanando em cada momento. A pulsação do centro da Galáxia, sob a forma de raios de Luz-consciência-informação e que, obviamente se desloca numa velocidade superior a da luz física fotônica - muito superior; esse circuito ao completar-se, traz a freqüência galáctica de retorno ao seio do Pai galáctico – do Logos galáctico. Então, quando a Luz emana do centro da galáxia ela é Luz Crística, vinda do centro; e, vivificando, alimentando, informando todos os seres que foram sensíveis a ela; quando a luz termina o circuito e começa o circuito ascendente e começa a regressar, ela traz até o Pai Galáctico, até o centro galáctico a informação que a galáxia tem para transmitir ao centro. O circuito da consciência, o circuito da luz consciência, é esta. Enquanto luz descendente transporta o amor, a vontade e a vida do Centro Galáctico a todas as partículas. Enquanto luz ascendente, ela transporta a aspiração secreta de cada partícula para se unir ao centro galáctico. E, esse duplo movimento, ao verter-se  sobre si mesmo, faz com que o indivíduo que estiver vivendo esse duplo circuito em si mesmo, esteja em consciência crística, ou consciência axial ou sintonia vertical com o Centro Galáctico. Dessa forma, os véus que separam a única grande identidade galáctica vão sendo queimados pelo poder dessa Luz que se conhece a si mesma numa velocidade infinita. A luz que emana do centro da galáxia é o rastreador de informação. E, ciclicamente o coração galáctico envia uma nova onda de luz consciência-informação que percorre toda estrutura ressonante da galáxia, abrange todos os níveis em todos os planos e anuncia a presença do Deus Galáctico, do Logos Galáctico a todas as partículas. E, atingido o máximo de expressão, esta luz regressa a si mesma trazendo a oração de todas as partículas até o centro galáctico; o que isso pré-faz uma pulsação galáctica.
            Samana é a expressão mais exata na órbita da Terra deste circuito. Ele é a expressão mais exata da gnose no seu sentido superior; isto é, a luz que ao se refletir na consciência, sabe que consciência e luz são, elas mesmas, divinas. E de que só existe “um conhecimento” – um conhecimento supremo; que se resume a  ultrapassagem, da divisão que nós conhecemos, filosoficamente, como sujeito e objeto. Superado isso fica só luz - consciência una.
            Que é o que acontece quando o circuito da informação galáctica termina. E quando a informação é expelida e é reabsorvida pela galáxia ao mesmo tempo. E essas pulsações vão sendo consideradas infinitas; de forma que nós estamos sendo constantemente atravessados por vagas imensas de luz-informação; e, ainda que os nossos hábitos e os nossos corpos humanos tridimencionais, atuem durante uma etapa do desenvolvimento como agentes opacos desta revelação, o fato é que, a energia que vem do Centro da Galáxia, está presente. E ela é uma energia de totalização do circuito, da perfeição do circuito. Ela visa a perfeição do circuito. A luz que desce sobre ti, procura ser reconhecida como Luz do Divino. Promover a mais alta ligação aos arquétipos que for possível na nossa estrutura e depois regressar ao Divino com a informação de: – o teu ponto – a tua freqüência – o teu mantra – o teu som – o ponto que tu ocupas na estrutura. E, isto é a vida oculta do aspecto “consciência” da galáxia. Como se diz: - “Luz-Consciência-Informação” da Galáxia e corresponde ao grande 2o. raio galáctico. O que não foi dito ainda é que – luz-consciência-informação - estão saturadas de um magnetismo que nós conhecemos como Amor- Amor de Deus – um magnetismo muito, muito alto...Então trata-se de Luz-Consciência-Informação-magnetismo...tudo isso é Entidade - o aspecto do 2o. raio do Logos Galáctico. E esse Ser que nós conhecemos como Samana e que trás até nós a paz, a paz cósmica...é um Ser que, uma vez em órbita da Terra, favorece, não à escala individual, mas para a humanidade inteira e para o planeta inteiro – o completar-se do circuito; do circuito de luz-consciência-informação-magnetismo galáctico. De forma que após a missão de Samana na Terra, ou na órbita da Terra, e esse após não acontece no espaço de tempo cronológico, obviamente; após a missão e o trabalho de Samana na Terra, o resultado é uma humanidade que contribui para o fechar do circuito de luz-consciência-informação-magnetismo galácticos; isto é, uma humanidade que sabe, vive, atua, realiza em todos os seus planos constituintes, a sua divindade oculta. De forma que toda energia cósmica, toda energia galáctica, toda energia infinita, que vem do centro do sistema, não é retida, nem desviada, nem sub interpretada, mas ela é captada no espelho da consciência-humanidade de uma forma integral, sem distorções, de uma forma límpida...e retorna ao Centro Galáctico com o mantra, o som, o prisma específico da entidade-humanidade mas sem distorções.
Esta Entidade Suprema que é Samana, ela é qualificada por uma vasta consciência de paz. E isto acontece porque ela aproxima todo o campo evolutivo terrestre, todo o espaço, tempo, éter, mente, mente superior da Terra; pelas suas próprias qualidades inerentes Ele liga, a consciência da Terra e os campos evolutivos da Terra, e a experiência da Terra à zonas do Cosmos onde não existe carma. Isto é, Ele retira, pela sua presença, os grandes agromerados cármicos, que nesse momento oposicionam o homem e introduz correntes de energia cósmica que estão a cima ou fora da lei do carma tal qual nós a conhecemos. A paz com que as pessoas sentem com a presença de Samana, deve-se ao fato de ser praticamente, o sinônimo da saída da Terra das leis cármicas materiais. Ele lida com material cósmico que não tem carma. Material cósmico intocado. Freqüências-mente, freqüências-sentimento e freqüências-concretização material que não têm carma; é material intocado. Vêm de zonas, de órbitas de estrelas onde não existem sequer humanidade, como nós pomos a pensar...e portanto vêm prístino...vêm com o selo da inocência da criação. E chegam até nós completamente livres de história e, de relação “causa e efeito”, tal como nós a conhecemos. Então, Samana faz descer sobre um grupo esotérico, um pouco desse material superior – tu ficas sob o manto de Samana, e as forças cármicas e as componentes cármicas da tua existência e do teu destino, são obrigadas a manter-se em 2o. – 3o... 5o. plano... Porque entra ali uma Força Divina de suspensão dessas leis e da implantação de uma outra freqüência de oscilação. Uma oscilação que já não é mais dual, binária...mas uma oscilação que é terminaria - tem 3 tempos. Vocês sabem que a oscilação tal qual nós conhecemos é zero e milhão - sim e não - preto e branco.
Tudo que vem dos níveis superiores do Cosmos que não contém carma – esse tipo de substância - o éter superior que é imanado por entidades como Samana; que é utilizado pela humanidade que expande com essa energia, com essa freqüência; são campos de vibração que já não reagem apenas com um binário 0 e 1, sim e não, positivo e negativo; mas há uma terceira polaridade, que algumas pessoas gostariam de chamar “andrógena”. Há uma terceira polaridade que anula o carma. Samana trás essa terceira polaridade elétrica que estabiliza e anula completamente o carma dos núcleos que puderem entrar em ressonância com esta vasta consciência de paz. Essa freqüência de paz suprema e que tem poder de lavar a Terra como um todo. Chega até nós como uma aura, como freqüência específica de energia. E, todos os núcleos de serviços compostos por seres humanos, na vida física que são regidos por raios pares, como por exemplo o 2o. Raio, têm como missão, têm como meta atual, reconhecer e incorporar na sua própria aura a energia de Samana; ou, mais corretamente, têm como tarefa serem absorvidos gradualmente, na aura de Samana.
Como a energia que qualifica a nossa personalidade é o fogo por fricção; e portanto, um tipo de animação que depende da vitalização de certos elementais em nós; quando há uma aproximação da aura de Samana ao ambiente espiritual; justamente porque essa aura trás componentes de paz que são metas psicológicas e componentes de apaziguamento de todas as funções defensivas da psique, o 1o. resultado a uma das principais tendências, que nós podemos sentir com a aproximação de uma energia solar, desse tipo, ou de uma energia que transporta a essência solar é, ao nível do sistema nervoso – som.
Eu entro, na aura de Samana, eu entro em conexão com a energia de Samana, através do culto, da minha capacidade inata de me doar a núcleos que estão além de mim. È através da doação de si, do esquecer-se de si mesmo, e do ir vendo a sua própria personalidade a ficar em 2o. plano; passando a atuar como um suporte de um núcleo muito mais belo, profundo e poderoso que é o ser interno...É justamente pelo aceitar e ir vendo a minha personalidade perder a força, perder a potência egóica, perder o conjunto de exigências que caracterizam; e, tu ir te transformando em um Ser que se doa para a elevação da Terra, a medida que tu vais saindo deste estágio e entrando numa chama que não vacila, tu passas a ter código, freqüência e condição de estares próximo ou dentro da aura de Samana. Atualmente, a aura de Samana permeia a Terra inteira. Todo o planeta Terra está dentro da aura de Samana; dentro de um determinado nível de varrimento telepático e energético que essa Entidade Suprema está fazendo descer sobre o planeta. E, ainda que o fator proteção desse campo de energia galáctica seja garantido, eu posso não conseguir reconhecer a presença de Samana no ambiente. Os pássaros nas árvores e os peixes no rio, poderão ter mais facilidade em reconhecer a presença da aura de Samana do que eu. Exceto no momento em que eu aprendo a transformar a minha dinâmica lunar – de um ser que absorve energia, para uma dinâmica solar  - de um ser que si dá, para como atar às necessidades tal como elas estão apresentando a volta dele; e que se dá para elevar a Terra a um tanto que se tranforma numa chama. Nesse sentido, os seres que têm uma forte presença de devoção e de fogo espiritual, e que, algumas psicologias chamam - “o 6º raio” – os seres que têm essa característica têm um caminho muito amplo e muito aberto para entrarem na aura de Samana. Que é um anteparo, um átrio, um campo vibratório preparatório para a nave de Samana, que é a nave que rege toda a operação de resgate da consciência do homem da superfície do planeta. Tanto que Samana é por si mesmo uma entidade de resgate. Ele é A Entidade Resgate. Ele inclui em si todas as naves e todas as frotas que estão em alinhamento para situação Alpha, situação Betha, situação Deltha, para qualquer situação que venha desenvolver-se na superfície do planeta: seja uma situação de explosão nuclear, seja uma situação de banca-rota mundial, seja uma situação de progressiva reflação da humanidade a si mesma (que seria a situação ideal).Todas as situações atualmente são possíveis mas todas elas implicam o resgate da consciência humana; e, Samana é a Entidade Regente da operação de elevação e resgate da consciência do homem.
Eu entro em sintonia com a aura de Samana, no momento em que eu próprio reconheço esse circuito galáctico que busca completar-se, quando eu persebo que a minha consciência de superfície, minha consciência tridimancional, é o elo que falta no completar-se do circuito galáctico, no que diz respeito a meu ser. Em todos os outros níveis a energia galáctica – que parte do centro da Galáxia e que chega até mim – não tem hiatos. No meu eu consciente, pelo fato de eu ter livre arbítrio, existe um descompasso, entre, a energia que vem do centro da galáxia e a minha vida tridimencional. E esse descompasso é criado pelo eu consciente.
Eu entro na aura de Samana, eu sou um ser em Samana, a medida que eu permito que meu eu consciente encontre o ser profundo, até que ele se transforme num elo...até que ele se transforme num elo de ligação luminoso. E portanto todo circuito de energia se completa, deixa de haver hiato. O que a energia de Samana propicia em nós hoje, é o finalizar dessa tarefa, é a doação crucial, o passo crucial do ser humano. É crucial porque depende desse minúsculo elo que é o nosso eu consciente, a totalização do circuito elétrico, e portanto, a energia cósmica começar a chegar à matéria, que é o que está imediatamente abaixo da nossa consciência. A nossa consciência ocupa um ponto intermédio entre o circuito cósmico de energia e a matéria. E...bom...a nossa consciência entre outros estados...mas a nossa consciência humana ocupa um ponto aí...E ela tem a função, como nós sabemos, de atuar como focalizador...uma lente de convexão  dos raios cósmicos para pontos específicos na tela do espaço-tempo; e aí, fazer com que a energia espiritual liberte a luz aprisionada. Seja nas selvas, seja numa pessoa que estava doente, seja numa região, num vale, numa árvore...onde quer que seja...Mas a tua consciência é o finalizador do circuito cósmico que liberta a matéria. O teu trabalho é, educar, disciplinar a consciência, afastando dela os elementais e as frequências que não contribuem, que são dispersivas, que não contribuem para assunção integral dessa função no Cosmos.Teu trabalho é funcionar como um limpa vidros - para-brisas, que constantemente afasta a poeira e os elementos gordurosos que impedem que a consciência cumpra a sua função de cristalino da energia divina na matéria – de agentes de passagem e implicação. Samana favorerce em nós essa ligação. Samana favorece no homem, a elevação da consciência a seu estado arctípico. Reparem, a Mãe do Mundo, e a turbina da Hierarquia que é conhecida em certos ambientes espirituais como Senhor da civilização - a Mãe do Mundo – que é uma turbina também; e, o Senhor da civilização que é outra turbina hierárquica – essas turbinas hierárquicas lidam com a evolução da matéria e com o amadurecimento psicológico.
Ser como Samana, que trás até nós a vibração do centro galáctico, Cristo ou Maitréia que trás até nós a vibração do centro solar e Jesus que trás até nós a vibração do planeta Vênus – seres desta linha de energia têm a função (que são em si mesmo como um todo, uma outra turbina da Hierarquia) têm a função de levar a consciência até ao seu nível arquitípico. E, uma outra turbina da Hierarquia tem a função – que é conhecida em certos ambientes como Manu, tem a função de levar a raça humana, enquanto expressão total “genética” inclusive, ao seu nível arquitípico. Então, nós temos essas 3 turbinas: _uma lida com a matéria, outra lida com a consciência e a outra lida com aspecto vida e com toda a organização entre a vida transcendente (a relação entre a vida transcendente) e evolução. Samana – a proximidade de Samana – garante que a consciência humana vai ser elevada até seu nível arquetípico. Enquanto que a proximidade dessa turbina que é conhecida como a Mãe do Mundo garante, que a matéria, vai ser elevada até seu nível arquetípico.
O que é o nível arquetípico da consciência? Trata-se de um estado, no qual, a luz ao ultrapassar a estrutura da consciência, não é retida, não é aprisionada nem é utilizada para outra coisa, se não para os fins que o seu próprio código e informação determinam quando ela desce. Isto significa que o estado arquetípico da consciência pode ser simbolizado com o cristal como um dos pontos de evolução da substância.
Isto, que a substância consegue na sua evolução, que é o cristal de quartzo, que não tem cor, não tem...praticamente ausente de qualidades, exceto qualidades de altíssima precisão no transporte da luz e o poder de funcionar como um prisma e portanto revelar na luz todas as outras cores etc... Esta qualidade, de total isenção da molécula do quartzo, representa um estado muito próximo do arquétipo de substância; ainda que dentro do reino mineral. Quando na verdade, o arquétipo da substância, está muito para além do reino mineral –o arquétipo da substância é energia. Mas dentro do reino mineral, parece que estes nossos irmãos – os cristais de quartzos - contêm uma das mais altas expressões: - a luz não é retida, ao passar através de uma estrutura de um cristal de quartzo, não destorcida, não é colorida. E, o que a presença de Samana está se preparando para fazer na consciência da humanidade como um todo, é transformá-la de uma pedra bruta, num cristal de quartzo perfeitamente transparente; isto chama-se: - a elevação da consciência da humanidade ao seu arquétipo ou o resgate da humanidade.
A medida que nós vamos tomando consciência dessa presença cósmica – Samana – na órbita da Terra, nós precisaremos aprender a respirar profundamente e a deixar que ondas de paz entrem em nós, vindas de Samana. Não aprender através de nenhum recurso técnico, mas porque é uma dádiva do universo, é uma dádiva do infinito o teu próprio ser. Não há nada que te possa separar da consciência cósmica, da consciência galáctica, dessa grande entidade – nada! A presença Dela representa uma manifestação muito, muito alta da compaixão Divina. Ele está em órbita varrendo o planeta constantemente com sua freqüência, para introduzir nas nossas consciências - Ele trabalha essencialmente com o aspecto “consciência”, o que não significa que não promova curas nos corpos físico-emocional-mental, mas Ele trabalha essencialmente com o aspecto “consciência”...A presença de Samana na órbita da Terra é garantir a paz. É a garantia de uma total harmonia para com o propósito secreto do teu Ser. Eu preciso de aprender a me sintonizar com esse farol. Eu preciso de criar uma invocação na minha consciência, de tal forma poderosa, que Samana passa a ser um fato orgânico, psico-dinâmico em mim, ao invés de ser uma teoria longínqua ou uma probabilidade...passa a impregnar, a embeber-se, a saturar a minha consciência.
Quanto mais forte é a presença de Samana como mantra, como hierarquia da paz, como espírito da paz em nós; quanto mais forte é a presença dessa energia em nós, dessa entidade galáctica em nós, mais rapidamente se dá a desestruturação e a expulsão dos nódulos retrógados na nossa própria personalidade; ou, dos pontos de conflito entre a minha personalidade e as outras personalidades. Porque, como se diz, a energia desse Ser é uma energia que funciona de uma forma trinária e não de uma forma binária. E portanto ele trás sempre o código, o fulcro da harmonização de qualquer tipo de conflito. Ele vem de um ponto estrutural na galáxia, que está acima dos planos, onde conflito é possível, donde que a descida dele, é como a pegada da luz na lama das trevas; fica marcado, marca e altera...
A aura de Samana é contactável através da inversão psicológica do receber para o dar. A medida que eu dou, a medida que eu aprendo a dar, e a medida que eu faço do dharma...Dhama à energia cósmica...não é dar-te aos outros...é dar-te à energia cósmica. Acontece que a energia cósmica hoje, procura como atar às necessidades da humanidade inteira, e portanto dar-te à energia cósmica, atendo ao ponto em que o planeta está, praticamente significa dar-te aos outros; mas, o processo é mais profundo; o processo tem proporções ontológicas mais secretas...é dar-se à energia cósmica. Automaticamente é a energia cósmica pondo em serviço da humanidade. Quanto mais eu me aprendo a dar, a me integrar ao grande corpo energético superior do planeta, mais a energia suprema de Samana pode atuar através de mim. E mais eu reconheço a hierarquia que promove a transformação do homem enquanto consciência.




Outros espaços de André Louro de Almeida:




Sem comentários:

Enviar um comentário